SINOPSES

Lançamentos de Outubro da Editora Rocco

Olá, boa noite leitores!

Mês novo começando e com ele inúmeros lançamentos!

A Delação – John Grisham 

Páginas: 384

Lançamento: 09/10/2017

Tradução: Maira Parula

Comprar

Corrupção, conflito de interesses, favorecimentos ilícitos, compra de sentenças, delações premiadas… Parece Brasília, mas é a trama do novo romance de John Grisham. Lacy Stoltz trabalha para o Conselho Judicial da Flórida e investiga a atuação da juíza Claudia McDover no processo que autorizou a construção de um cassino em terras indígenas, abrindo caminho para a ampliação dos negócios de um certo Vonn Dubose. Ganancioso e nada ético, Dubose não mede esforços para alcançar seus objetivos, comprando o apoio da juíza McDover numa trama que envolve falcatruas e assassinato, e que colocará em risco até mesmo a vida de Lacy Stoltz e seus colegas do Conselho de Conduta Judicial.

Veterano da lista dos mais vendidos do The New York Times, com mais de 30 livros publicados, vários deles transformados em filmes de sucesso, Grisham mostra que segue em ótima forma com este clássico thriller de tribunal.

Com uma trama atual e uma narrativa de ritmo acelerado, A delação é um clássico thriller jurídico que descortina as relações de poder nos bastidores do judiciário, da política e das grandes corporações, protagonizado por uma mulher.

Nunca li nenhum livro do autor, contudo tenho muita vontade de conhecer suas respectivas obras. Alguém já leu? Se sim, me conte nos comentários o seu preferido! 

 

 Os Romanov: O fim da dinastia – Robert K. Massie 

Páginas: 280

Lançamento: 09/10/2017

Tradução: Ângela Lobo de Andrade

Comprar

No centenário da Revolução Russa, Os Romanov – O fim da dinastia se debruça sobre os momentos finais da família imperial russa. Escrito à maneira de uma história de detetives por Robert K. Massie, historiador e ganhador do Prêmio Pulitzer de literatura, autor dos sucessos Catarina, a Grande, e Nicolau e Alexandra, o livro recria o sinistro massacre que pôs fim à vida do último czar e de seus familiares, revela a culpa e a dissimulação de Lênin e de seus comparsas e relata em detalhes dramáticos e cheios de suspense as tentativas para descobrir a verdade na Rússia pós-comunista. O livro mostra o papel fundamental de cientistas, investigadores forenses, políticos e outras figuras importantes na descoberta da verdade por trás da morte dos Romanov e responde a uma série de perguntas que cercam esse evento trágico e memorável, especialmente após a exumação, em 1991, de nove esqueletos encontrados numa cova rasa na Sibéria, próximo ao infame porão onde os 11 membros da família foram assassinados setenta e três anos antes.

Depois que realizei a leitura de Intrigas da Corte, devo confessar que meu interesse por história aumentou e não é que este livro me atraiu, hihi! 

 

 A Vida é um Escândalo – Affonso Romano de Sant’Anna

Páginas: 96

Lançamento: 09/10/2017

Comprar

Escritor, crítico literário e de arte, jornalista, professor, administrador cultural e, antes de tudo e sobretudo, poeta, Affonso Romano de Sant’Anna chega aos 80 anos escrevendo com intensidade e assombro. Neste A vida é um escândalo, reunião de poemas inéditos que celebra seu octogésimo aniversário, o autor de livros célebres como Que país é este?, A grande fala do índio guarani e a catedral de Colônia, Vestígios, vencedor do Prêmio Jabuti, e Sísifo desce a montanha, para citar apenas parte de sua obra poética, apresenta uma obra densa, rigorosa e refinada que não exclui, no entanto, a poesia erótica ou a experimental e assegura para seu autor um lugar de destaque entre os melhores poetas brasileiros de todos os tempos.

 

 Underground Airlines – Ben H. Winters 

Páginas: 320

Lançamento: 09/10/2017

Tradução: Ryta Vinagre

Comprar

Autor da trilogia O Último Policial, ganhador dos prêmios Edgar e Philip K. Dick, Ben H. Winters é uma das principais vozes da literatura policial e da ficção científica contemporânea nos EUA. Em Underground Airlines, o autor conta uma história ambientada numa realidade alternativa em que os Estados Unidos não passaram pela guerra civil e os estados de Mississipi, Alabama, Louisiana e Carolina do Sul permanecem separados do norte do país e vivendo de mão de obra escrava. Na trama, Victor é uma espécie de “capitão do mato”, um ex-escravo que trabalha rastreando escravos fugitivos e devolvendo-os a seus donos. Ao mesmo tempo, porém, em que opera a favor do status quo, ele age sob uma agenda própria. A partir desse personagem contraditório e aludindo às “underground railroads”, rotas clandestinas pelas quais os escravos americanos fugiam para o norte abolicionista ou para o Canadá, Underground Airlines é um ótimo entretenimento e também uma provocação à sociedade americana com suas questões raciais, econômicas e políticas.

 

♥ Eleanor Oliphant Está Muito Bem – Gail Honeyman  

Páginas: 352

Lançamento: 09/10/2017

Tradução: Edmundo Barreiros

Comprar

Livro de estreia da escocesa Gail Honeyman, Eleanor Oliphant está muito bem foi revelado através de um concurso literário e, desde então, vem conquistando excelentes críticas e uma bela carreira internacional. Aos 30 anos, Eleanor Oliphant trabalha na área administrativa de uma empresa de design e leva uma vida solitária, mas feliz. Apesar de ser alvo de bullying no ambiente de trabalho por sua aparência e hábitos peculiares, ela não sente falta de nada e parece perfeitamente à vontade com sua falta de habilidades sociais. Mas tudo muda quando ela conhece Raymond, novo funcionário da área de TI da empresa, e os dois, por acaso, salvam a vida de um senhor que desmaia no meio da rua. Com sensibilidade e muito bom humor, a autora conta a história de uma amizade que muda para sempre a vida de três pessoas muito diferentes, que descobrem que a melhor maneira de sobreviver é abrindo o coração.

Um romance emocionante e divertido sobre solidão, superação e amizade. Com seu estilo seco e inusitado, Eleanor Oliphant é uma heroína fora do comum que vem conquistando leitores em todo o mundo. O livro teve os direitos de adaptação para o cinema comprados pela atriz e produtora Reese Whiterspoon, responsável por sucessos como Garota exemplar e Big Little Lies.

Algo que me diz que este livro é composto por uma bela história, uma daquelas que aquece o coração e que inspira! Um ponto que não posso deixar de mencionar é acerca da adaptação :O Se tem Reese, é sucesso, hihi! #apaixonadaporbiglittlelies

 

 Santos Fortes: Raízes do Sagrado no Brasil  – Leandro Karnal e Luiz Estevam de O. Fernandes 

Páginas: 216

Lançamento: 09/10/2017

Comprar

No mês em que se comemoram os 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, cuja imagem foi encontrada por três pescadores no Rio Paraíba do Sul, em outubro de 1717, tornando-se símbolo de devoção de todo um povo, chega às livrarias pelo selo de ideias e debates Anfiteatro Santos fortes, do historiador e professor da Unicamp Leandro Karnal, escrito em parceria com o doutor em História Cultural Luiz Estevam de O. Fernandes. Reconstruindo biografias e hábitos religiosos, os autores fazem uma leitura instigante, acessível e bem-humorada do cotidiano de fé do Brasil a partir da trajetória de santos populares, entre eles São Jorge, São João e Santo Antônio, além de dedicarem um capítulo às múltiplas faces e títulos de Nossa Senhora, e outro aos “Santos fora do altar”, como Padre Cícero, escrava Anastácia e outros casos curiosos de devoção popular.

 

♥ A Ascensão do Mal – Danielle Paige (Série Dorothy tem que Morrer #2)

Páginas: 240

Lançamento: 09/10/2017

Tradução: Cláudia Mello Belhassof

Comprar

Em Dorothy tem que morrer, Amy Gumm é uma garota do Kansas levada por um tornado para o mundo encantado de Oz. O que ela encontra por lá, porém, é uma paisagem bem diferente da descrita no clássico de L. Frank Baum, governada com mão de ferro por uma certa Dorothy Gale. Para fazer de Oz uma terra livre novamente, Amy precisa remover o coração do homem de lata, roubar o cérebro do espantalho e tomar a coragem do leão. E aí Dorothy morreria. Mas, em A ascensão do mal, aguardada sequência da série de Danielle Paige, ela continua viva. E o passado de Oz guarda muitos segredos que Amy ainda desconhece. Em quem ela poderá confiar para cumprir sua missão?

 

 Os Crimes da Rua Morgue e Outras Histórias Extraordinárias – Edgard Allan Poe

Páginas: 224

Lançamento: 09/10/2017

Tradução: Clarice Lispector

Comprar

Com “Os crimes da rua Morgue”, Edgar Allan Poe inaugurou, em 1841, a moderna literatura policial e criou um de seus mais célebres detetives, o até hoje reverenciado Auguste Dupin. O conto, que narra a memorável investigação do assassinato de duas mulheres em um quarto fechado, é o carro-chefe desta reunião de histórias de terror e mistério traduzida por ninguém menos que Clarice Lispector. Grande leitora e fã da literatura policial, a escritora, que também verteu para o português os livros de Agatha Christie sob o pseudônimo de Mary Westmacott, empresta seu talento invulgar ao gênio de Poe, trazendo para o leitor brasileiro histórias como “A máscara da morte rubra”, “O gato preto”, “Ligeia” e outras. Lançamento do selo Fantástica Rocco, esta edição de Os crimes da rua Morgue e outras histórias extraordinárias recupera este encontro, literalmente, fantástico.

Fiquei surpresa com a tradução e adaptação? Sim

Li e reli para ver se estava escrevendo a informação correta? Sim

Se eu não fosse tão medrosa até arriscaria a leitura, contudo, porém, todavia, vou ter que deixar passar, haha! 

 

♥ O Gabinete Paralelo – Maureen Johnson

Páginas: 352

Lançamento: 09/10/2017

Tradução: Sheila Louzada

Comprar

A capital britânica nunca foi tão assustadora. Os túneis subterrâneos, o Marble Arch e as galerias da rede de esgotos de Ranelagh são alguns dos principais cenários da trama de O gabinete paralelo, terceiro volume da série de mistério Sombras de Londres, de Maureen Johnson. No livro, Rory Deveraux se pergunta se não deveria ter voltado para sua pacata cidade nos Estados Unidos, depois de tudo o que viveu desde que chegou a Wexford. Não bastasse descobrir a habilidade de ver fantasmas e enfrentar uma versão moderna de Jack, o Estripador, ela agora sofre a perda de seu amor, Stephen, e teve sua melhor amiga, Charlotte, sequestrada. Mas é tarde para voltar atrás. Rory tornou-se peça-chave no esquadrão que monitora fantasmas em Londres. E enquanto tenta se recuperar de uma série de acontecimentos trágicos e lidar com todo tipo de surpresas do destino, uma terrível ameaça paira sobre a cidade, exigindo que ela mergulhe ainda mais fundo nas Sombras de Londres.

Além destes lançamentos, ainda será lançado no mês de outubro o livro “Vidas Muito Boas: As Vantagens do Fracasso e a Importância da Imaginação”, de J.K. Rowling. Falei do mesmo em uma outra postagem, para saber mais, basta clicar aqui.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Lançamentos de Outubro da Editora Intrínseca

Olá, boa noite leitores!

Ainda estou muito ausente, eu sei, mas é por um bom motivo, apenas peço que mandem energias positivas porque até semana que vem ainda terei muitos acontecimentos e preciso me preparar MUITO para obter resultados satisfatórios.

Não estou conseguindo ler nada de forma contínua, são horas e horas concentrada nos estudos, mas posso compartilhar um segredinho? Vou aproveitar hoje para me jogar em algum romance histórico e assistir ao Rock in Rio. Fui muito bem em uma prova, finalizei um trabalho e estou quase finalizando um exercício, penso que mereço um descanso, haha!

Agora chega de blá blá blá e vamos aos lançamentos de outubro da Intrínseca!

A Linha – Keri Smithalinha

Páginas: 224

Lançamento: 03/10/2017

Tradução: Flora Pinheiro

Comprar

A linha tem uma proposta, a princípio, bem simples: pegue um lápis e comece com um traço. Mas, a partir daí, não espere obviedades. Conforme sua linha se mover pelas páginas você vai encontrar um infinito de novas formas de explorar os espaços – por cima, por baixo, pelas bordas, parando, voltando e até mesmo cedendo seu traço a outra pessoa. Um caminho de surpresas, ao mesmo tempo divertido e contemplativo, que ninguém sabe ao certo aonde vai dar. Só pegando no lápis para descobrir.

 

Destrua Este Diário: Agora em Cores – Keri SmithDestruaEsteDiarioAgoraEmCores_G

Páginas: 224

Lançamento: 03/10/2017

Tradução: Rogério Durst e Flora Pinheiro

Comprar

Em edição comemorativa dos 10 anos de sua primeira publicação, o novo Destrua este diário combina atividades inéditas e outras já conhecidas dos leitores em páginas totalmente remodeladas. Uma segunda chance de mergulhar no mundo de rascunhos, anotações aleatórias, cores variadas e, o melhor de tudo, de destruição, em que lápis de cera, canetinha, tinta, giz, adesivos, papel, tesouras e muita imaginação são as suas mais valiosas ferramentas.

Eu sou a típica leitora super cuidadosa com os livros, que sofre quando vê alguma dobra/sujeira e apesar de achar a premissa deste livro interessante, acho que não conseguiria seguir a proposta de “destruí-lo”, haha! 

 

O Navio dos Mortos – Rick Riordan (Série Magnus Chase e os deuses de Asgard #3)CAPA_ONavioDosMortos_G

Páginas: 368

Lançamento: 03/10/2017

Tradução: Regiane Winarski

Comprar

O destino dos mundos está de novo nas mãos de Magnus Chase. Será que ele vai conseguir derrotar Loki de uma vez por todas?

Nos dois primeiros livros da série, Magnus Chase, o herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain, ex-morador de rua e atual guerreiro imortal de Odin, precisou sair em algumas jornadas árduas e desafiar monstros, gigantes e deuses nórdicos para impedir que os nove mundos fossem destruídos no Ragnarök, o fim do mundo viking. Em O navio dos mortos, Loki está livre da sua prisão e preparando Naglfar, o navio dos mortos, para invadir Asgard e lutar ao lado de um exército de gigantes e zumbis na batalha final contra os deuses.

Desta vez, Magnus, Sam, Alex, Blitzen, Hearthstone e seus amigos do Hotel Valhala vão precisar cruzar os oceanos de Midgard, Jötunheim e Niflheim em uma corrida desesperada para alcançar Naglfar antes de o navio zarpar no solstício de verão, enfrentando no caminho deuses do mar raivosos e hipsters, gigantes irritados e dragões malignos cuspidores de fogo. Para derrotar Loki, o grupo precisa recuperar o hidromel de Kvásir, uma bebida mágica que dá a quem bebe o dom da poesia, e vencer o deus em uma competição de insultos. Mas o maior desafio de Magnus será enfrentar as próprias inseguranças: será que ele vai conseguir derrotar o deus da trapaça em seu próprio jogo?

Já li alguns livros do Rick Riordan e a escrita do mesmo é apaixonante! Tenho muita vontade de conhecer as histórias dos respectivos livros desta série. 

 

Jogo de Espelhos – Cara Delevingne e Rowan ColemanJogoDeEspelhos_G

Páginas: 304

Lançamento: 11/10/2017

Tradução: Alice Mello

Comprar

Naomi, Rose, Leo e Red são adolescentes enfrentando aquela fase em que se relacionar no colégio é tão difícil quanto encarar os próprios problemas. Red tem uma mãe alcoólatra e um pai ausente; o irmão de Leo está na prisão; Rose usa sexo e drogas para mascarar traumas antigos e Naomi se esconde atrás de peruca e maquiagem pesada.

Quatro adolescentes tão diferentes viram melhores amigos quando são obrigados a formar uma banda. O que era uma tarefa chata vira a famosa e popular Mirror, Mirror. Através da música, eles encontram um caminho para encarar o mundo de outra forma.

Mas tudo desmorona quando Naomi some misteriosamente e é encontrada, dias depois, entre a vida e a morte. O acidente desestrutura a banda e, consequentemente, a vida de todos. A sólida relação de amizade que eles achavam estar construindo tinha uma rachadura, e tudo o que restam são dúvidas e vazios. O que aconteceu com Naomi? Foi um acidente ou um ataque? Por que ela fugiria e deixaria a banda para trás? Por que esconderia segredos dos seus melhores amigos? Para desvendar o mistério por trás dessa história, Red e os amigos entram em uma investigação que vai desenterrar seus próprios segredos obscuros e fazê-los confrontar a diferença entre o que eles realmente são de verdade e a imagem que passam para o mundo.

Em seu romance de estreia, a modelo e atriz Cara Delevingne revela mais um talento ao apresentar um olhar fresco e sagaz sobre questões atuais da juventude: amizade, bullying, identidade, gênero, transtornos emocionais, a influência perigosa das mídias sociais nas relações e o poder destruidor da imagem.

OMG!!! Eu fiquei tão empolgada quando vi este lançamento na lista, não vejo a hora de poder conhecer mais acerca da história!

 

Leonardo da Vinci – Walter Isaacsonuntitled

Páginas: 640

Lançamento: 17/10/2017

Tradução: André Czarnobai

Comprar

A biografia definitiva do mestre Leonardo da Vinci, assinada pelo autor dos best-sellers Steve Jobs: A biografia e Einstein: sua vida, seu universo

Com base em milhares de páginas dos impressionantes cadernos que Leonardo manteve ao longo de boa parte da vida e nas mais recentes descobertas sobre sua obra e sua trajetória, Walter Isaacson, biógrafo de Einstein e Steve Jobs, tece uma narrativa que conecta arte e ciência, revelando faces inéditas da história de Leonardo. Desfazendo-se da aura de super-humano muitas vezes atribuída ao artista, Isaacson mostra que a genialidade de Leonardo estava fundamentada em características bastante palpáveis, como a curiosidade, uma enorme capacidade de observação e uma imaginação tão fértil que flertava com a fantasia.

Leonardo criou duas das mais famosas obras de arte de todos os tempos, A Última Ceia e Mona Lisa, mas se considerava apenas um homem da ciência e da tecnologia – curiosamente, uma de suas maiores ambições era ser reconhecido como engenheiro militar. Com uma paixão que às vezes se tornava obsessiva, ele elaborou estudos inovadores de anatomia, fósseis, o voo dos pássaros, o coração, máquinas voadoras, botânica, geologia, hidráulica, armamentos e fortificações. A habilidade para entrelaçar humanidades e ciência, tornada icônica com o desenho do Homem vitruviano, fez dele o gênio mais criativo da história.

Filho ilegítimo, à margem da educação formal, gay, vegetariano, canhoto, distraído e, por vezes, herético, o Leonardo desenhado nesta biografia é uma pessoa real, extraordinária pela pluralidade de interesses e pelo prazer que tinha em combiná-los. Um livro indispensável não só pelo caráter único de representar integralmente o artista Leonardo, mas como um retrato da capacidade humana de inovar, da importância de não apenas assimilar conhecimento, mas ter a disposição para questioná-lo, ser imaginativo e, como vários desajustados e rebeldes de todas as eras, pensar diferente.

Amo biografias, penso que podemos aprender muito com as mesmas e fiquei muito feliz com este lançamento. Leonardo da Vinci é uma pessoa que me inspira demais! Quero aproveitar que estou falando acerca do mesmo para contar algo para vocês… Dias atrás estava percorrendo a lista de e-books gratuitos em inglês da Amazon e não é que achei um envolvendo uma biografia do mesmo, sério, eu fiquei sem palavras, já baixei e quero muito ler! Para quem ficou curioso, o e-book é este aqui.

 

Rejuvelhecer – A Saúde como Prioridade – Dr. Sergio AbramoffCAPA_Rejuvelhecer_G

Páginas: 240

Lançamento: 23/10/2017

Comprar

Rejuvelhecer é envelhecer com saúde, lucidez e independência. Um compromisso que você vai assumir consigo mesmo agora, com a ajuda desse livro.

Envelhecer faz parte da vida, mas manter a vitalidade não é tarefa simples: dois terços da população mundial desenvolvem, com o passar dos anos, pelo menos duas doenças crônicas, tornando-se frágeis, dependentes ou socialmente isolados. Uma estatística que pode ser revertida, afirma o dr. Sergio Abramoff, especializado em medicina preventiva.

Em Rejuvelhecer: A saúde como prioridade, dr. Abramoff explica os maiores riscos das transformações sutis e progressivas que a idade promove em nosso organismo, apontando posturas capazes de diminuir ou adiar significativamente o impacto de males comuns do envelhecimento, entre eles o Alzheimer, câncer, doenças cardiovasculares e osteomusculares.

Mais que um livro sobre bem-estar, Rejuvelhecer: A saúde com prioridade é um guia de como podemos desempenhar um papel decisivo no caminho rumo a uma velhice saudável. Seguindo as informações colocadas pelo autor de forma objetiva e de fácil compreensão, seu compromisso com a saúde passará a ser uma prioridade, que trará como recompensa um amadurecimento com liberdade e autonomia.

Ao ler esta sinopse me recordei do livro Amar, Rir e Comer, do Dr. John Tickell. Aprendi tanto com o autor, penso que livros com esta temática ajudam muito! Quero muito conhecer este título!

Além destes lançamentos, ainda haverá o tão aguardado lançamento do novo livro do John Green. Não ficou sabendo? Corre clicar aqui para saber todas as informações!

Gostaram de algum lançamento em especial? Se sim, me contem nos comentários!

Boa leitura, beijos! ♥

ALEATORIEDADES

“House of Furies”, de Madeleine Roux será publicado pela Plataforma21

O selo jovem da V&R Editoras, Plataforma21, divulgou que publicará em outubro de 2017,
“House of Furies”, de Madeleine Roux.

Sinopse:15326434_1852754834937437_1784051125926341607_n
Louisa Ditton está desesperada. Após fugir de um internato que pune os alunos por qualquer transgressão, ela não tem para onde ir. Quando uma senhora a oferece emprego como servente em uma estalagem, ela acredita que está salva.
Mas, ao chegar em Coldthistle House, Louisa logo descobre que o seu misterioso proprietário, Mr. Morningside, está proporcionando muito mais que conforto a seus hóspedes. Ele e sua equipe estão exercendo a sua própria forma de justiça àqueles que consideram estar além da salvação. E somente Louisa poderá salvar um jovem e inocente rapaz da condenação.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Lançamentos de Outubro da Editora Rocco

Mês novo, novos lançamentos:

♥ As Aventuras de Wonder Woman na Super Hero High – Lisa Yeeasaventuras

Páginas: 256

Selo: Rocco Jovens Leitores

Trecho

Wonder Woman é uma guerreira e princesa amazona. Criada na Ilha Paraíso, ela sempre sonhou em ser uma super-heroína – a melhor de todas as super-heroínas. As aventuras de Wonder Woman na Super Hero High é o primeiro livro da série DC Super Hero Girls. Escrita pela premiada autora Lisa Yee, a série apresenta os clássicos heróis da DC Comics para uma nova geração de leitores. Com foco nas jovens heroínas, Lisa leva esses personagens para uma escola especial onde os jovens heróis vão aprender a usar seus poderes para se tornarem os maiores heróis do mundo.

Mas frequentar a escola mais cobiçada das galáxias não é algo simples… Wonder Woman que o diga. A jovem precisa mostrar seu valor nas aulas, conhecer seus novos colegas, enquanto disputa uma vaga para a equipe que vai participar do badalado Super Triatlo, e ainda tem que lidar com Harley Quinn, a sua hiperativa e um pouco fora de controle colega de quarto. Sem mencionar que Wonder Woman nunca havia visto um garoto antes… Muitas novidades e aventuras para uma menina recém-saída de uma ilha mágica e isolada.

As aventuras de Wonder Woman na Super Hero High é um livro tanto para quem já conhece as super-heroínas quanto para novos fãs. Lisa Yee consegue manter as características que fizeram de cada personagem ícones culturais, agora com uma roupagem nova e moderna. Repleto de referências para os velhos fãs, a obra chega para conquistar os mais novos. Um livro que os pais vão ler para os filhos com muito prazer.

Então, vista sua capa e corra para a Super Hero High! Wonder Woman, Katana, Green Lantern, Hawkgirl, Arlequina, Flash e muitos outros são as novas caras dos heróis e aguardam os leitores para a próxima aula… ou supermissão!

 

melhorMelhor e Mais Rápido: O Caminho Inovador para Ideias Imbatíveis – Jeremy Gutsche (Coleção Pitch Deck)

Páginas: 240

Selo: Rocco

Lançamento: 10/10/2016

A velocidade das transformações no mundo dos negócios parece crescer de forma exponencial. Gigantes como Kodak e Lehman Brothers foram atropelados pela inovação, ou pela falta dela. Novas corporações como Netflix e Uber alteram o consumo de mercados tradicionais a partir de suas plataformas online. No meio de um redemoinho de incertezas, Jeremy Gutsche encontrou sua bússola caçando tendências e as utilizando como um caminho para as oportunidades de bons negócios. Criador do site TrendHunter, a maior comunidade do mundo sobre inovação, Gutshe agora compartilha sua experiência no livro Melhor e mais rápido – O caminho inovador para ideias imbatíveis, registro que é fruto do seu trabalho com mais de 300 marcas e das discussões no site que contabiliza 60 milhões de visitas por mês.

Abordando tanto casos de sucesso, como os da Zara e da autora de Harry Potter, J.K. Rowlling, quanto os de estagnação, como os das empresas Blockbuster e Blackberry, Gutsche indica ao leitor a análise dos padrões que estão na estrutura das ideias que conquistam mercados e renovam marcas. Histórias deliciosas como a Microsoft engolindo as enciclopédias da Britannica com seus CD-ROMs para depois ser devorada pela Wikipedia são parábolas de orientação sobre a inovação como forma de sobrevivência de carreiras e produtos. Os casos são apresentados com rigor nos detalhes que diferenciam trajetórias bem-sucedidas, tornando o livro um guia instigante, não só para quem busca inovação, mas também para os que procuram aperfeiçoamento constante em suas carreiras ou empreendimentos.

O próprio percurso profissional de Jeremy é emblemático em relação aos casos apresentados no livro quando o assunto é perseguir uma boa ideia. Depois de ter experimentado o sucesso como empreendedor na faculdade e o fracasso como investidor de seu próprio dinheiro, o autor abandonou uma ascendente carreira em um grande banco para tocar seu projeto de website. A aposta deu certo. Dois bilhões de visualizações e centenas de clientes depois, ele conta no livro como criou uma enorme e valiosa rede de influenciadores digitais e desenvolveu um método comprovado para identificar ideias melhores com mais rapidez.

Os seis padrões de oportunidade burilados por Jeremy Gutsche e a comunidade do TrendHunter mostram como avaliar as chances de uma iniciativa florescer, apontam segredos para buscar oportunidades na esteira de outros projetos de sucesso (um caso simbólico nesse sentido são grandes ideias como Twitter, Instagram e Snapchat, que nasceram a partir do êxito do Facebook) e indicam de forma didática como aperfeiçoar o faro para bons negócios, tomando sempre como referência a inovação constante. Conhecer um pouco mais sobre o trabalho e a visão de Gutsche é uma boa chance de entender melhor o atual momento dos negócios em rede e de refletir sobre o padrão que existe nas oportunidades que surgem diariamente.

 

♥ O Livro Das Coisas Estranhas – Michel Faberolivro

Páginas: 528

Selo: Rocco

Lançamento: 11/10/2016

Michel Faber é um raro autor capaz de combinar uma aura idiossincrática a um estilo clássico. Celebrado pela crítica por Pétala escarlate, flor branca, sobre a vida de uma prostituta na época vitoriana, e cultuado pelo chocante Sob a pele, que chegou ao cinema com Scarlett Johansson no papel de uma alienígena caçadora de homens, Faber retorna grandioso em O livro das coisas estranhas – que ele declarou ser seu último romance. Amalgamando referências que vão do Novo Testamento aos quadrinhos da Marvel, a obra se apropria do formato de um tipo de ficção científica em extinção (aquele em que as ideias surgem mais imponentes que naves e batalhas) para traçar uma obra delicada e de alto teor literário sobre amor e perda.

A existência de Peter Leigh gira em torno de duas devoções: Jesus Cristo e a esposa Beatrice. E é por elas que decide partir em uma arriscada missão para difundir a palavra de Deus. Em um futuro aparentemente próximo, ele se despede de Bea e do ronronante gato Joshua para, aos cuidados da gigantesca e obscura corporação USIC, decolar rumo ao planeta Oásis. Vivendo em um ambiente árido, os habitantes locais (que, com exceção da incapacidade física de pronunciar os sons do “S” e do “T”, aprenderam a falar inglês com facilidade) são humanoides frágeis e discretos que exteriorizam pouquíssimos anseios: analgésicos, antibióticos e os ensinamentos da Bíblia, por eles conhecida como O livro das coisas estranhas.

Enquanto a conexão com Jesus pode ser feita pela força intrínseca do verbo, o contato com Bea só se realiza por meio da tecnologia popularmente conhecida como “tubo” – sistema de intercâmbio de textos entre a Terra e Oásis que não alcança o assentamento oasiano, distante da base, onde Peter fez questão de se instalar. E as mensagens esporádicas que consegue receber da mulher, a trilhões de quilômetros dali, registram crescentes desavenças políticas, catástrofes naturais e um iminente colapso de sua própria fé.

“Minha intenção era escrever o livro mais triste de todos”, afirmou o autor, que concluiu o romance após a esposa perder uma longa batalha contra o câncer. A exemplo de obras-primas do porte de 2001: Uma odisseia no espaço e Solaris, Michel Faber aborda emoções assombrosamente terrenas e cotidianas ao engendrar uma jornada interplanetária – conquistando fãs de primeira linha (David Mitchell, Yann Martel, Phillip Pullman, Rick Riordan) e a imprensa especializada (The New York Times, The New Yorker, Washington Post, The Guardian, The Times, PopMatters). Como em todas as realizações de um artista cuja marca registrada é a incapacidade de se repetir, a narrativa se revela precisa, hipnótica e fascinante. O livro das coisas estranhas é uma aventura introspectiva e, contra qualquer clichê, extremamente humana.

 

dartana♥ Dartana – André Vianco

Páginas: 784

Selo: Fábrica231

Lançamento: 11/10/2016

No insólito mundo de Dartana, os habitantes são incapazes de guardar conhecimento. Qualquer aprendizado é sumariamente esquecido quando dormem. A única esperança para acabar com este sofrimento é o nascimento de um deus guerreiro, capaz de vencer outros deuses e liberar o conhecimento para seus seguidores. Primeiro livro da nova trilogia de André Vianco, Dartana surpreende por apostar numa fantasia com ares de ficção científica, que bebe na fonte de clássicos do gênero como Star Wars. E André Vianco faz isso com enorme talento, mostrando por que é um dos grandes representantes do gênero fantasia no país.

O nascimento do deus Belenus é o sinal que todos aguardavam, a esperança de que o sofrimento pode estar chegando ao fim. E os jovens Jeliath e Dabbynne marcham junto das feiticeiras e dos soldados para o Combatheon, uma outra dimensão e uma arena onde um combate épico define a sorte de vários mundos.

A chegada em Combatheon não é como o imaginado, e agora Jeliath e seus amigos têm que lutar para sobreviver antes de pensar em salvar o seu mundo. Estranhas descobertas e inesperados reencontros fazem parte da nova realidade do grupo. Enquanto buscam novas armas através de uma estranha conexão com a Terra e a família de Gláucia e Doralice, os jovens ficam sabendo um pouco mais sobre o Combatheon, os misteriosos e poderosos deuses guerreiros e outros planetas e povos.

Em Dartana, André Vianco leva aos seus leitores uma história épica, sobre uma jornada onde a esperança não termina. Um livro recheado de ação intensa e grandes surpresas que mostra um universo incrível onde o inesperado é corriqueiro. Dartana é mais um sucesso com a marca de Vianco, agora pelo selo de entretenimento Fábrica231.

 

No Limite da Loucura – Maureen Johnsonnolimite

Páginas: 304

Selo: Fantástica Rocco

Lançamento: 11/10/2016

Uma das autoras mais queridas do público jovem na Inglaterra e nos EUA, e celebridade no Twitter, Maureen Johnson deixa sua protagonista Rory Devereaux No limite da loucura na eletrizante sequência de O nome da estrela. Reclusa em Bristol, sob o olhar atento dos pais, desde que se envolveu no misterioso caso do assassino em série que se fazia passar pelo lendário Jack, o Estripador, e quase foi morta, Rory é surpreendida pela notícia de que poderá voltar a Londres e à rotina de estudos em Wexford.

Apesar de não se sentir totalmente recuperada, ela está feliz por reencontrar a colega de quarto Jazza, as outras meninas do dormitório feminino Hawthorne, o quase namorado Jerome e até mesmo a monitora com quem nunca se deu muito bem Charlotte. Quem sabe até consiga retomar o contato com Stephen, Callum e Bu, os membros do esquadrão secreto que monitora fantasmas em Londres. Estar de volta, porém, significa enfrentar seus medos, lutar contra as emoções ao passar pelos locais em que encontrou e enfrentou o serial killer.

A fracassada rotina de estudos para os exames finais é rapidamente interrompida tão logo Rory chega a Londres. A poucos passos da escola, o dono de um pub foi morto. Apesar da confissão do principal suspeito, a história parece não fazer muito sentido. Ainda com as emoções à flor da pele, a garota não acredita no que tem visto no noticiário e decide, junto com o esquadrão, tirar a história a limpo. E o que deveria ser um retorno tranquilo à rotina de qualquer adolescente acaba se transformando em uma nova aventura, uma loucura que envolve criaturas não menos assustadoras do que Jack, o Estripador.

Uma nova ameaça assombra Londres e Rory Devereaux precisa enfrentar seus próprios fantasmas e agir antes que seja tarde.

 

♥ Sociedade da Rosa  – Marie Lu (Série Jovens de Elite #2)sociedade

Páginas: 336

Selo: Rocco Jovens Leitores

Lançamento: 11/10/2016

“Era uma vez uma menina que teve um pai, um príncipe, uma sociedade de amigos.
Então, eles a traíram, e ela destruiu a todos.”

Adelina Amouteru tinha muitos sonhos, entre eles amar e ser amada, mas a febre do sangue estragou seus sonhos e sua vida. Dona de um estranho poder, a capacidade de criar ilusões extremamente realistas, a menina é uma Jovem de Elite. E tudo caminhava bem até se envolver com o príncipe Enzo e sua Sociedade do Punhal.

Sociedade da Rosa é a eletrizante continuação de Jovens de Elite, o primeiro livro da série de mesmo nome, de Marie Lu. No novo livro, a consagrada autora da trilogia Legend continua as aventuras de Adelina Amouteru agora junto de sua irmã Violleta. Abandonada à própria sorte pelos seus amigos da Sociedade do Punhal, só resta a Adelina formar seu próprio grupo de jovens de elite e buscar sua vingança.

Assumindo o nome de Loba Branca, Adelina deixa Kenettra, à procura de seus aliados. Ainda sentindo a morte de seu amado Enzo, pensa apenas em formar seu exército e tomar o poder. Mal sabe ela que o destino a colocará mais uma vez frente a frente com Teren Santoro, o Inquisidor Chefe que quase a matou, e Raffaele e os remanescentes da Sociedade do Punhal, que se aliaram à rainha Maeve de Beldain, cidade inimiga de Kenettra, que planeja trazer Enzo de volta dos mortos.

Com um poder alimentado pelo medo e ódio, Adelina começa a perder o controle e não consegue mais distinguir a realidade de suas ilusões, e embarca numa jornada que marcará para sempre sua alma.

Marie Lu apresenta aos seus leitores mais um livro de tirar o fôlego. Sociedade da Rosa continua a ação, as intrigas políticas e o suspense já presentes em Jovens de Elite, com um ritmo crescente rumo a um final surpreendente para Adelina, os Jovens de Elite e para todos os fãs desta série única.

 

♥ Boo – Minha Vida Após A Morte – Neil Smithboo

Páginas: 336

Selo: Fábrica231

Lançamento: 11/10/2016

Oliver Dalrymple é o típico “looser” americano: o adolescente de 13 anos é um nerd, magro, pálido, muito parecido com um fantasma: não à toa seu apelido no colégio é Boo. Ele bem que gostaria de fazer jus ao nome que lhe impuseram, mas não consegue assustar ninguém. Na verdade, quem vive assustado é ele com a vida na qual não consegue se ajustar. O que mantém seu interesse no mundo é descobrir os elementos que o constituem e para isso memorizou obsessivamente os elementos da tabela periódica. Um dia, no entanto, enquanto se recupera de mais um bullying recitando o símbolo do bário e do bromo, desfalece para sempre em frente ao seu armário da escola. E é aí que sua verdadeira vida começa.

Boo, lançamento do selo Fábrica231, da Rocco, é o mais recente livro do canadense Neil Smith. No romance, Smith mostra por meio de sua personagem uma visão adolescente do pós-morte. O “céu” onde Oliver acorda depois que acredita ter tido uma parada cardíaca em função de um problema congênito – um “buraco” no coração – é completamente inusitado. Para começar, Boo é ateu e extremamente racional. Ao acordar nu em uma cama de enfermaria, e ver que não precisa mais de seus óculos para enxergar, deduz que está em alguma espécie de pós-morte, mas que está muito longe de ser o que se pensa.

A Cidade, como é chamado o local onde vai parar, é povoada por pessoas que morreram aos 13 anos. Na verdade, existe um céu para cada idade e todos eles ficam lá sem envelhecer até completarem o tempo em que deveriam viver na Terra. Depois, viria a morte definitiva. Para Oliver, a morte deveria ser seu alívio: ele tem claros problemas de sociabilidade e não suporta ser tocado. Nesse pós-morte, no qual adolescentes de 13 anos vivem aprontando, se alimentam de comida pronta deixada numa despensa que se reabastece sozinha e cujos habitantes dão graças a Zig (Deus), Oliver “Boo” tem que aprender a fazer amigos, como Thelma, uma alma caridosa que cuida da adaptação dos renascidos nesse novo mundo, e Johnny Henzel, seu colega de escola que chega dias depois à Cidade, trazendo uma notícia perturbadora: Oliver não morreu do coração, mas foi vítima de um ataque, assim como Henzel. E tudo indica que o responsável pelo crime também está entre eles.

De um mero fantasma a uma pessoa de verdade, Smith constrói uma personagem interessante que se humaniza justamente depois da vida. Elogiado pela crítica e adorado pelos leitores, Boo é um romance cativante sobre amizade, confiança, bullying, segundas chances e a difícil tarefa de ser adolescente.

 

quietinhaQuietinha feito um Sapo: Exercícios de meditação para crianças (e seus pais) – Eline Snell

Páginas: 128

Selo: Bicicleta Amarela

Lançamento: 11/10/2016

O mundo moderno exige de todos um nível de imediatismo, superficialidade e atenção difusa que tem levado à ansiedade, à agressividade, à depressão e aos mais variados graus de dificuldade de concentração. Crianças e adolescentes não estão livres dessas cobranças: na escola e no dia a dia, uma agenda lotada de atividades e compromissos. O uso da tecnologia pede um mergulho no virtual e no viral. Contemplar é verbo que poucos põem em prática. Reflexão e relaxamento são palavras poucos vividas. E os prejuízos colhidos desse estilo de vida cobram seu preço. Mas como fazer para lidar com tantas exigências desde o berço sem criar um adulto mergulhado em estresse?

Quietinho feito um sapo, bestseller na Europa que chega ao Brasil pelo selo de bem-estar Bicicleta Amarela, propõe a trabalhar os valores da meditação numa geração mergulhada em imediatismo e interação permanentes. A terapeuta holandesa Eline Snel apresenta os princípios da meditação mindfulness para crianças de uma maneira fácil e divertida. O livro leva a criança a cultivar a presença: da mente; do coração; e do corpo. A presença acontece quando se está atento ao que é mais relevante e mais importante a cada instante.

E tudo começa com a respiração. Sabe quando as crianças estão agitadas e não conseguem dormir? Uma profusão de pensamentos impede que relaxem. Que tal estimulá-las a direcionar sua concentração da mente para a barriga? Se elas prestarem menos atenção aos pensamentos que pipocam sem parar na cabeça e lentamente desviarem a atenção da cabeça para a barriga, elas conseguem, com o tempo, se acalmar. Em sua barriga não há pensamentos, apenas sua respiração, que as fazem mover para cima e para baixo, lentamente, em expansão e retração. Um movimento suave e sedante, que lentamente as fará adormecer. É o princípio do mindfullness – ou esvaziamento da mente. Pensamentos nunca param. Tudo o que se pode fazer é deixar de reagir a eles, de prestar atenção a eles.

Eline Snel tem um talento especial para usar o tom certo quando se trata de falar com crianças sobre esses assuntos. Sua abordagem tem um adorável tom de brincadeira, tanto para as crianças menores, quanto para os pré-adolescentes. Ao mesmo tempo em que ela trabalha com algumas das mais sérias preocupações infantis, ajudando a encontrar maneiras criativas de aceitar e trabalhar os pensamentos e emoções da garotada, ela ensina a enfrentar os desafios que são uma parte tão significativa de suas infâncias. Devido a sua leveza e olhar profundamente sincero, Quietinho feito um sapo torna o cultivo da meditação algo parecido com um jogo, uma experiência, não uma tarefa.

Os pais também se beneficiam com a experiência. Afinal, para ensinar meditação às crianças é indicado que eles aprendam. Por exemplo, quando os filhos estão agitados e os pais perdem o controle das emoções entrando em estado de ira? Que tal dar um tempo? Isso mesmo: a pausa convida à reflexão e à tranquilidade, ajudando a aplacar a tempestade interior. Esse é o princípio de aprender a lidar com situações difíceis: como se elas fossem ondas. As ondas não vão deixar de vir porque se quer. Então a alternativa é aprender a surfá-las. Pessoas têm problemas. Todos experimentam tristeza e pressão, e sempre existem coisas com as quais se tem simplesmente que lidar. Quando existe concentração, vê-se as “ondas” como elas realmente são, e é possível fazer escolhas melhores e agir em conformidade. É possível tomar consciência da irritação assim que ela desponta em sua mente. Por meio de exercícios, Snel trabalha a paciência, a confiança e o “saber deixar para lá”.

Quietinho feito um sapo leva pais e crianças a descobrirem a si mesmos, à aceitação mente e corpo e à sensação de bem-estar e pertencimento. Um livro indispensável para pais, professores e profissionais da área de saúde e infantil.

 

Nutrindo seus Sentimentos: Receitas Ayurvédicas para encontrar o equilíbrio – Laura nutrindoPires

Páginas: 216

Selo: Bicicleta Amarela

Lançamento: 11/10/2016

Depois de apresentar os princípios básicos da Ayurveda no bestseller O sabor da harmonia, Laura Pires volta a dividir com os leitores sua experiência com esse sistema de saúde e bem-estar milenar e os convida a descobrir novos hábitos e a levar mais cor, sabor, saúde e vida às refeições. Com cerca de 200 receitas, Nutrindo seus sentidos é um verdadeiro guia para alcançar um novo patamar de saúde e consciência, bem-estar e vitalidade, tomando por base essa ciência da vida.

Sabedoria milenar da vida longa e saudável, a medicina Ayurveda reconhece a importância de cada alimento, preparação, respiração, movimento, escolha e momento da vida. O termo vem do sânscrito: ayu, significa “vida”; veda, “conhecimento” ou “ciência”. Sistema de medicina tradicional e milenar da Índia, a Ayurveda é mais do que ciência, é também uma filosofia de vida, capaz de auxiliar o indivíduo a manter a saúde e tratar as doenças cuidando do corpo, espírito e mente.

De acordo com este sistema, cada pessoa é influenciada por três doshas: Vata, Pitta e Kapha. A maior intensidade de um ou outro acaba interferindo na maneira de agir, nos desequilíbrios que se manifestam, assim como regulam todas as funções do nosso organismo e auxiliam na respiração, circulação, batimentos cardíacos, entre outros.

Laura Pires propõe então um ciclo diário para pessoas regidas por cada um dos doshas. São rotinas de alimentação e práticas específicas para manter o equilíbrio e ajustar o que está fora de ordem. Adotar um novo ritmo de vida mais saudável, na maior parte das vezes, é um processo gradual que requer força de vontade e perseverança.

Na Ayurveda, substâncias artificiais são substituídas por ervas, folhas, frutas, legumes, raízes, cereais, que ocupam lugar de destaque na culinária e vida diária. Para a autora, todos nós somos constituídos de corpo-mente-espírito. Neste livro, Laura Pires consegue apresentar essa ciência milenar de forma acessível para todos, mostrando que é possível seguir uma vida mais saudável.

 

vivienne♥ Vivienne Westwood – Vivienne Westwood

Páginas: 496

Selo: Anfiteatro

Lançamento: 11/10/2016

A grande dama da moda inglesa, Vivienne Westwood, está longe de se assemelhar a uma pacata senhora britânica, com seus cabelos coloridos e criações de alta-costura que, desde os anos 1970, parecem reproduzir à risca o que se usa nas ruas. Em sua autobiografia, Vivienne Westwood, que assina junto com o jornalista Ian Kelly, ela narra suas memórias pessoais, os eventos, personagens e ideias que moldaram uma vida extraordinária.

A biografia traça a trajetória de Vivienne desde sua infância ao lado de um casal de irmãos na região de Devonshire. Nascida em 1941, ela se mudou para Londres com a família 17 anos depois. O primeiro e rápido casamento com um empresário de bandas de rock como o The Who rendeu-lhe o filho mais velho, Ben, e o sobrenome que usa até hoje. O segundo filho, Joe, nasceu da longa relação com Malcom McLaren, produtor da banda Sex Pistols e uma das figuras mais influentes da cultura punk. Ao lado de McLaren, Vivienne teve sua primeira loja, cujas roupas encantavam músicos e artistas que vestiam suas extravagantes criações.

O pioneirismo de Vivienne Westwood em captar a irreverência de um momento de grandes mudanças na estrutura social da Inglaterra é apresentado como a matéria-prima de sua inspiração. Vivienne começou a criar roupas em 1971 com o parceiro na época, Malcolm McLaren, quando Londres estava na vanguarda das tendências culturais. Em 1984, lançou sua própria linha de moda e em 2004 o museu V&A recebeu uma exposição de retrospectiva de Vivienne Westwood para celebrar seus 34 anos na moda – a maior exibição jamais dedicada a um estilista britânico vivo. Em 2006, sua contribuição à moda britânica foi oficialmente reconhecida quando foi designada Dama do Império Britânico por Sua Majestade a rainha Elizabeth II.

Com Vivienne, a alta-costura deixou de ser destinada a pequenos grupos de mulheres ricas e tomou uma dimensão industrial. As coleções lançadas nas semanas de moda são apresentadas como espetáculos de artes cênicas – e Vivienne Westwood sabe aproveitar como poucos estilistas os conceitos dramatúrgicos dos desfiles de moda da atualidade. Para ela, moda é uma expressão política, diz Ian Kelly, lembrando que Vivienne começou a costurar bem jovem, tendo conhecido a escassez de material para a produção de roupas durante a Segunda Guerra Mundial, quando calcinhas de meninas eram ajustadas ao corpo por botões, devido à falta de elástico para os acabamentos.

As observações irônicas de Kelly são reservadas à introdução, quando ele descreve os preparativos para a Semana de Moda de Paris. “É quase decepcionante. Presenciei mais cenas dramáticas e pitis em uma papelaria do que no ateliê de Vivienne Westwood”, comenta Kelly. Ao lado de Vivienne está seu marido, o também estilista Andreas, 25 anos mais jovem do que a mulher, com quem se casou há mais de duas décadas. Segundo Ian Kelly, a serenidade do casal é um dos motivos para que eles sejam venerados por modelos e produtores de moda, que lutam para integrar as equipes de seus desfiles.

Westwood sempre usou suas coleções e seus desfiles como uma plataforma para fazer campanha para o ativismo positivo. Ela passou muitos anos discursando incansavelmente a respeito dos efeitos da mudança climática e do consumo excessivo. Vivienne também é curadora na organização pelos direitos humanos Liberty e benfeitora da Reprieve, além de fazer campanhas para a Anistia Internacional. Ao final da autobiografia, fica a imagem de uma personagem extravagante e iconoclasta, uma figura forte e consciente do papel da moda como disseminador de ideias políticas da atualidade.

 

São tantos lançamentos, eu estou louca para ler o livro da Vivienne, não resisto a uma biografia, hihi 

O que acharam dos lançamentos? Se interessaram por algum em especial?

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Lançamentos de Outubro da Editora Intrínseca

Outubro chegou e com ele muitos lançamentos:

Como Matar a Borboleta – Azul: Uma crônica da era Dilma – Monica Baumgarten de capa_comomataraborboletaazul_gBolle

Páginas: 272

Lançamento: 03/10/2016

Conta-se que, na década de 1970, atormentados por uma superpopulação de coelhos, os ingleses adotaram uma política tão bem-intencionada quanto equivocada, que culminou com a extinção da borboleta-azul no sul do país. O triste fim da bela borboleta é a metáfora escolhida pela economista Monica Baumgarten de Bolle para descrever a desconstrução do Brasil durante os anos de Dilma Rousseff (2011-2016). Depois de o Plano Real reduzir a inflação a patamares suportáveis e permitir a implantação de um conjunto de políticas sociais mais inclusivas, a presidente chegou ao poder determinada a reformular tudo. Na prática, sua gestão levou a economia brasileira a uma situação catastrófica cujos efeitos se farão sentir por muito tempo.

Em texto fluente, Monica de Bolle acompanha erros e desacertos da presidente, ano a ano, passo a passo, desvendando cada um de seus desatinos. Porém, no lugar de gráficos e tabelas, o leitor encontra drama, uma história de suspense e terror, com vilãs, vilões e pouquíssimos heróis, narrada com pitadas de surrealismo e saborosas citações a filmes e obras da literatura. A dura realidade ganha contornos humanos e compreensíveis mesmo para quem não tem nenhuma familiaridade com o chamado economês.

 

O Martelo de Thor – Rick Riordancapa_martelodethor_g

Páginas: 400

Lançamento: 04/10/2016

Em A espada do verão, primeiro livro da série, os leitores são apresentados a Magnus Chase, um herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain. Morador de rua, sua vida muda completamente quando ele é morto por um gigante do fogo. Por sorte, na mitologia nórdica os heróis mortos vão parar em Valhala, o paraíso pós-vida dos guerreiros vikings. Lá, Magnus descobre que é filho de Frey, o deus do verão, da fertilidade e da medicina.

Desde então, seis semanas se passaram, e nesse meio-tempo o garoto começou a se acostumar ao dia a dia no Hotel Valhala. Quer dizer, pelo menos o máximo que um ex-morador de rua e ex-mortal poderia se acostumar. Magnus não é tão popular quanto os filhos dos deuses da guerra, como Thor e Tyr, mas fez bons amigos e está treinando para o dia do Juízo Final com os soldados de Odin – tudo segue na mais completa paz sanguinolenta do mundo viking.

Mas Magnus deveria imaginar que não seria assim por muito tempo. O martelo de Thor ainda está desaparecido. E os inimigos do deus do trovão farão de tudo para aproveitar esse momento de fraqueza e invadir o mundo humano.

Em A espada do verão, primeiro livro da série, os leitores são apresentados a Magnus Chase, um herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain. Morador de rua, sua vida muda completamente quando ele é morto por um gigante do fogo. Por sorte, na mitologia nórdica os heróis mortos vão parar em Valhala, o paraíso pós-vida dos guerreiros vikings. Lá, Magnus descobre que é filho de Frey, o deus do verão, da fertilidade e da medicina.

Desde então, seis semanas se passaram, e nesse meio-tempo o garoto começou a se acostumar ao dia a dia no Hotel Valhala. Quer dizer, pelo menos o máximo que um ex-morador de rua e ex-mortal poderia se acostumar. Magnus não é tão popular quanto os filhos dos deuses da guerra, como Thor e Tyr, mas fez bons amigos e está treinando para o dia do Juízo Final com os soldados de Odin – tudo segue na mais completa paz sanguinolenta do mundo viking.

Mas Magnus deveria imaginar que não seria assim por muito tempo. O martelo de Thor ainda está desaparecido. E os inimigos do deus do trovão farão de tudo para aproveitar esse momento de fraqueza e invadir o mundo humano.

Se interessou pela história?

Leia um trecho.

 

Uma Noite na Praia – Elena Ferranteuntitled

Páginas: 40

Lançamento: 13/10/2016

Uma das mais importantes escritoras da atualidade, Elena Ferrante retorna ao universo de A filha perdida, romance que ela considera um divisor de águas em sua carreira, para contar essa fábula sombria, narrada do ponto de vista de Celina, uma boneca que é perdida em uma praia.

Após ganhar um gatinho de presente do pai, Mati – dona de Celina e sua melhor amiga – fica tão fascinada que acaba esquecendo a boneca, que é a sua favorita. Deixada para trás na areia deserta e sem saber como voltar para casa, Celina vai enfrentar uma noite interminável, cheia de sustos e surpresas, além da companhia indesejada de um salva-vidas cruel e seu terrível ancinho. À luz das chamas de uma fogueira, a noite transforma-se numa aventura fantástica e assustadora que só termina ao nascer do sol.

Uma história de impressões e percepções, ao mesmo tempo leve e repleta de tensão, dedicada não só ao público infantil, mas aos fãs da autora de todas as idades.

 

A Filha Perdida – Elena Ferrante untitled

Páginas: 176

Lançamento: 13/10/2016

“As coisas mais difíceis de falar são as que nós mesmos não conseguimos entender.” Com essa afirmação ao mesmo tempo simples e desconcertante Elena Ferrante logo alerta os leitores: preparem-se, pois verdades dolorosas estão prestes a ser reveladas.

Lançado originalmente em 2006 e ainda inédito no Brasil, o terceiro romance da autora que se consagrou por sua série napolitana acompanha os sentimentos conflitantes de uma professora universitária de meia-idade, Leda, que, aliviada depois de as filhas já crescidas se mudarem para o Canadá com o pai, decide tirar férias no litoral sul da Itália. Logo nos primeiros dias na praia, ela volta toda a sua atenção para uma ruidosa família de napolitanos, em especial para Nina, a jovem mãe de uma menininha chamada Elena que sempre está acompanhada de sua boneca. Cercada pelos parentes autoritários e imersa nos cuidados com a filha, Nina parece perfeitamente à vontade no papel de mãe e faz Leda se lembrar de si mesma quando jovem e cheia de expectativas. A aproximação das duas, no entanto, desencadeia em Leda uma enxurrada de lembranças da própria vida – e de segredos que ela nunca conseguiu revelar a ninguém.

No estilo inconfundível que a tornou conhecida no mundo todo, Elena Ferrante parte de elementos simples para construir uma narrativa poderosa sobre a maternidade e as consequências que a família pode ter na vida de diferentes gerações de mulheres.

 

A Garota com a Tribal nas Costas – Amy Schumeruntitled

Páginas: 336

Lançamento: 17/10/2016

É como uma longa conversa entre uma mulher e a melhor amiga: ela confessa que é introvertida, embora tenha uma profissão que pareça exigir exatamente o contrário; já saiu com caras que foram um completo desastre, mas também já teve em mãos o equivalente humano de um príncipe da Disney e fez com ele só um sexozinho casual. Precisou de anos de terapia para entender que a mãe não é perfeita, mas que é possível amá-la mesmo assim, e de uma grande dose de coragem para admitir que já esteve num relacionamento abusivo. Mais de uma vez.

Em A garota com a tribal nas costas, a atriz, roteirista, comediante vencedora do Emmy e estrela de um filme indicado ao Globo de Ouro Amy Schumer expõe seu passado em histórias sobre a adolescência, a família, relacionamentos e sexo, e divide as experiências que a tornaram quem ela é – uma mulher com a coragem de desnudar a própria alma e se colocar diante do que acredita, tudo isso enquanto faz as pessoas rirem.

Com a inteligência e o humor ácido que conquistaram o show business norte-americano, Amy Schumer prova, nessa reunião divertida e honesta de crônicas extremamente pessoais, ser uma pessoa destemida, dona de um coração generoso, e uma criativa contadora de histórias que vai levar o leitor a se identificar, rir alto ou chorar copiosamente, mas só porque o livro acabou.

 

O Hotel na Place Vendôme – Tilar J. Mazzeoplacevendomeg2

Páginas: 288

Lançamento: 19/10/2016

Inaugurado em 1898, na Place Vendôme, no coração de Paris, o Hôtel Ritz logo se tornou sinônimo de luxo e exclusividade, frequentado por estrelas de cinema e escritores célebres, ricas herdeiras americanas, playboys excêntricos, políticos e príncipes. Na década de 1920, o bar do hotel se tornou o ponto de encontro de F. Scott Fitzgerald e outros autores da Geração Perdida, entre eles Ernest Hemingway. Em 1940, quando a França foi dominada pelos alemães, o Ritz foi o único hotel de alto luxo autorizado pelo Terceiro Reich a continuar funcionando na cidade ocupada.

Em O hotel na Place Vendôme, Tilar Mazzeo investiga a história desse marco cultural desde a sua inauguração na Paris de fin de siècle até a era moderna. E, acima de tudo, faz uma crônica extraordinária da vida no Ritz durante a Segunda Guerra Mundial, quando o hotel serviu, ao mesmo tempo, de quartel-general dos mais graduados oficiais alemães e de lar dos milionários que permaneceram na cidade, entre eles Coco Chanel. Mazzeo nos conduz pelos salões de jantar, suítes, bares e adegas do imponente edifício, revelando um território propício para negócios ilícitos e intrigas mortais, além de extraordinários atos de rebeldia e traição.

Rico em detalhes e repleto de histórias fascinantes, O hotel na Place Vendôme é uma narrativa impressionante sobre glamour, opulência e extravagância, e também sobre conexões perigosas, espionagem e resistência. Uma viagem inesquecível a um período único e intrigante da história, quando a França – e toda a Europa – sofreu transformações que definiriam o mundo como o conhecemos hoje.

 

Deuses Americanos: Edição Preferida do Autor – Neil Gaimandeusesamericanosg

Páginas: 576

Lançamento: 24/10/2016

Deuses americanos é, acima de tudo, um livro estranho. E foi essa estranheza que tornou o romance de Neil Gaiman, publicado pela primeira vez em 2001, um clássico imediato. Nesta nova edição, preferida do autor, o leitor encontrará capítulos revistos e ampliados, artigos, uma entrevista com Gaiman e um inspirado texto de introdução.

A saga de Deuses americanos é contada ao longo da jornada de Shadow Moon, um ex-presidiário de trinta e poucos anos que acabou de ser libertado e cujo único objetivo é voltar para casa e para a esposa, Laura. Os planos de Shadow se transformam em poeira quando ele descobre que Laura morreu em um acidente de carro. Sem lar, sem emprego e sem rumo, ele conhece Wednesday, um homem de olhar enigmático que está sempre com um sorriso no rosto, embora pareça nunca achar graça de nada.

Depois de apostas, brigas e um pouco de hidromel, Shadow aceita trabalhar para Wednesday e embarca em uma viagem tumultuada e reveladora por cidades inusitadas dos Estados Unidos, um país tão estranho para Shadow quanto para Gaiman. É nesses encontros e desencontros que o protagonista se depara com os deuses – os antigos (que chegaram ao Novo Mundo junto dos imigrantes) e os modernos (o dinheiro, a televisão, a tecnologia, as drogas) -, que estão se preparando para uma guerra que ninguém viu, mas que já começou. O motivo? O poder de não ser esquecido.

O que Gaiman constrói em Deuses americanos é um amálgama de múltiplas referências, uma mistura de road trip, fantasia e mistério – um exemplo máximo da versatilidade e da prosa lúdica e ao mesmo tempo cortante de Neil Gaiman, que, ao falar sobre deuses, fala sobre todos nós.

Se interessou pela história?

Leia um trecho.

 

♥ O Guia Essencial do Vinho: Wine Folly – Madeline Puckette e Justin Hammackuntitled

Páginas: 240

Lançamento: 25/10/2016

O site winefolly.com é uma das maiores referências mundiais quando o assunto é vinho. Com gráficos incríveis, foco total no acesso à informação e soluções engenhosas para atrair novos apaixonados, o site de Madeline Puckette e Justin Hammack espanou a poeira que cobria o assunto e abriu as portas para muitos iniciantes: aqueles que queriam conhecer melhor o mundo do vinho, mas se intimidavam com toda a pompa.

Com explicações claras e acessíveis, O guia essencial do vinho: Wine Folly reúne informações imprescindíveis sobre as uvas mais cultivadas do planeta, apresenta as características de cada uma – afinal, qual é a diferença entre Cabernet Sauvignon e Pinot Noir? -, ensina sobre harmonização com alimentos e até mesmo a degustar e a servir a bebida. Tudo isso com um projeto gráfico inteligente e intuitivo que é um verdadeiro convite a uma taça.

Leve e divertido para os novatos e repleto de informações geográficas e históricas para os que já possuem algum conhecimento, este livro é, mais do que tudo, uma homenagem ao vinho e à cultura que o cerca.

O que acharam dos lançamentos? Se interessam por algum em especial?

Boa leitura, beijos! ♥