RESENHAS

A Garota do Calendário: Março e Abril (Série A Garota do Calendário #3 #4) – Audrey Carlan

Tinha em mente comprar o terceiro e quarto volume, mas como minha curiosidade estava insana, resolvi ler em formato digital mesmo. Eu li o terceiro livro em poucas horas, a leitura é tão fluida que mal senti o tempo passar. Ao contrário do volume Fevereiro onde é abordado mais cenas quentes, esse é mais controlado, hehe.

Mia depois de ser amada por mais um cliente, pelo menos é o que o francês fez questão de mencionar durante todo o tempo que passaram juntos, a jovem agora aproveita os dias livres que possui e resolve se encontrar com sua irmã, melhor amiga e é claro que aproveita o tempo também para pagar o agiota e visitar seu pai.

Mia viaja para Chicago em março e seu cliente é o famoso empresário Anthony Fasano, herdeiro de uma rede de restaurantes. Ele possui o típico negócio familiar que acalenta os clientes devido a boa comida e hospitalidade.

Mia se surpreende ao conhecer Tony, não entende o por que de um homem como ele precisar dos seus serviços, ainda mais que o intuito é que a mesma finja ser sua noiva pelo período de um mês. Apesar do seu papel ser simples, ela fica um tanto quanto frustrada quando descobre o verdadeiro segredo acerca do empresário. Não acha certo o que ele esconde não somente da família, como também dele e é durante o período em que morarão juntos que ela não somente tentará ajudar, como também aprenderá muito com os sentimentos e relacionamentos.

Eu gostei muito desse livro, não sabia ao certo se revelava ou não o motivo da Mia ter sido contratada, mas por fim decidi deixar no ar, o que posso mencionar é que me apaixonei pelos personagens e o melhor, vamos ter uma participação especial do Wes, hihi 

Em abril, Mia tem um encontro marcado com Mason Murphy, um jogador de beisebol de Boston. Assim que se encontra com o mesmo, é surpreendida por um homem mulherengo que só arruma confusão e que por esses motivos precisa de ajuda para melhorar a imagem.

Inicialmente a jovem não gosta da maneira como é tratada e por isso já avisa que não se envolverá, que apenas permitirá alguns beijos. Depois de um tempo ela começa a perceber que o jogador apesar de seus modos um pouco grosseiros, no fundo é amável e por trás da imagem de mulherengo, há um homem interessado em uma única mulher e com isso em mente ela o ajuda a se render ao amor.

No começo eu odiei o Mason, mas aos poucos fui compreendendo seu jeito e fiquei super feliz com o desfecho. E para quem já estava com saudades do francês Alec, a Mia tem um pequeno e quente reencontro com ele, rs.

Ainda leio muitos comentários e resenhas criticando essa série de livros e confesso que antes de ler também o fazia, mas não acho que a autora quis romantizar a prostituição, ela apenas está nos mostrando como funciona o serviço de acompanhante, porque o sexo como é explicado no início do livro, é opcional, portanto o único defeito que ainda vejo na história é devido a mesma ser pouco descritiva e um tanto quanto rápida, mas isso também se deve ao fato de eu estar acostumada com livros cujo a respectiva história é mais densa.

Boa leitura, beijos! ♥

 

RESENHAS

A Garota do Calendário: Janeiro e Fevereiro – Audrey Carlan (Série A Garota do Calendário #1 e #2)

Oii, boa noite leitores!

Desde o momento em que foi divulgado que seria lançado a série “Calendar Girl”, traduzido no Brasil como “A Garota do Calendário”, da autora Audrey Carlan que eu aguardo ansiosamente para ler. O gênero não é o meu favorito, mas a sinopse me cativou. Aliás, acho fundamental avisar que o conteúdo é adequado para maiores de 18 anos. Participei da escolha da capa e fiquei super contente em saber que a que mais gostei foi escolhida e desde então depois de ler muitas resenhas e até mesmo ouvir comentários de amigos, decidi que era o momento para ler. Estava a procura de um livro mais curto devido a faculdade e fui surpreendida de uma maneira tão agradável. Já li o primeiro e segundo volume, Janeiro e Fevereiro, respectivamente e pretendo resenhar dois livros por vez.

O pai de Mia Saunders está internado em um hospital e está sendo ameaçado por um agiota. Ele contraiu uma dívida de jogo e está devendo uma quantidade exorbitante para o mesmo e a única que pode ajudá-lo é a filha mais velha. Mia é atriz iniciante e para conseguir o dinheiro decide se tornar acompanhante de luxo. A ideia surgiu porque a tia possui uma empresa e quer ajudá-la. Devido aos pagamentos serem mensais, a jovem combina com o agiota que vai dividir a dívida de um milhão de dólares e lhe pagar por mês.

O primeiro cliente é Wes, um roteirista de Malibu que é surfista nas horas vagas. Quem contratou o serviço da jovem na verdade foi a mãe de Wes com o intuito de ajudá-lo nos compromissos, já que sempre fica cercado por mulheres. E apesar de ainda ter uma leve tietagem, Mia se sai muito bem e o que é apenas um trabalho começa pouco a pouco se tornar algo mais. O casal cria um vínculo diferente, o relacionamento que tem durante o mês é repleto de cumplicidade, amizade e o que talvez tenha sido o ponto chave: sem cobranças.

O segundo cliente é Alec Dubois, um artista francês que mora em Seattle. Mia é surpreendida por saber que será a musa do mesmo e por isso poderá acabar tendo que posar nua. Já no primeiro dia ela se machuca, mas ao invés disso atrapalhar seu desempenho como acompanhante, apenas apimentará tudo.

Apesar de Mia ser contratada como acompanhante, não se confundam, ela não é obrigada a ter relações sexuais com nenhum deles, pelo contrário, somente o fará por escolha própria e isso custará aos respectivos um custo extra e serve também para casos como o de posar nua, como ocorre no mês de Fevereiro.

Eu gostei muito da escrita da autora, “Janeiro” me conquistou, me apaixonei pelo companheirismo de Wes e entendi muito bem a decisão final da personagem a respeito dele, há situações que por mais que alguém queria nos ajudar, somente nós podemos resolver.

O livro refente a Fevereiro tem lá seus pontos positivos, mas por ser quase que exclusivamente hot, eu não gostei muito, acho que se tivesse sido explorado mais a história, detalhes do cliente teria sido mais interessante, mas como já mencionei, acho isso porque não curto muito livros extremamente hot.

Ao final de cada livro, a autora aborda qual será o próximo destino e um pequeno trecho sobre o que esperar. Eu mal posso esperar para ler os demais livros e é claro que quero muito saber qual será o desfecho da série, será que Mia terminará com algum dos clientes? Ou será que terminará sozinha e recomeçara a vida em paz por ter pagado a dívida do pai?

Boa leitura, beijos! ♥

 

SINOPSES

E se for você? – Rebecca Donovan

Editora: Globo AltMedium_1466

Páginas: 416

Cal Logan e Nicole Bentley eram melhores amigos quando crianças, mas tudo mudou no ensino médio, depois que ela se enturmou com o pessoal mais popular da escola e passou a ignorá-lo. Eles se formaram e Cal foi estudar em Crenshaw, perto de Nova York, enquanto Nicole entrou em Harvard, realizando o grande sonho de seu pai.

Quando Cal vai passar as férias de verão em sua cidade natal, fica surpreso em saber que ninguém mais teve notícias dela desde que se mudaram, há mais de um ano.

Assim que as aulas na universidade recomeçam, ele cruza no campus com uma garota que é idêntica a Nicole, mas que se chama Nyelle Preston e tem uma personalidade completamente diferente: Nicole era tímida e insegura, enquanto Nyelle é impulsiva, ousada e só quer aproveitar a vida.

Enquanto tenta desvendar os segredos de Nyelle – afinal, ela é ou não Nicole? – Cal viverá com ela momentos inesquecíveis e apaixonantes, que aos poucos farão com ele perceba que a identidade daquela garota misteriosa é o que menos importa.

Com uma narrativa envolvente e poética, Rebecca Donovan cria personagens cativantes que despertam diversos questionamentos e emoções: e se pudéssemos mudar de rumo? E se nos permitíssemos apenas aproveitar o momento? E se o amor for algo bem mais simples do que imaginamos?

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Meu Romeu – Leisa Rayven (Série Starcrossed #1)

Oii, boa noite!

Vou começar a resenha já avisando que o livro é indicado para maiores de 18 anos, é claro que sei que atualmente é difícil controlar, mas é meu dever avisar para que ninguém seja surpreendido.

Esse livro e a continuação “Minha Julieta” estão sendo muito comentados e foi por isso que adiantei e resolvi ler, estava curiosa para conhecer, um pouco receosa porque não gosto muito do gênero, mas achei que merecia uma chance.

Cassie e Ethan se conheceram quando estavam fazendo um teste para entrar na escola de teatro, de certa forma foi atração à primeira vista. E como nosso querido destino sempre quer ajudar, eles acabaram tendo que contracenar juntos e o desempenho de ambos seriam avaliados e contaria pontos, Ethan com seu jeito sério estava preocupado já que seria sua última chance para entrar na escola e ter que depender do comprometimento e do sucesso de uma novata não lhe agradava muito.

Para Cassie entrar na escola era mais que um sucesso, era uma conquista importante, seria a liberdade que ela tanto queria, viver novas experiências e poder concretizar um sonho. E para sua felicidade ou tristeza começara bem, estava perdida diante de pessoas tão diferentes e Ethan lhe deixou curiosa e acima de tudo lhe atraiu.

Depois de todos os testes, eles conseguem passar e entre conflitos e entendimentos, o casal entra em um relacionamento complicado, ela está pronta para ter algo mais sério, mas ele reluta, não tem certeza sobre isso.

No decorrer do livro, a história é narrada em dois tempos, ora conta o passado do casal, de como se conheceram e como foi o namoro, ora o momento presente, que Cassie vai realizar seu sonho de se apresentar na Broadway, mas com a ressalva que o protagonista é seu ex-namorado Ethan e o reencontro mostrará que o que ambos tem vai além de apenas atração.

Eu não sei se fui com muitas expectativas ou se não estava no clima do romance, mas achei a leitura normal, não me atraiu tanto quanto eu imaginava, é sim um romance avassalador, mas eu me perdi um pouco na história a respeito de por que terminaram e algumas cenas foram previsíveis para mim, é como se eu já soubesse qual seria o desfecho, mas não quero desanimar nenhum leitor, é um livro bom e sim, eu vou ler a continuação e o especial de natal que a autora disponibilizou no Glass Paper Ink Book Blog e no Wattpad.

É incrível, quando começo a ler uma série tenho que ler todos os livros para ter uma opinião bem formada, porque nem sempre o primeiro volume é o mais atrativo e às vezes o conjunto todo é que tem a força.

Boa leitura, beijos! ♥

ALEATORIEDADES

A Very Bad Romeo Christmas: Presente de Natal da Leisa Rayven

Boa noite leitores!

Leisa Rayven, autora de “Meu Romeu” e “Minha Julieta” divulgou nas redes sociais que está preparando um especial de Natal para os fãs de Ethan e Cassie.

Segundo a autora esse especial será composto por capítulos extras, uma espécie de novela. A primeira parte vai ser postada no “Glass Paper Ink Book Blog” semana que vem e o restante no Wattpad da mesma na véspera de Natal. Assim que estiver disponível eu aviso vocês!

leisa

12376749_425519484310918_601154108880665530_n

Eu terminei “Meu Romeu” dias atrás e em breve posto a resenha ilustrada, para quem ainda não segue a autora:

Site.

Facebook.

Instagram.

Wattpad.

SINOPSES

Minha Julieta – Leisa Rayven (Série Starcrossed #2)

Editora: GloboAltminha_julieta_CAPA_lombada17mm.pdf

Páginas: 352

Comprar

Talentoso e sedutor, Ethan Holt conquistou o coração de Cassie Taylor quando os dois eram apenas estudantes de teatro. O namoro não deu certo e anos depois, os dois se reencontraram como estrelas de uma peça na Broadway. O que parecia a grande chance para a carreira de Cassie, se revelou um turbulento reencontro com o seu primeiro amor. Para Ethan, era a chance de admitir seus erros e pedir por mais uma chance. Minha Julieta traz o desfecho da apaixonante história que conquistou as leitoras brasileiras.

Quando Ethan aparece em sua porta pedindo perdão, Cassie se vê dividida. Ela não conseguiu esquecê-lo e a atração entre os dois ainda é explosiva. No entanto, as lembranças do término doloroso da química entre eles ainda a assombram. Consciente de como sua covardia o afastou da felicidade, Ethan está disposto a tudo para mostrar que é um novo homem, pronto para viver um grande amor.

Com diálogos precisos, cenas de tirar o fôlego e capítulos que alternam entre o passado e o presente, Leisa Raven criou um romance que captura os leitores até a última página. Se a conclusão de Meu Romeu deixou os fãs curiosos e esperando por mais, Minha Julieta esclarece as perguntas que ficaram no ar e revela se a versão contemporânea desta clássica história de amor encontra seu final feliz.

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Minha Julieta.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Meu Romeu – Leisa Rayven (Série Starcrossed #1)

Editora: Globo Livrosmedium_1256

Páginas: 407

“Sim, claro, posso fazer uma peça romântica com o ex-namorado que partiu meu coração não uma, mas duas vezes. Sem problemas.” O maior sonho de Cassie está prestes a se realizar: a atriz vai estrear na Broadway. O que ela não esperava era ter que contracenar com seu ex-namorado, com quem ela tem um passado complicado e uma atração irresistível.

Decidida a superar o passado e agarrar a oportunidade de se tornar uma estrela, Cassie aceita atuar em uma montagem contemporânea de Romeu e Julieta ao lado de Ethan. No entanto, o reencontro não será tão simples. Aquele sujeito que fazia de tudo para não reconhecer seus sentimentos, diz estar arrependido e continua extremamente sexy. Só que depois ter sofrido por causa dele, Cassie tem medo de se entregar a esse novo Ethan e se magoar novamente.

Meu Romeu é uma história de amor cheia de desencontros nos quais os personagens precisam lidar com suas inseguranças e desejos.  Um romance sexy e contemporâneo, que conquistou mais de 2 milhões de fãs antes de ser publicado.

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Meu Romeu.

 Boa leitura, beijos! ♥