SINOPSES

Cansei de ser gato: Do capim ao sachê – Amanda Nori e Stéfany Guimarães

Editora: IntrínsecaCAPA_CanseiDeSerGato_FINAL.indd

Páginas: 160

Ele já foi unicórnio, alface, pão de forma, Frida Kahlo e Mestre dos Magos. Desde 2013, Chico arrebatou o coração de milhares de fãs ao encarnar personagens inusitados com sua versatilidade felina na página Cansei de Ser Gato no Facebook e no Instagram. Fez tanto sucesso que conquistou o estrelato e o posto de gato mais famoso da América Latina.

Com doses generosas de ironia, Cansei de ser gato: do capim ao sachê revela a surpreendente trajetória de Chico rumo ao sucesso na internet, desde sua infância modesta no interior até a chegada à cidade grande, onde passou frio e fome antes de encontrar um sofá para chamar de seu, constituir família e começar a se virar. Cansado de ser gato, Chico virou, entre outras coisas, bacharel, enfermeiro, Elvis Presley e Homem-Aranha. Conformado em pagar o preço da fama, Chico convive com os inconvenientes paparazzi e aparece em revistas, posando até para um ensaio sensual.

Sem perder o charme e, muito menos, o ar de superioridade, Chico expõe nesta biografia (mais ou menos) autorizada seu grande desejo de conquistar o mundo – a começar por você.

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Cansei de ser gato: Do capim ao sachê.

Boa leitura, beijos! ♥

6 FOTOS

6 Fotos

Oiii, boa tarde!

Semana começando com uma nova categoria: 6 fotos. Um resumo em fotos do que foi meu dia, semana, mês. Eu sempre gostei de fotografia e será ótimo compartilhar as fotos que tiro diariamente, é uma chance de me conhecerem melhor, espero que gostem. ♥

DSCF7027

Achei tão lindo esse casal, estão tão bem camuflados que por pouco não os vi, achei adoráveis! ♥

livro

Esse mês tenho provas e é sempre corrido, por isso minha meta de leitura anda um pouco atrasada, ainda estou no primeiro da lista; “Uma Mulher de Fibra” é um daqueles livros que envolve o leitor desde o início, estou me apaixonando a cada dia mais. E para compor a foto, um vasinho de suculentas, acho tão fofiiinha, é uma planta que requer pouca água e é ótimo para decorar.

DSCF7023

Sou apaixonada por rosas vermelhas, essa é uma mini-rosa, é linda!

abacaxi

Será que vem abacaxi por aí,rs?  Minha mãe plantou e estamos esperando para ver no que vai dar. Nada como um suco de abacaxi com hortelã bem geladinho.

morgana

Apresento-lhes a diva Morgana, uma gatinha super amorosa que quando está carente, sai miando à procura de um colo e atenção.

dentedeleao

Good Wishes for you! Sempre que vejo um dente-de-leão adoro assoprar e imaginar para onde vai cada semente.  O interessante é que esse formato branquinho é o fruto, a flor é amarela, abre por volta das cinco da manhã e fecha no final da tarde, sendo conhecida como relógio suíço.

Uma ótima terça a todos, beijos! ♥

SINOPSES

O Amor Mora ao Lado – Debbie Macomber

Editora: Novo Conceito9788581630526_2.jpg.1000x1353_q85_crop

Páginas: 160

Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker.
Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes.
Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica…

Se interessou pela história?

Leia um trecho: O Amor Mora ao Lado.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Conversas com Minha Gata – Eduardo Jáuregui

Editora: L&PM Editoresconversas_cominha_gata_9788525431714_m

Páginas: 400

A vida da publicitária Sara León não está nada fácil. Graças à rotina insana de um trabalho que não gosta mais, ela sofre um colapso nervoso no meio de uma reunião importante. De licença médica, decide “discutir a relação” (que está para lá de morna) com seu namorado de dez anos, Joaquín – e assiste, perplexa, ele propor a separação.­
Prestes a completar quarenta anos, Sara olha para a própria vida e tem a impressão de que não realizou nada, não viveu nada, não conquistou nada. Mas eis que neste momento tão sombrio a ajuda bate à sua porta – ou seria à sua janela? – da forma mais inesperada possível: uma independente e sofisticada gata amarela pede para entrar em sua casa… e em sua vida.
Sibila – é com este nome que ela se apresenta – é uma gata escaldada que já correu as ruas de Londres e, em suas andanças, parece ter adquirido mais confiança e sabedoria que qualquer humano. Com sua sagaz filosofia de felino e o olhar incisivo de uma espécie que nos observa há milênios, ela se torna conselheira e confidente de Sara, ajudando-a a sair da fossa e a redescobrir os  pequenos prazeres da vida. Mas em meio a esta jornada de autodesco­berta, Sara começa a questionar se suas conversas com Sibila não seriam, na realidade, sintoma de uma loucura incipiente e incontornável.
Eduardo Jáuregui, em seu primeiro romance, dá vazão a seu conhecimento de anos como psicólogo especiali­zado em senso de humor. Um romance bem-humorado para amantes da vida – sejam eles amantes de gatos ou não.

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Conversas com Minha Gata.

Boa leitura, beijos! ♥