RESENHAS

Indicação Amazon: A Ama Inglesa – Chirlei Wandekoken (Série O Quarteto do Norte #2)

Olá, boa noite leitores!

A resenha de hoje envolve o segundo livro da série “O Quarteto do Norte”, da autora Chirlei Wandekoken. Eu gostei muito do primeiro livro e ao finalizar a leitura do mesmo senti que precisava ler a continuação o mais breve possível e foi exatamente o que fiz. Eu quase o li em uma única madrugada, haha, acreditam? Sim, eu me envolvi tanto com a história que nem senti o tempo passar, apenas parei a leitura porque já estava tarde e sabia que precisava dormir, rs.

Páginas: 119

Desde pequena, a menina Leonora se perguntava por que sua mãe sabia ler e escrever em dois idiomas e o pai sequer sabia ler em um deles. Instruída pela mãe francesa, a filha de um simples cuidador de cavalos muito cedo se vê sozinha no mundo, à mercê de uma tia autoritária e de um padrasto violador. Um encontro na infância provoca uma reviravolta em sua vida e ela vai trabalhar como ama da duquesa viúva de Pudhoe, uma dama autoritária, mas que a respeitava. Entretanto, quando lady Muriel Browne chega de Londres para passar uma temporada em Pudhoe Castle, no Norte da Inglaterra, tudo à sua volta muda. Leonora começa a ser destratada pela duquesa e até pelos outros servos, até então seu amigos.
Numa noite gelada em Newcastle, sem ter para onde ir, ela acaba se abrigando no celeiro, aconchegada à vaca da duquesa, para não morrer de frio. Ali ela é acordada brutalmente pelo capataz da propriedade e amparada por aquele cuja imagem permeara seus pensamentos durante cinco longos anos, o poderoso duque de Pudhoe, conhecido em toda a Europa por Lorde Perverso. Mas Leonora não o via assim. Pelo contrário. Achara-o caridoso. Afinal, se não fosse por ele, certamente não teria sobrevivido àquela noite.

—-—-

Em “A Ama Inglesa” conhecemos a história de Leonora, a duquesa de Pudhoe, personagem que foi citada e teve uma participação importante em “A Estrangeira”.

Antes de se tornar duquesa, Leonora sofrera muito. Ao perder os pais, a menina sem muita escolha acabou tendo que morar com a tia, uma mulher que sequer se importava com ela, que a tratava como uma empregada e que a castigava e um padrasto que sempre lhe lançava olhares estranhos. Depois de muito ser maltratada e por ter perdido a única pessoa que lhe queria bem, a menina resolve fugir e é neste dia que ela se depara com Pearl. Deste momento em diante, além de se sentir melhor por estar longe da tia e do padrasto e trabalhando como ama da duquesa viúva de Pudhoe, ela ainda vive sonhando com o rapaz que mais do que salvá-la, a fez sentir algo que nunca antes havia sentido.

Quando Leonora acha que enfim poderá ter uma vida calma, ela começa a ser maltratada por todos e ao que tudo indica é devido a algo que a lady Muriel Browne, dama de companhia da duquesa, conta a todos. Depois de aguentar por muito tempo um ambiente hostil e recentemente ter sido agredida pela duquesa e quase violentada pelo padrasto, Leonora decide ir embora e para se proteger de uma noite fria resolve dormir no celeiro.  Destino ou coincidência, ela é encontrada por um empregado, empregado este que a trata muito mal e que apenas não o faz pior porque Pearl o impede. Decorridos cinco anos, enfim Leonora se encontra com aquele que um dia a salvou e o encontro é tão marcante que não somente ela sente que um velho sentimento está ressurgindo como Pearl também acaba não conseguindo disfarçar que ficou balançado.

Diante de mentiras, traições, segredos, uma paixão quase proibida, muito humor e romance, o casal terá que lutar não somente contra as regras da sociedade como também contra o orgulho que existe dentro de ambos para enfim poderem ceder a um sentimento que surgiu anos atrás e que tem tudo para se consolidar.

aamainglesa

Quotes 

“Às vezes, quando ela terminava de ler um romance, suspirava de saudades do mocinho. E o herói tinha sempre o mesmo rosto: o rosto de Arthur Pearl, o duque de Pudhoe.”(Kindle 270-271)

“— Edward Percy? Pedir a ele que cuide de você? Jamais! Seria como jogar uma galinha a uma raposa. “(Kindle 569)

A história fluiu muito bem, já tinha mencionado na resenha de “A Estrangeira” que adoraria conhecer mais acerca da vida dos demais personagens e foi uma experiência ótima saber mais sobre Leonora, Pearl e seus respectivos passados. O que mais me cativou neste livro foram os trechos de humor, eu me diverti demais com o casal, hihi! ♥ 

Uma história curta que envolve romance, humor, drama e pitadas de cenas um tanto quanto calientes, se que é que me entendem! haha 😉

Para finalizar, um trecho falando sobre o tal quarteto do norte!

“Provavelmente os quatro cavalheiros seriam o que chamavam de quarteto do norte. Os quatro eram magníficos, cada um tinha sua própria beleza, embora fossem diferentes em suas feições havia um quê de semelhança entre eles. Leonora não soubera identificar exatamente o que os fazia semelhantes. Talvez porque os quatro estivessem vestidos de forma sóbria, fossem todos de estatura alta, ou porque em todos os membros do quarteto havia uma aura de poder.” (Kindle 625-628). 

Gostou? Compre já seu eBook por apenas R$7,99 ou leia gratuitamente via Kindle Unlimited.

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Problemática Mente – Raíssa Martins

Olá, boa tarde leitores!

A resenha de hoje envolve um livro do Wattpad! \o/ Adoro descobrir novos autores por lá e tive uma experiência bem interessante com o livro Problemática Mente, da Raíssa Martins. Para quem não a conhece, a mesma é dona do blog O Outro Lado da Raposa e já possui três livros na plataforma, sendo dois completos e um em desenvolvimento.

Sinopse:problematicamente

Sara tem Síndrome do Pânico e está há poucos meses tentando lidar com a doença enquanto procura um emprego e tenta manter a mente ocupada.
Seu sonho era cantar e viver de música, mas ela já desistiu desses desejos há muito tempo. Hoje ela só quer ter uma vida normal e entrar para uma faculdade.
Mas todas as suas perspectivas mudam quando ela conhece Alex, um jovem advogado com uma personalidade alegre e divertida, que ilumina seus dias sombrios e sua mente problemática.

 

Sara gosta muito de música e sempre recebeu o incentivo do pai para seguir a carreira, contudo, depois de perdê-lo de uma maneira trágica, ela acaba deixando o amor musical de lado. Sua mãe pensa que o ideal é ela seguir uma profissão com o intuito de ter estabilidade e não por gostar propriamente da área e é desta maneira que ela acaba indo trabalhar como assistente em um escritório de advocacia. Ela consegue o emprego, pois o dono foi amigo de seu pai e se sensibiliza com a situação da jovem.

Há pouco tempo Sara foi diagnosticada com a Síndrome do Pânico e ainda está tentando administrar a doença e o trabalho de certa forma a ajuda a distrair a mente, já que quando ficava em casa tinha receio de ter alguma crise e até mesmo cometer algum ato impensável.

Ao começar no novo trabalho, a jovem conhece Alex, um rapaz gentil que não somente lhe apoia a seguir a carreira que deseja como também lhe faz sentir algo que há muito tempo não sentia.

Em meio a crises, músicas, mentiras e muito romance, Sara descobrirá que a vida pode surpreender muito!

pro

Trechos

“Eu, por outro lado, estou sempre nas estrelas. Sempre viajando nas músicas, ou nos livros e buscando sempre me afastar da realidade. Deve ser por isso que me perco nos meus pensamentos e quando me dou conta, estou arfando, em pânico pelo caminho que minha mente tomou” (Capítulo 4)

“Acho que antes de nos entregarmos totalmente à alguém é preciso estar em sintonia consigo mesmo. Não se pode esperar que a outra pessoa te complete. Essa coisa de outra metade da laranja é uma furada. A pessoa que amamos deve nos acrescentar e não preencher algo que está faltando. Se não, o que acontece se por acaso essa pessoa for embora?” (Capítulo 20)

Nunca tinha lido nenhum livro que abordasse a Síndrome do Pânico e devo confessar que foi uma experiência marcante, a autora consegue mostrar ao leitor uma pequena dose através de trechos, trechos estes que exemplificam exatamente como as pessoas que possuem a doença se sentem. A Síndrome do Pânico é um tipo de transtorno de ansiedade que precisa ser compreendido melhor pelas pessoas, infelizmente a mesma ainda é vista como uma “frescura” por alguns, o que é muito triste! Apenas quem passa pela situação sabe o quão difícil é lidar diariamente com a doença e tentar evitar as crises, crises estas que surgem sem hora marcada. Acho fundamental o tema ser mais abordado e discutido, pois penso que somente desta forma as pessoas se informarão melhor, poderão compreender e ajudar sem julgamentos as pessoas que sofrem.

Outro ponto que a autora abordou que gostei muito foi acerca da escolha da faculdade e qual carreira seguir, infelizmente as pessoas ainda pressionam umas as outras e isso é horrível, a história de que apenas a estabilidade é importante e mais, que você somente pode seguir a profissão de acordo com a faculdade que escolheu é absurda. A sociedade precisa aceitar que a escolha de um curso não significa uma decisão para a vida toda, penso que nem sempre sabemos o que queremos fazer e não digo apenas quando temos 18 anos, quantos e quantos casos já ouvi de pessoas que se formam e vão seguir uma carreira completamente diferente por perceberem que não gostam tanto assim e/ou por terem se frustado. Lembre-se que não é vergonha nenhuma e que nunca é tarde para seguir seus sonhos, seja com 18 ou 90, se você tiver um, persiga-o sem medo, pois é somente alcançando-o que encontramos a felicidade e a paz no coração!

Finalizei o livro com aquela cara de “sério, acabou mesmo??? Nãaaaaaaaaaao!”, hahaha! Adoraria ler uma continuação ou um spin-off, sinto que ainda há pontos que podem ser explorados, como por exemplo o futuro de Sara e Alex e a amizade da primeira com Bianca

Para finalizar, a autora colocou no Wattpad junto a sinopse da história, uma nota e gostaria de comentá-la!

Eu já tenho esse livro pronto aqui no meu computador há algum tempo, mas ainda não tinha coragem de publicar em lugar nenhum. Isso porque ele fala sobre uma pessoa com um problema psicológico, um problema que eu mesma tenho. Então eu não sabia se as pessoas se interessariam por algo assim.

Mas achei importante divulgar essa estória exatamente por saber que outras pessoas passam pelo mesmo problema que o meu e talvez essa estória as ajude, assim como me ajudou escrever e por para fora meus medos.

Se puderem indiquem para amigos e até para essas pessoas que precisam de uma força. O meu principal objetivo é mostrar que pessoas com Síndrome do Pânico não estão sozinhas e nem estão ficando loucas. É uma doença que pode acontecer com qualquer um e quem tem, precisa lidar com ela todos os dias. E eu também queria desmistificar alguns preconceitos que exitem em relação à ela.

Raíssa, parabéns!!! Tenho certeza que seu livro ajudou e ajudará muitas pessoas, tanto as que possuem a síndrome e sabem, como as que sequer sabem que possuem e também as demais que por ignorância ainda interpretam a doença de forma banal. Precisamos muito falar sobre o transtorno, relatar realmente o que acontece com a pessoa, o porquê e como você mesmo disse, desmistificar os preconceitos e mostrar que há como manter uma vida normal e que a pessoa não é uma estranha e muito menos louca.

Para quem ficou curioso e deseja ler, basta clicar aqui.

Redes Sociais da Raíssa

Blog

Facebook 

Instagram

Tumblr

Twitter

Boa leitura, beijos! ♥

PROJETO QUATRO POR 4

Projeto Quatro por Quatro: Simplesmente Acontece – Cecelia Ahern

Olá, boa noite leitores!

A resenha de hoje envolve o livro “Simplesmente Acontece”, da Cecelia Ahern.

Editora: Novo Conceitosimplesmente

Páginas: 448

Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos.

Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails, mensagens de texto, cartas, cartões-postais… Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Bia Constante – Books and Birds

Bom3

A amizade de Rosie e Alex é forte e deste sentimento há um ainda mais que se manifesta a cada novo ano, mesmo com a distância. Os amigos, familiares e pessoas ao redor sabem que eles devem ficar juntos, contudo, falta apenas eles próprios perceberem isso! Diante de acontecimentos inesperados, casamentos, filhos, cartas perdidas e e-mails, caberá apenas ao casal de amigos decidir se vale ou não a pena arriscar a amizade por este novo sentimento.

Que livro foi esse???!!! Eu gostei e não gostei ao mesmo tempo, calma, vou explicar, haha! A escrita da autora é muito envolvente, adorei o fato da história englobar além do drama, um belo romance e pitadas de humor, contudo, não posso deixar de mencionar que a todo momento o leitor fica com aquela grande expectativa acerca do clímax e o mesmo somente ocorre nas últimas páginas! Sim, eu fiquei impaciente, inconformada e decepcionada com este fato, pois os personagens não demoraram apenas alguns anos para enfim tomarem uma atitude, mas sim décadas! 😲😲😲

Adoraria ler uma continuação que abordasse mais sobre o futuro de Rosie, Alex e seus respectivos filhos.

 

Camila Melo – A Bookaholic Girl

Bom1

Simplesmente acontece foi uma leitura que não me surpreendeu muito pelo fato de eu já ter visto o filme, e ter as imagens de Lily Collins e Sam Clafin em mente. Fui me deliciando e me irritando a cada página. Confesso que no começo foi um pouco estranho me habituar a uma história sendo contada por cartas, bilhetes, e-mails etc, mas depois que se acostuma a leitura flui, embora as mais de 400 páginas. O desenvolvimento do livro sem uma datação marcada sendo interessante por um lado, também foi um pouco difícil por outro para situar no tempo os acontecimentos. Ainda assim a autora consegue manter a atenção e criar vários momentos emocionantes e engraçados, indo mais além que o filme (como de costume). E talvez seja por isso que eu fiquei tão intrigada com o final, eu terminei a leitura e fiquei pensando: “Como assim???”, não que não tenha sido um final plausível, mas chega a ser muito intrigante, na verdade até mesmo irritante. Outra consideração que merece atenção é à tradução não literal a “Where rainbows end” que não faz sentido nenhum. Apesar disso, como leitora amante das obras de Cecelia Ahern recomendo a história de Rosie e Alex para que vocês tenham tirem suas próprias conclusões 😉

 

Flávia Tanabe – Coelho da Lua

Especial1

Olha, tenho que dizer que Rosie e Alex tem o pior timming do mundo! Quem já assistiu ao filme? Eu já, umas cinco vezes, e a angústia por esse timming ruim é sempre a mesma.

Esse livro conta a história de Rosie e Alex, que se conhecem desde os cinco anos, e desde então são melhores amigos um do outro. A conexão é gigante, o significado de amizade entre eles transcende, mesmo que em determinados momentos estivessem brigados ou um pouco distantes.

A narrativa é toda através de cartas, mensagens e e-mails que apesar de ficar maçante em diálogos mais longos, permite que os demais personagens exponham seus pontos de vista e a interação entre eles, como Alex e seu irmão Phil, por exemplo.

Apesar das surpresas que a vida reservou para Rosie e Alex, nesse livro só tem amor. Amor de amigo, amor romântico, amor de família. Em todos os momentos, transborda. Cada personagem é intenso, marcante e importante nessa história.

Para Rosie e Alex era tudo tão simples e ao mesmo tempo tão complicado. A amizade um pelo outro se encaixava perfeitamente, mas os sentimentos que surgiram (que na verdade estavam lá desde sempre) demoram para serem percebidos.

Se você gosta de romance e reviravoltas, Rosie e Alex são para você. O destino não gosta apenas de se divertir, ele ainda tira sarro! Em muitos momentos pensei: agora vai! Só que não.

 

Geovana Rodrigues – Inícios Marcantes

Bom3

“Que timming horrível!” Foi o que eu pensei (ou gritei?) assim que finalizei a leitura, não consegui evitar! hihi Mas apesar da minha revolta ao longo da narrativa, amei o livro! O modo como a autora vai nos apresentando a história, através de cartas e e-mails deu um tom super diferente e divertido ao livro. A evolução da escrita dos personagens (de acordo com que iam crescendo) foi um marcador de tempo interessante, e me deixava sempre empolgada para ler cada vez mais. Fiquei com medo da história não me agradar, pois, estava com as expectativas lá no alto, mas no fim amei cada pedacinho.

“Você merece alguém que a ame a cada batida de seu coração, alguém que pense a seu respeito a cada instante, alguém que passe cada minuto do dia apenas se perguntando o que você está fazendo, onde está, com quem está e se está bem.”

 

A próxima leitura será:garota

Garota Exemplar – Gillian Flynn

Editora: Intrínseca

Páginas: 448

Em Garota exemplar, a narrativa não linear de Gillian Flynn se alterna entre duas perspectivas opostas e conflitantes, construindo uma atmosfera dúbia, capaz de fazer o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Com um humor perspicaz, o thriller expõe as consequências psicológicas da deterioração de um relacionamento íntimo. Se para muitos o problema está em acordar e perceber que não se conhece muito bem a pessoa com quem se divide a cama, Flynn alerta: o inferno pode ser conhecê-la bem demais.

Na manhã do quinto aniversário de casamento, Amy desaparece da nova casa, às margens do Rio Mississippi. Tudo indica se tratar de um sequestro, e Nick imediatamente chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, ele parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência. À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.

O que acharam das resenhas? Já leram o título? Se sim, o que acharam da história? Me contem nos comentários!

Boa leitura, beijos! ♥

 

RESENHAS

Indicação Amazon: Love & Gelato – Jenna Evans Welch

Olá, boa noite leitores!

Yay! Finalmente consegui ler um livro em inglês e compreender grande parte do enredo sem me tornar escrava do dicionário/tradutor. Estou tão contente, me sinto muito realizada por ter completado uma meta que há tempos venho almejando.

Páginas: 400413-A4dbSeL._SX329_BO1,204,203,200_

Sinopse: 

Um verão na Itália, uma antiga história de amor e um segredo de família

Depois da morte da mãe, Lina fica com a missão de realizar um último pedido: ir até a Itália para conhecer o pai. Do dia para a noite, ela se vê na famosa paisagem da Toscana, morando em uma casa localizada no mesmo terreno de um cemitério memorial de soldados americanos da Segunda Guerra Mundial, com um homem que nunca tinha ouvido falar. Apesar das belezas arquitetônicas, da história da cidade e das comidas maravilhosas, o que Lina mais quer é ir embora correndo dali.

Mas as coisas começam a mudar quando ela recebe um antigo diário da mãe. Nele, a menina embarca em uma misteriosa história de amor, que pode explicar suas próprias origens. No meio desse turbilhão de emoções, Lina ainda conhece Ren e Thomas, dois meninos lindos que vão mexer ainda mais com seu coração.

Uma trajetória que fará Lina descobrir o amor, a si mesma e também aprender a lidar com a perda. Amor & Gelato é uma deliciosa viagem pelos mais românticos pontos turísticos italianos, com direito a tudo de mais intenso que o lugar tem a oferecer: desde paixões até corações partidos.

Carolina, ou Lina, como prefere ser chamada, perdeu a mãe há pouco tempo e por indicação da mesma e de sua avó, a jovem resolve passar um tempo na Itália com Howard. Ela não se sente tão confortável, pois a mãe apesar de lhe contar que Howard foi um grande amigo no tempo em que morou na Itália, ela não o conhece direito.

Ao chegar no destino, ela descobre que o tal amigo da mãe mora na verdade em um cemitério, ou quase isso, a casa fica no mesmo terreno que um cemitério memorial dos soldados da Segunda Guerra Mundial. É claro que a jovem se assusta um pouco e não possui uma boa primeira impressão e isso unido ao desconforto que sente ao estar na casa de um “estranho” não vê a hora de ir embora.

Lina adora correr e é quando está se exercitando próximo a casa em que está hospedada que conhece Lorenzo, ou como prefere ser chamado, Ren. A partir deste encontro uma amizade começa a se desenvolver e ela não somente conhece o jovem, como posteriormente é apresentada a novas pessoas, dentre elas, Thomas, um rapaz charmoso que já no primeiro encontro lhe atrai muito.

Lina apesar de gostar dos momentos passados junto com os novos amigos, ainda quer ir embora e somente quando Sonia, a superintendente-assistente do cemitério que trabalha junto com Howard, lhe entrega um antigo caderno de recordações de sua mãe, é que ela começa a compreender melhor tudo que aconteceu no passado da mesma, desde os momentos bons até os críticos.

Entre gelatos, pontos turísticos belíssimos, encontros impactantes, mistérios, novas amizades e experiências, Lina não somente desvendará o mistério acerca do passado de seus pais, como também descobrirá um novo sentimento.

Que livro mais amorzinho, eu amei o enredo, personagens e ambientes. Pude compreender cerca de 90% da história e me apaixonei pelos cenários descritos, foi uma “viagem” maravilhosa! Além de ter amado o italiano, que idioma envolvente, hihi.

A divisão feita pela autora, ora momento presente com Lina, ora passado com o caderno de recordações da mãe da mesma, aproxima o leitor da história. Eu me senti muito envolvida e a cada nova revelação, a curiosidade só aumentava, tanto que nem senti a leitura passar, finalizei em poucos dias.

Um enredo repleto de romance, amor, amizade, drama e pitadas de humor, hihi!

Não posso deixar de mencionar a respeito da arte de capa desta edição, que graça! Bela combinação de cores, a vontade de se deliciar com um gelato só aumenta ao visualizar a ilustração, haha, aliás, fiquem de olho no meu Instagram amanhã, porque terá foto especial! 😉

Eu tive a oportunidade de ler este livro, pois baixei gratuitamente pela Amazon há um tempo atrás, até cheguei a divulgar em minhas redes sociais (se ainda não me segue, não deixe de seguir! ). E apesar do mesmo não estar mais gratuito, o valor do e-book não é caro (hoje, dia 02 de setembro, está por apenas R$3,40). Para comprar, basta clicar aqui. Agora para os leitores que não se sentem tão à vontade para ler em inglês, uma ótima notícia: a Intrínseca lançou recentemente este título. Para comprar a edição em português, basta clicar aqui.

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Quando A Noite Cai – Carina Rissi

Olá, boa tarde leitores!

Aproveitei o fim de semana passado para ler “Quando a noite cai”, um livro que há tempos estou animada para ler, mas que por motivos de não querer me sentir órfã acabei deixando bem guardadinho, haha. O que impulsionou a minha leitura foi uma live que assisti da Carina Rissi, live esta onde houve muitos comentários acerca do livro, possíveis continuações e personagens. Diante de tal situação, a curiosidade falou mais alto e não resisti, hihi!

Briana Pinheiro desde o dia em que completou dezoito anos tem sonhos um tanto quanto peculiares. Em seus sonhos, ela é uma princesa chamada Ciara que ao fugir de um casamento com um homem que matou seu irmão, conhece Lorcan O’Connor, um guerreiro irlandês.

Briana mora com a mãe e irmã, juntas possuem uma pensão que infelizmente não vai bem, há tempos que a mesma possui apenas uma pensionista e devido a esta situação, a jovem precisa trabalhar fora, contudo seu jeito atrapalhado acaba por fazê-la perder inúmeros empregos. Depois de ser demitida pela terceira vez no mesmo mês, ela aproveita a oportunidade que a irmã lhe arruma e dessa vez além de não conseguir nem ao menos ser entrevistada, ainda causa alguns estragos e quase é atropelada. Destino ou coincidência, ao se levantar do asfalto, Briana é apoiada por Gael O’Connor, um homem igual ao irlandês de seus sonhos, que insiste em levá-la ao médico.

Depois de um dia repleto de trapalhadas e situações constrangedoras, Briana enfim consegue o tão sonhado emprego na empresa de Gael, empresa esta que ela jamais imaginaria conseguir algo já que acabou causando alguns estragos.

A jovem se sente muito feliz por ter conseguido o emprego e além de fazer de tudo para se manter longe de problemas, ainda tenta disfarçar seus sentimentos e o espanto com relação a semelhança entre Gael, seu chefe e Lorcan, um homem que existe apenas em sua imaginação. Quando seu chefe programa uma viagem para a Irlanda, Briana lhe acompanha e apesar de tentar não consegue disfarçar o que sente pelo mesmo e assim como ela, ele também se entrega ao romance e em meio a sonhos, segredos, risadas e um amor (quase) proibido, o casal precisará enfrentar as mais diversas situações para conseguirem enfim, ficar juntos.

Trechos

A diagramação do livro foi feita de tal maneira que envolve o leitor no enredo, a escolha da fonte que inicia cada capítulo foi perfeita; o tamanho das fontes são ideais, pois permitem uma experiência de leitura confortável e a capa possui um belíssimo contraste de cores.

Que leitura agradável, eu me identifiquei demais com o jeito atrapalhado da Briana e penso que muitos outros leitores também, haha!  Um enredo repleto de humor, romance e um toque de drama. Comecei a ler sem imaginar o que encontraria, fui tentando deduzir ao longo do enredo e apesar de quase adivinhar, acredita que consegui ser surpreendida?! Sim, o desfecho foi fantástico e senti que deu até margem para uma continuação, não somente para retratar mais fatos do casal principal, como também o futuro da pousada e até mesmo da irmã de Briana.

Adorei a alternância de histórias, ora tempo presente/vida real com Briana e Gael, ora tempo passado/sonho, com Ciara e Lorcan.

Não vejo a hora de poder autografar meu exemplar e rever a autora, conheci a mesma durante a Flipoços e foi uma experiência tão agradável e marcante!

Já leram algum livro da autora? Se sim, me contem nos comentários. Caso não, super indico a leitura!

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

O quarto e último livro da série “As Modistas” será lançado em setembro

Foi divulgado pela Editora Arqueiro o lançamento de “Romance entre Rendas”, o quarto e último livro da série “As Modistas”, da Loretta Chase. O mesmo está previsto para chegar às livrarias dia 01 de setembro.

Páginas: 320romance

Tradução: Simone Reisner

Trecho

Comprar (eBook)

Que lady Clara Fairfax é dona de uma beleza estonteante, Londres inteira já sabe. Mas a fila de pretendentes que bate à porta de sua casa com propostas de casamento já está irritando a jovem.

Cansada de ser vista apenas como um ornamento, Clara decide afastar-se um pouco da alta sociedade e se dedicar à caridade. Um dia, numa visita a uma obra social, ela depara com uma garota em perigo e pede ajuda ao alto, sombrio e enervante advogado Oliver Radford.

Radford sempre foi avesso à nobreza, mas, para sua surpresa, pode vir a se tornar o próximo duque de Malvern. Embora queira manter sua relação com Clara no campo estritamente profissional, aos poucos ele percebe que ela, além de linda, é inteligente, sensível e corajosa.

E quando a perspectiva de casamento se aproxima, tudo o que Radford pode fazer é tentar não perder a cabeça por Clara. Será que a herdeira mais adorada da sociedade e o solteiro menos acessível de Londres serão vítimas de seus próprios desejos?

Em Romance entre rendas, livro que encerra a série As Modistas, Loretta Chase nos brinda com uma história envolvente e cheia de paixão, com personagens fortes e marcantes.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

O livro “O Beijo Traiçoeiro”, de Erin Beaty, será lançado durante a Bienal pela Editora Seguinte

Olá, bom dia leitores!

A Editora Seguinte divulgou que será lançado na Bienal o livro “O Beijo Traiçoeiro”, de Erin Beaty. O mesmo é o primeiro de uma trilogia. Eu fui atraída à primeira vista pela capa e me empolguei ainda mais depois que li um comentário acerca do enredo que mistura um romance estilo Jane Austen com espionagem.

Páginas: 440

Sinopse:obeijo

Com sua língua afiada e seu temperamento rebelde, Sage Fowler está longe de ser considerada uma dama — e não dá a mínima para isso. Depois de ser julgada inapta para o casamento, Sage acaba se tornando aprendiz de casamenteira e logo recebe uma tarefa importante: acompanhar a comitiva de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são firmadas. Para formar bons pares, Sage anota em um livro tudo o que consegue descobrir sobre as garotas e seus pretendentes — inclusive os oficiais de alta patente encarregados de proteger o grupo durante essa longa jornada. Conforme a escolta militar percebe uma conspiração se formando, Sage é recrutada por um belo soldado para conseguir informações. Quanto mais descobre em sua espionagem, mais ela se envolve numa teia de disfarces, intrigas e identidades secretas. E, com o destino do reino em jogo, a última coisa que esperava era viver um romance de tirar o fôlego.

O lançamento está previsto apenas para o dia 1 de setembro, porém já é possível reservar na pré-venda. Para comprar, basta clicar aqui.

Para finalizar quero compartilhar com vocês a capa original, ela é tão linda!

29346870

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

A Noiva do Capitão – Tessa Dare (Série Castles Ever After #3)

Oii, boa noite leitores!

Semana passada as publicações do blog ficaram um tanto quanto paradas e isso aconteceu porque intensifiquei meus estudos. Como essa semana ainda começarei o curso de pós-graduação, peço que tenham um pouquinho mais de paciência, pois estou adaptando e organizando meus horários, prometo que logo logo a programação voltará ao normal, haha.

A resenha de hoje envolve o livro “A Noiva do Capitão”, o terceiro da série “Castles Ever After”, da Tessa Dare. Para conhecer os demais, basta clicar aqui e aqui, respectivamente. Ganhei este livro da minha melhor amiga, foi um presente inesperado porque tínhamos lido uma resenha acerca do livro e por mais que quiséssemos lê-lo, não tínhamos a edição e nem data pré-definida para ler.

Olha a foto do bonitão no dia que chegou:

Madeline nunca gostou de agitação e sempre se sentia mal diante de multidões e devido a isso quando percebe que precisará participar de um baile para ser apresentada à sociedade, resolve inventar um noivo. Ela apenas o faz para poder escapar da obrigação, sabe que se a família souber que está noiva, não precisará comparecer ao baile e é desta maneira que acaba por anos escrevendo cartas apaixonadas e repletas de confissões direcionadas ao Capitão Mackenzie, um homem inexiste. Quando a família de Maddie fala que quer conhecer o noivo da mesma, ela simplesmente o mata. Por um período de tempo, Maddie fica de luto pelo “noivo” e depois ainda acaba ganhando de seu padrinho um castelo na Escócia. A jovem se muda para o castelo junto com a tia e elas se sentem bem morando sozinhas. Enquanto tia Thea se envolve com os tônicos e produtos medicinais, Maddie aproveita seu tempo observando e ilustrando as mais diversas espécies de animais, sua atividade favorita.

De forma inesperada, Madeline recebe a visita de um homem desconhecido, ou é o que ela pensa inicialmente até saber que o visitante misterioso na verdade é o Capitão Logan Mackenzie, o noivo que até então ela pensou que existisse apenas em sua imaginação. Mackenzie aparece e lhe conta que recebia suas cartas e que ao saber que foi “morto” , sabia que precisava encontrá-la para buscar tudo o que foi prometido nas correspondências.

Entre cartas, kilts, lagostas, tônicos e muita teimosia, Maddie descobrirá que os sonhos podem se realizar e Logan descobrirá um novo sentimento que até então estava adormecido.

Como diria Maddie, que leitura amável! Estou completamente apaixonada por este livro, um romance composto por personagens interessantes e um enredo bem desenvolvido. Eu me diverti demais com a doce Maddie e com o marrento Mackenzie, ou melhor, MacFajuto, MacFantasia, ou até quem sabe MacFictício, hahaha, todo tempo eles sabem que sentem algo um pelo outro, contudo, fazem questão de esconder. Devo confessar que me identifiquei com a jovem em alguns momentos, senti que me comportaria exatamente como ela se comportou, penso que para fugir de um baile poderia até pensar em inventar um noivo, hahaha. #alouca

Apesar de seu jeito imperativo e durão, Logan é carinhoso, tem um bom coração e não somente se preocupa demais com seus amigos, como demonstra desde o começo gostar de Madeline(pelo menos, internamente) e faz o que é preciso para protegê-la.

Há algumas cenas mais quentes no decorrer do enredo, não é nada tão exagerado, pelo contrário, mas acho importante avisar para não surpreender os leitores que não curtem e/ou leitores mais novos. Além do romance e humor, a história possui pitadas de drama que envolvem os personagens principais, então, se for muito sensível, prepare os lencinhos para sofrer com ambos.

Maddie devido a seu trabalho de ilustradora, precisa observar por um período de tempo considerável duas lagostas: Fluffy e Rex. Com o intuito de ilustrar o processo reprodutivo das mesmas, a jovem precisa se manter próxima dos crustáceos e é por isso que no decorrer do enredo o leitor presencia muitas situações hilárias. Até fiz questão de desenhar o casal de lagostas, elas merecem, hahaha!

Não poderia finalizar esta resenha sem mencionar a tia Thea e os amigos de Logan. A primeira é uma mulher forte, que adora conhecer novos medicamentos e produtos relacionados e que guarda muitos segredos, alguns que envolvem até mesmo sua sobrinha. Já os amigos de Logan, depois te terem sobrevivido a uma guerra e terem perdido suas moradias e famílias, puderam recomeçar e reencontrar um no outro o significado de cumplicidade, amizade e família.

Trechos

“-Não dá para acreditar. Você está usando duas camisolas.
Ela aquiesceu.
-E eu pus a de dentro de trás para frente. Uma camada extra de defesa.
Isso explicava por que ele não conseguia encontrar os botões.
-Você não confia em mim?
-Eu não confio em mim mesma – ela respondeu. – E parece que eu estava certa. Olhe só para mim.”

“Ela cruzou os braços e inclinou a cabeça, olhando para ele.
– Passei anos estudando todos os tipos de criaturas. Você sabe o que eu reparei? Aquelas que têm as carapaças de proteção mais fortes e duras… por dentro não são nada além de baba.
– Baba?
– Baba. Meleca. Gosma.
– Então você acha que, por dentro, eu sou litros de baba?
– Talvez.”

Quanto a diagramação, as folhas são mais grossas, amareladas e as fontes possuem um tamanho ideal; a arte de capa é linda e as ilustrações internas deram um charme a mais.

Se eu gostei? Sim, a escrita da Tessa é muito cativante! Recomendo? Com certeza, é uma leitura ótima para os leitores que amam romance de época; para os que estão sofrendo com a terrível ressaca literária; para os que precisam relaxar e/ou estão cansados de leituras intensas e para os que estão participando de maratonas (ideal para se ler em um dia).

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Um Doce de Confeiteiro – Janaina Rico (Segunda Leitura da MLI 2017)

Oii, boa noite leitores!

Finalizei hoje o segundo livro que selecionei para ler durante a MLI. O escolhido foi “Um Doce de Confeiteiro, da Janaina Rico. Escolhi este título ao acaso, já tinha em mente que gostaria de ler algum livro de uma das plataformas de leitura, mas ainda não sabia ao certo qual seria. O mesmo estará completo até o dia 01 de agosto no Wattpad e também encontra-se disponível para compra na Amazon.

Renata para a felicidade de seus pais, deixou a faculdade de Letras para cursar Jornalismo. Uma aluna dedicada, tímida e sempre com as melhores notas; uma filha amorosa que aprendeu a gostar de carros e acreditar no amor com seu pai e mais, uma jovem apaixonada por romances, que gostaria muito de poder vivenciar alguma das histórias, que chega até a pensar se algum dia passará por uma experiência semelhante. Quando conhece Marco Aurélio, seu novo professor de “Introdução à Fotografia”, um rapaz de 1,90 m e todo charmoso, Renata não consegue esconder seu interesse. Durante todo o semestre ele se mantem rígido com a sala toda e principalmente com a mesma, resultando em uma quase reprovação, o que para qualquer currículo seria algo inaceitável. Portanto, para conseguir recuperar sua nota, ela engole o orgulho e aceita os trabalhos extras que o mesmo propõe. Ele marca de se encontrar com ela e apesar de se sentir receosa, concorda e juntos vão para um campo, segundo o professor, para uma aula de campo. O que era para ser uma data marcante e inesquecível se torna um pesadelo quando ele a estupra, ela não consegue nem ter reação quando tudo acontece e somente consegue desabafar acerca de tudo para sua família meses depois.

Depois do ocorrido traumático e da humilhação de ser taxada como mentirosa por algumas pessoas, ela decide que não permitirá ter nenhum relacionamento e a decisão dura até o dia em que conhece Daniel Braga.

Devido a tristeza que lhe assombra, Robson, seu irmão, começa a enviar currículos para várias empresas e é desta forma que ela recebe uma proposta irrecusável de ir trabalhar em Londres. Uma oportunidade para começar uma nova vida, com novo idioma, tradições e um novo emprego. O tempo vai passando e justo no último dia de trabalho no Rio, quando está indo para o local em que entrevistará um chef de cozinha, um homem bate em seu carro, ou melhor, em seu bebê CrossFox laranja. Depois de muitos xingamentos, ela anota o telefone do responsável pelo acidente e vai direto para o trabalho e se surpreende ao perceber que o chef em questão é o mesmo que bateu em seu carro.

Entre selfies, momentos quentes e muito muito doce, Renata deverá decidir quais suas prioridades e saber se segue sua razão e viaja para Londres em busca de uma nova oportunidade ou a emoção, ficando com um homem que poderá mudar o rumo de sua vida.

“Será que tem como saber quem é e quem não é o nosso amor da nossa vida? Eu já tinha me enganado uma vez. E se eu estivesse novamente enganada? Estaria trocando o certo pelo duvidoso? Quantas chances daquelas apareceriam para mim? E se nunca fosse capaz de amar?”

“Você sabe ser muito cruel quando quer afastar quem você ama. Ou melhor, quem realmente te ama.”

“Infelizmente algumas vezes a vida deixa marcas impossíveis de serem apagadas.”

“Pena que as coisas não são tão fáceis como elas parecem ser. Ou, de repente, até são, mas eu tenho um talento nato em complicar tudo.”

Quando escolhi este livro não imaginei que seria extremamente erótico, achei que seria mais leve e devido a isso acabei ficando constrangida com algumas cenas e confesso que até pulei outras. No geral a história me agradou, a autora aborda um assunto muito sério que deveria ser debatido mais que é o estupro contra a mulher, um ato que marca a vida da pessoa para sempre, traumatiza e que infelizmente ainda é tratada por algumas pessoas como se a culpa fosse da mesma. Sinto que o mundo está mudando, mas penso que o machismo ainda é muito forte e temos que lutar muito a cada dia pelos nossos direitos, ainda falta tanto respeito, liberdade de escolha e não podemos desanimar, por isso acho que livros assim são importantes para mostrar para ambos, mulheres e homens que atos tão cruéis devem ser extintos, que a culpa em momento algum é da mulher e que o homem tem que pagar e a pena deve ser pesada, pois somente assim teremos resultados positivos e poderemos viver com mais segurança. Acho tão absurdo não poder fazer algumas coisas simplesmente por ser mulher e digo coisas triviais, como por exemplo uma caminhada sozinha no final da tarde, quase noite, porque nunca se sabe quem encontrará e não digo apenas ter receio com relação a violência, como também com relação a cantadas e olhares que te fazem se sentir um objeto, poxa, é tão injusto e não é pedir demais ter um pouco de sossego, um momento a sós para poder se curtir e ouvir uma música.

Além deste ponto, apesar do comportamento da personagem por vezes ser irritante devido as crises de choro e todo o drama que faz perante a situação envolvendo Daniel, a história é interessante e o desfecho que imaginei que seria clichê, foi um clichê inovador, hahaha, ficou estranho essa união de palavras, eu sei, mas depois que lerem, vão compreender.

Para finalizar, foi uma leitura rápida repleta de altos e baixos. Um romance composto por drama, pitadas de humor e muito muito amor. Enquanto escrevo esta resenha, a música que está predominando na minha cabeça é:

Boa leitura, beijos! ♥

ALEATORIEDADES · SINOPSES

Aimee Oliveira e sua nova obra do Wattpad + Primeiras Impressões

Oii, boa noite leitores!

Hoje venho compartilhar com vocês, uma das histórias que tenho acompanhado na plataforma de leitura Wattpad. Eu li recentemente um livro da Aimee Oliveira e adorei sua escrita, tanto que já anotei na minha listinha (siim, a famosa listinha de livros que quero ler e que só aumenta, hahaha) várias obras. Dentre as muitas histórias, decidi começar por “Romance Concreto”, seu novo livro. Para ler, basta clicar aqui.

‘Romance Concreto’ começou a ser publicado no Wattpad no começo de junho e vem somar as quase 3 milhões de leituras acumuladas entre todas as histórias da Aimee Oliveira disponíveis na plataforma. Sempre trazendo romances com toques de comédia, esse novo livro promete ser mais um sucesso.

Sinopse capa R C aimee

O que um chiuaua não-adestrado, uma loja sendo demolida, o demolidor da loja em questão e Olivia Liveretti têm em comum?
Isso mesmo: nada.
Principalmente porque o demolidor em questão se encontrava completamente coberto de cimento e grosserias. Sendo assim, quando esses quatro elementos se reúnem numa tarde nublada de segunda-feira, algo estranho acontece. E continua acontecendo à medida que Olivia Liveretti passa a conhecer as razões pelas quais Jonas Caruso continua a demolir a sua querida loja de quinquilharias apesar dos seus mais profundos protestos. A “Kinki quinquilharias e afins” nunca mais será a mesma. E Olívia também não.

Playlist
Aimee Oliveira 3Autora

Aimee significa amada em francês, fora isso de francesa não tenho nada. Formada em Moda sem ser fashion, apreciadora de café e reprises. Adepta ao movimento São Gonçalo-Niterói-Rio de Janeiro de locomoção, estudo Roteiro para Cinema e escrevo as abobrinhas que rondam a minha imaginação antes de esquecê-las.

Para mais informações

Facebook

Grupo de Leitores do Facebook

Instagram

Twitter

Wattpad

Já foram disponibilizados seis capítulos e o que tenho a dizer é que a história além do romance e humor, fará os leitores questionarem a importância e o modo pelo qual as pessoas estão utilizando recentemente as redes sociais.

Para finalizar, não deixem de ler com a playlist, pois a mesma está caprichada, devo confessar que tive até alguns momentos de nostalgia por aqui, haha!

Boa leitura, beijos! ♥