SINOPSES

Já está disponível em pré-venda, o boxe “Grandes Obras de Jane Austen”

A Editora Nova Fronteira publicará um boxe especial contendo as três obras mais importantes da carreira da querida e amada autora, Jane Austen. O lançamento está previsto para o dia 26 de junho, porém, já é possível reservar durante a pré-venda, para comprar, basta clicar aqui.

Jane Austen foi uma das romancistas mais populares da literatura mundial. Publicados originalmente no século XIX, seus livros causam encantamento no público até hoje e já ganharam diversas adaptações no cinema e na TV.

Neste boxe especial da Nova Fronteira, encontram-se as três obras mais importantes da carreira da escritora inglesa, com as renomadas traduções de Lucio Cardoso e Ivo Barroso.

Orgulho e preconceito é uma comédia de costumes em que Jane Austen mostra os perigos do julgamento à primeira vista e evoca as amizades, fofocas e vaidades da classe média provinciana. Em Razão e Sentimento, as irmãs Dashwood, após a morte do pai, terão que lidar com as convenções de uma sociedade extremamente rígida, em que sofrerão as desilusões e os desafios da busca pelo amor. Já Emma narra a história de uma menina linda, inteligente e rica que acredita que não precisa de envolvimentos amorosos. Porém, ao tentar resolver a vida romântica dos outros, a inexperiência e os erros de julgamento sobre as próprias emoções rendem a Emma muitas surpresas e decepções.

Um boxe imperdível para os fãs de um bom romance!

Boa leitura, beijos! ♥

ALEATORIEDADES

Amanhã começará a pré-venda do livro “Primeiras Impressões”, da Laís Rodrigues

Semana passada foi anunciado pela Editora Pedrazul o lançamento de “Primeiras Impressões”, da autora Laís Rodrigues. A pré-venda começará amanhã e as novidades não param por aí, além de “Primeiras Impressões”, o livro “Do Outro Lado do Oceano”, uma adaptação contemporânea de Northanger Abbey, de Jane Austen , também será lançada ainda em 2017 pela editora. 

A surpreendente temporada de Mr. Darcy no Brasil!

Charles Bing, um otimista incorrigível, decide que está na hora de internacionalizar a sua bem-sucedida cadeia de primeirasrestaurantes nova-iorquina. Deseja começar pelo país que sempre incitou sua curiosidade: o Brasil. E nada melhor que Búzios, uma belíssima cidade turística no litoral do Rio de Janeiro. A fim de garantir que sua escolha será acertada, ele leva a tiracolo o seu melhor amigo, Frederick Darcy, um político americano de família conservadora, que se orgulha de ser um homem racional e prático. Mal sabem eles que, ao chegar à cidade paradisíaca, virarão alvo de Janaína Benevides, dona das pousadas mais requisitadas do balneário. Ela é mãe de quatro belas moças, que são, para sua tristeza, solteiras. Janaína preocupa-se, em especial, com a solidão de Jane e Lizzie Benevides, as mais velhas. Enquanto a primeira acaba se decepcionando em seus relacionamentos, por ser uma pessoa que sempre busca ver o melhor nas pessoas, a outra não deixa nenhum homem se aproximar.
Primeiras Impressões é uma deliciosa adaptação de Orgulho e Preconceito, numa releitura moderna dos personagens georgianos que há gerações encantam os leitores.

Sobre Laís Rodrigues, a autora inaugura o selo Pedrazul Revelações! Laís é advogada, tem 30 anos e lê desde criança. É baiana e mora no Rio de Janeiro com o marido e dois gatos.

Geeeeeeente, eu estou SURTANDO!!! Eu li uma amostra do livro da Laís mês passado e amei a história, uma adaptação adorável! O mesmo já está disponível em pré-venda com preço promocional, aproveitem! Para comprar, basta clicar aqui.

Para quem não ainda não conhece a obra da Laís, eu fiz um Primeiras Impressões, para ler basta clicar aqui.

Boa leitura, beijos! ♥

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Primeiras Impressões – LRDO

Conheci através do blog Vivendo nos Livros, o livro “Primeiras Impressões”, escrito pela LRDO e ilustrado pela Clarice Gonçalves. O mesmo é uma adaptação moderna do clássico “Orgulho e Preconceito”. Mencionei aqui no blog anteriormente que sou super apaixonada pela Jane Austen e por tudo que se refere a ela, por isso não me segurei e corri ler a amostra que a autora disponibilizou.

Primeiras Impressões é uma adaptação moderna do primeiras-impressoes-capa-kironclássico Orgulho e Preconceito
de Jane Austen. O romance eterno de Lizzie e do Sr. Darcy é situado, desta vez, entre paisagens paradisíacas do Brasil e cenários surpreendentes dos Estados Unidos, em um relacionamento complexo entre uma carioca sarcástica e brilhante e um político americano de uma família conservadora.

Lizzie Benevides cursou Literatura com bolsa parcial na Universidade de Boston, consegue uma bolsa total para fazer mestrado na área, é extremamente intelectualizada e cinéfila e muito independente.

“Quanto mais conhecia o caráter humano, mais se decepcionava com suas inconsistências. Para ela, era cada vez mais difícil confiar em alguém.
Por isso, nunca havia se envolvido com nenhum homem. Eram todos tolos mentirosos! Chegou a se interessar por um ou outro, mas eles sempre acabavam por provar sua teoria: de que homens queriam apenas usar, manipular e descartar mulheres.
Não sonhava com o príncipe encantado, pois acreditava que eles somente existiam em romances de Austen, das irmãs Brontë ou de Gaskell.”

“Não obstante, Lizzie passaria os próximos meses com a mãe. E Janaína se aproveitaria disso para achar um excelente partido para ela. O problema seria achar alguém com o gosto da filha. Lizzie era extremamente intelectualizada e cinéfila, algo não muito comum para mulheres na idade dela.
Enquanto as moças gostavam de ir a boates e gastar o dinheiro dos pais em lojas, Lizzie perdia-se em livrarias e bibliotecas, isso quando não passava o dia assistindo a filmes. “

Frederick Darcy é de uma família tradicional americana composta por políticos, estudou em Harvard e possui um futuro todo planejado e repleto de expectativas.

“Meu amigo, ela seria encantadora se fosse gentil como a sua Jane. Mas sua postura e palavras são cobertas de sarcasmo e de uma pretensão de superioridade que acabam com qualquer charme em potencial. O máximo que posso admitir que ela possui é uma beleza exótica.”

Charles Bing, melhor amigo de Frederick, resolve viajar para o Rio a trabalho. O mesmo possui uma rede de restaurantes e imagina que a cidade será um ótimo ambiente para os negócios. Mesmo discordando da ideia, Darcy acaba embarcando junto com o amigo e a irmã e eles se deslumbram com o Rio.

Os Benevides são muito conhecidos na região devido as suas belas pousadas. A matriarca é uma mulher que está sempre se preocupando com a vaidade e com o futuro das filhas, quer a todo custo que as mesmas tenham um casamento com bom rendimento financeiro. Já o patriarca é um homem rígido com as filhas e seus respectivos comportamentos, está sempre se preocupando com seus estudos e quer o melhor futuro para ambas.

Durante a festa de Ano Novo dos Benevides, Charles, a irmã e Darcy conhecem toda a família, o primeiro se encanta com Jane, a filha mais velha e Darcy e a irmã de Charles ficam distantes, não se animam muito.

A partir desta comemoração, novos sentimentos são despertados e as primeiras impressões são discutidas pelas irmãs e pelos amigos.

img_20170102_182744

Uau! Comecei a ler sem tantas expectativas e me surpreendi muito, o título possui uma originalidade única, a união dos elementos centrais da obra original de “Orgulho e Preconceito” com o novo tempo e espaço dão um novo charme a história.

O livro encontra-se disponível em formato digital e físico. Para comprar no formato digital, basta clicar aqui. E no formato físico, basta mandar uma mensagem para a autora.

Mais informações:

Facebook

Instagram

Site Oficial

Canal do Youtube

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

As Épicas Aventuras de Lydia Bennet – Kate Rorick e Rachel Kiley

Editora: Verusdownload

Páginas: 400

Lançamento: 15/07/2016

Continuação de “O Diário Secreto de Lizzie Bennet”, a adaptação moderna de Orgulho e preconceito.
Baseado na premiada série de web “The Lizzie Bennet Diaries” — uma adaptação moderna e transmídia de “Orgulho e preconceito” —, este livro é estrelado por Lydia, a espevitada irmã de Lizzie, conforme ela encara as alegrias e os tropeços no caminho de se tornar adulta na era digital. Antes de Lizzie começar seu popular vlog, Lydia era apenas uma garota normal tramando maneiras de matar aula e criar a identidade falsa perfeita para entrar nas baladas. Talvez ela não tivesse muito foco, mas amava sua família e se divertia para valer. Até que o vlog de Lizzie transformou as irmãs Bennet em sensações da internet, e Lydia adorou virar o centro das atenções, conforme as pessoas assistiam, debatiam, postavam no Twitter, no Tumblr e em blogs sobre a vida dela. Mas então Lydia aprendeu que nem toda atenção é positiva… Depois que seu ex-namorado, George Wickham, aproveitou a fama recém adquirida de Lydia, traiu sua confiança e destruiu sua reputação, ela não é mais uma garota ingênua e despreocupada. Agora, Lydia terá de batalhar para reconquistar a confiança e o respeito de sua família e encontrar seu lugar no mundo. Narrado na voz inconfundível e cativante de Lydia, este livro começa exatamente no ponto em que “O Diário Secreto de Lizzie Bennet” parou e oferece uma nova abordagem a “Orgulho e Preconceito”. Apresentando reviravoltas originais, novos personagens incríveis e textos hilariantes, “As Épicas Aventuras de Lydia Bennet” leva o leitor para dentro da vida de nossas irmãs favoritas, de um jeito que certamente vai agradar quem já é fã da série — e de Jane Austen de modo geral — e encantar novos leitores.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Morte em Pemberley – P.D. James

Editora: Companhia das Letrasmortemperberley

Páginas: 344

O ano é 1803. Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy já estão casados, tiveram dois filhos e sua felicidade na imponente propriedade rural de Pemberley parece inabalável. Mas a paz do lugar é ameaçada quando, na noite da véspera do baile anual de Pemberley, Lydia, uma das irmãs Bennet, chega à mansão gritando que o marido, George Wickham, foi assassinado na floresta. Com este ponto de partida, P.D. James retoma o universo do clássico Orgulho e preconceito, de Jane Austen, numa trama de assassinato em que nada é o que parece.
Sobre este romance, a autora disse que uniu suas duas maiores paixões literárias: as histórias de detetive e a obra de Jane Austen. Fãs de Orgulho e preconceito vão encontrar uma diversão adicional ao reconhecer referências e conhecer o destino de alguns de seus personagens favoritos. Se o romance original trata do casamento, Morte em Pemberley, mais do que uma digna homenagem, faz justiça às melhores histórias de assassinato.
Morte em Pemberley segue a tradição dos grandes romances de mistério sobre a aristocracia inglesa. P.D. James, criadora do detetive Adam Dalgliesh, estrela da maioria dos seus livros, combina seu vasto conhecimento da obra de Austen a um suspense eletrizante, em que nem o grande casal da literatura inglesa está acima de qualquer suspeita.

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Morte em Pemberley.

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Austenlândia – Shannon Hale

Eu adoro livros que remetem aos clássicos da Jane Austen, é divertido ver versões diferentes.

Jane Heyes é uma personagem que vai fazer muita leitora se identificar, ela é apaixonada pelo Mr. Darcy, passa os dias assistindo ao filme cujo o autor Colin Firth é o protagonista. Sua tia-avó descobre sobre o segredo que Jane esconde de todos e resolve presenteá-la com uma viagem a Austenlândia; um lugar onde é possível reviver a história de Orgulho e Preconceito. Inicialmente ela fica insegura e não sabe se é uma boa ideia continuar vivendo uma vida encenada. No novo lugar as modernidades do mundo atual são deixadas de fora, ela deve seguir os padrões da época, desde roupas até costumes e tratamentos e apesar de ser uma oportunidade interessante, é algo que a deixa confusa, já que as pessoas estão ali apenas para “entreter” os convidados e é tudo ensaiado, ou seja, as falas e os sentimentos são de mentira. Jane depois de um tempo resolve aceitar o desafio e interpreta seu papel, mas o que não poderia imaginar é que há certos sentimentos que não controlamos e mais difícil ainda é quando o mesmo é despertado duplamente.

Austenlândia é um livro criativo, mas senti falta de algo a mais, eu li esperando grandes cenas e interpretações, achei um pouco parada a história. De qualquer forma seria legal poder ter um lugar assim, onde aspirações pudessem se tornar reais e decerto ajudar as apaixonadas por um personagem tão icônico como o Mr. Darcy que quem conhece, não esquece,rsrs. Além do enredo principal, a personagem ainda conta sobre seus namoros e compara os acontecimentos vividos na Austenlândia com os livros da autora Jane Austen. Seria maravilhoso se tornar Lizzie por um dia, poder viver da mesma forma e de acordo com a época e se sentir como ela.

austenlandia

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Austenlândia – Shannon Hale

Editora: RecordCapa Austenlândia V2 RB.ai

Páginas: 240

Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD.
Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e… a companhia de belos cavalheiros.

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

O Diário Secreto de Lizzie Bennet – Bernie Su e Kate Rorick

Terminei “O Diário Secreto de Lizzie Bennet” e no fundo não queria que terminasse, por mais que eu já soubesse o que iria acontecer com os personagens, essa abordagem moderna ficou tão bem desenvolvida que foi difícil de largar, nem senti o tempo passar.
Lizzie é uma jovem formada em Letras e está fazendo pós em Comunicação de massa; começa a gravar vídeos sobre sua família e seu cotidiano para um trabalho de faculdade, mas não esperava que houvesse um retorno tão grande a ponto de mais tarde pensar em transformar isso em trabalho. Jane, sua irmã, adora moda e tem o jeito calmo e gentil que agrada a todos. A Lydia é a irmã caçula, a mais vibrante, a que adora uma festa e vive paquerando e bebendo escondido por não ter idade ainda.
As três irmãs convivem diariamente com as tentativas de casamento que a mãe lhes propõe e com a calmaria do pai.
Tudo fica mais interessante quando dois jovem ricos e charmosos chegam a cidade, Bing Lee e Darcy, jovem estes que vão mudar muito a rotina e a vida das irmãs Bennet.
Além dos vídeos que Lizzie grava para seu público, ela ainda mantém um diário secreto que narra tudo sobre seu dia e seus sentimentos.

Para uma leitora que é apaixonada por “Orgulho e Preconceito” só posso dizer que é uma das melhoras adaptações que poderiam ter feito, as cenas modeladas para a época atual te levam a pensar que qualquer uma poderia ser a “Lizzie”.
Melhor de tudo é que o livro é baseado na série “The Lizzie Bennet Diaries”, ou seja, diversão dobrada.

diariosecreto

Boa leitura, beijos! ♥