SINOPSES

Garotas de Vestido Branco – Jennifer Close

Editora: Bertrand Brasilgirls

Três amigas, muitos casamentos… sendo que nenhum é de alguma delas! 

Isabella, Mary e Lauren sentem que todos os seus amigos estão se casando. Domingo após domingo, chá de panela após chá de panela, elas admiram presentes, recolhem fitas e papéis de embrulho e comem sanduíches e cupcakes enquanto usam vestidos em tons suaves e bebem champanhe. Mas, em meio a tanta comemoração, essas mulheres têm a própria vida para enfrentar. Com um senso de humor carregado, Jennifer Close nos faz reviver os tempos de emoção, desconcerto e “o que diabos estou fazendo com a minha vida?” do início da idade adulta. Passando por péssimos encontros familiares, viagens desastrosas e relacionamentos arruinados pela política ao mesmo tempo que outros começam em pet shops, “Garotas de Vestidos Brancos” nos leva para dentro de um círculo de amizade que, com perfeição, reúne alegrias e frustrações da vida moderna.

Boa leitura, beijos! ♥

ALEATORIEDADES

Foi divulgada a sinopse do livro “Always and Forever”, terceiro livro da série “Para Todos os Garotos que Já Amei”

Hoje fui surpreendida com a sinopse de “Always and Forever”, o terceiro livro da série
“Para Todos os Garotos que Já Amei”.

“Lara Jean está aproveitando ao máximo o último ano do ensino médio. O namoro com Peter está indo bem, seu pai finalmente vai se casar com a vizinha, Sra. Rothschild, e Margot estará de volta nas férias, a tempo de participar da cerimônia. Mas muitas mudanças estão prestes a acontecer. Apesar de Lara Jean estar se divertindo ajudando a organizar a festa do pai, ela não pode ignorar as grandes decisões que estão pela frente. Mais precisamente, escolher em qual faculdade vai estudar e descobrir como lidar com o impacto que essa resolução poderá ter em seu relacionamento com Peter. Lara Jean acompanhou de perto as consequências das decisões de Margot, e agora será sua vez de deixar para trás a família — e, possivelmente, o garoto que ama. Quando o coração e a cabeça dizem coisas diferentes, qual deles devemos ouvir?”

Apesar de entender e concordar em parte com vários fãs, não acho que esse terceiro livro é desnecessário, pelo contrário, será super divertido poder acompanhar o casamento do pai das meninas e quem sabe talvez mais aventuras da Margot, a caçula da família. Quanto as decisões românticas da Lara, bem, realmente se tornou um pouco cansativo no segundo livro, mas confio na Jenny e sei que a mesma nos proporcionará um belo final a essa série que cativa a cada dia mais leitores. ♥

Só para relembrar, o livro será lançado no Brasil pela Intrínseca simultaneamente com os Estados Unidos e está previsto para abril de 2017.

Para quem ainda não conhece a história,  já disponibilizei a resenha ilustrada dos dois livros no blog:

Para todos os garotos que já amei

P.S:. Ainda Amo Você

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Casei. E agora? – As Aventuras do Meu Descasamento – Tatiana Amaral

Oii, boa tarde leitores!

Final de semestre sempre acaba sendo um pouco cansativo e não sei se por ser meu último ano de Engenharia, parece que piora um pouco e diante dessa situação, precisava muito de um livro curto, cujo a leitura fosse fluida, engraçada e com um toque de romance. Pesquisei, pesquisei, perguntei a uma amiga e acabei sendo surpreendida com um livro que há tempos estava na minha lista de leitura. Estou para ler “Casei. E agora? – As aventuras do meu descasamento” desde que a promoção “Bombom de ler” começou e acabei deixando de lado, sabe quando você quer conhecer a história, mas outras vão aparecendo e sem perceber acaba esquecendo? Então, foi isso que aconteceu e Uau! Que livro, que história, eu amei, foi o livro certo na hora certa.

caseiresenha (1)

Cléo e John são noivos, ela o ama e tem a certeza de que é o homem da sua vida. O que não podia imaginar no entanto, era que o mesmo lhe faria uma proposta diferente. John lhe propõe que vivam durante um mês separados, que aproveitem o tempo para viver novas experiências, a ideia é que ambos ficassem solteiros e depois do período, poderiam se casar. Cléo é claro não concorda, ela acha absurdo um pedido desse, jamais se interessaria por outro homem e a ideia de que seu noivo ficasse com outra mulher era assustadora. Porém, depois de perceber que seu noivo não mudaria de ideia e por não querer se separar definitivamente, ela aceita. Muito triste com o ocorrido, decide viajar com suas amigas para Las Vegas.

caseiresenha (2)

A jovem está se sentindo muito mal, não vê a hora de voltar logo para casa, junto a seu noivo, no entanto, ela acaba conhecendo Douglas, um rapaz bonito e sedutor. E é em uma noite que ela acaba se deixando levar pelos sentimentos, se embebeda e junto com o mesmo, se casa. Sim, ela se casa.Diante desse ato impensável, eles vivem ora momentos bons, ora momentos de discussão. Cléo por ficar pensando em John e Douglas, por sentir saudades de sua ex, ex essa que o traiu e que ele não consegue parar de pensar, por ainda amá-la.

“O amor é muito diferente do que você acredita, Cléo. Quando você ama verdadeiramente alguém, nenhuma aventura ou experiência vale a pena. Não consegue imaginar essa pessoa com outra. Pode até se imaginar com alguém, sem conseguir por em prática, porque dói pensar que pode perder a pessoa amada, principalmente porque dói saber que causou dor a ela. Quando você ama alguém de verdade, todas as novas experiências que deseja adquirir serão sempre com ela, porque só ela será sempre o bastante, e ninguém mais.”

caseiresenha (3)

O novo casal concorda em se separar, mas o que era para ser simples e rápido, se torna complicado. Com o decorrer dos dias, um novo sentimento começa a surgir e com ele, o casal deve decidir se o divórcio realmente é a melhor opção e devem voltar para seus respectivos companheiros ou se querem se permitir viver uma nova experiência.

caseiresenha (4)

“Acredito que seja natural você se sentir perdida quando está em uma estrada estranha, porém necessária para a sua vida. Quando desejamos algo profundamente, somos forçados a andar pelos caminhos da incerteza e insegurança. O maior problema não é a falta de conhecimento ou familiaridade,mas sim a descoberta do quanto essa estrada é interessante, convidativa e principalmente, o quanto te faz esquecer o que desejou para alcançá-la, pois ela se torna o seu maior desejo”.

Ah, que livro adorável! Eu me diverti muito, a Cléo algumas vezes me deixou impaciente com suas atitudes e a maneira como concordou com a proposta do John, achei absurda, não acho que quem realmente quer se casar, precisa de um mês vivendo novas experiências, é tão contraditório, mas relevei. Quanto a Douglas, que homem bipolar, ora a trata com carinho, ora a ignora, depois as mulheres que são complicadas, haha. Eu adorei a história, a integração com os demais personagens, no caso, as amigas e amigos do casal e a família dele, penso até que uma continuação falando a respeito dos mesmos seria fantástica.

Ao começar a ler o livro, é difícil não imaginar qual será o desfecho, é um pouco previsível, ou pelo menos é o que a autora quer que o leitor pense e poxa, parabéns Tatiana, eu li o Epílogo e fiquei sem palavras, sério, me surpreendi, inclusive, lembrei do filme “O Turista”, achei que tem um quê do mesmo, digo em relação ao desfecho, rsrs.

Recomendo a todos que estão procurando por uma leitura leve, é um ótimo título para domingo à tarde, para curar ressacas literárias e/ou para acalmar a mente, rs.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

O Navio das Noivas – Jojo Moyes

Editora: Intrínsecaonavio

Páginas: 384

Austrália, 1946. É terminada a Segunda Guerra Mundial, chega o momento de retomar a vida e apostar novamente no amor. Mais de seiscentas mulheres embarcam em um navio com destino a Inglaterra para encontrar os soldados ingleses com quem se casaram durante o conflito.
Em Sydney, Austrália, quatro mulheres com personalidades fortes embarcam em uma extraordinária viagem a bordo do HMS Victoria, um porta-aviões que as levará, junto de outras noivas, armas, aeronaves e mil oficiais da Marinha, até a distante Inglaterra. As regras no navio são rígidas, mas o destino que reuniu todos ali, homens e mulheres atravessando mares, será implacável ao entrelaçar e modificar para sempre suas vidas.
Enquanto desbravam oceanos, os antigos amores e as promessas do passado parecem memórias distantes. Ao longo da viagem de seis semanas — apesar de permeada por medos, incertezas e esperanças — amizades são formadas, mistérios são revelados, destinos são selados e o felizes para sempre de outrora não é mais a garantia do futuro que foi planejado.
Com personagens únicas e uma narrativa tocante, Jojo Moyes conta uma história inesquecível que captura perfeitamente o espírito romântico e de aventura desse período da História, destacando a bravura de inúmeras mulheres que arriscaram tudo em busca de um sonho.

“O Navio das Noivas” foi inspirado na história da avó da autora, que fez a mesma travessia relatada no romance para reencontrar o marido no período pós-guerra, e cada capítulo traz citações não ficcionais de esposas e oficiais que viajaram nesses navios.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

A Bela e o Ferreiro – Tessa Dare

Editora: Gutenbergabela

Páginas: 144

Lançamento: 28/04/2016

Diana Highwood estava destinada a ter um casamento perfeito, digno de flores, seda, ouro e, no mínimo, com um duque ou um marquês. Isso era o que sua mãe, a Sra. Highwood, declarava, planejando toda a vida da filha com base na certeza de que ela conquistaria o coração de um nobre. Entretanto, o amor encontra Diana no local mais inesperado. Não nos bailes de debute em Londres, ou em carruagens, castelos e vales verdejantes… O homem por quem ela se apaixona é forte como ferro, belo como ouro e quente como brasa. E está em uma ferraria…
Envolvida em uma paixão proibida, a doce e frágil Diana está disposta a abandonar todas as suas chances de um casamento aristocrático para viver esse grande amor com Aaron Dawes e, finalmente, ter uma vida livre! Livre para fazer suas próprias escolhas e parar de viver sob a sombra dos desejos de sua mãe. Há, enfim, uma fagulha de esperança para uma vida plena e feliz. Mas serão um pobre ferreiro e sua forja o “felizes para sempre” de uma mulher que poderia ter qualquer coisa? Será que ambos estarão dispostos a arriscar tudo pelo amor e o desejo?

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Eu Digo Sim – Eliza Kennedy (Coleção Geração Ha)

Editora: RoccoEU_DIGO_SIM_1457357684568750SK1457357684B

Páginas: 368
No livro, a protagonista Lily Wilder parece levar uma vida de sonho: formada em direito e contratada por um grande escritório de advocacia, ela mora em Nova York e está prestes a se casar com o homem perfeito. Mas, conforme a data da cerimônia se aproxima, a jovem desconfia que será incapaz de manter-se fiel a alguém. Em Eu digo sim, livro de estreia de Eliza Kennedy, a autora mistura humor, drama e uma pitada de erotismo para descrever os sete dias que prometem mexer com a cabeça da protagonista.

A semana do casamento de Lillian Grace Wilder não se parece nem um pouco com um conto de fadas. Em vez da ansiedade pela troca de alianças diante dos convidados, a jovem advogada tem dúvidas se conseguirá ser feliz em uma relação monogâmica. E ela não está sozinha. A mãe, as duas madrastas, a avó e até Freddy, melhor amiga e dama de honra, estão certas de que Lily está prestes a cometer um grande erro. Enquanto isso, o noivo, Will, nem imagina que pode ser abandonado antes mesmo de subir ao altar.

Ao voltar para Key West, cidade da Flórida onde cresceu e planeja se casar, Lily precisa dividir seu tempo entre os preparativos da cerimônia e um processo envolvendo um dos maiores clientes do escritório em que trabalha. Entre um compromisso e outro, a advogada percorre bares na companhia de Freddy e aproveita para fazer uma das coisas que mais gosta: sexo, seja com o noivo ou com homens que acabou de conhecer. Dividida entre o prazer e a culpa, a protagonista se pergunta se ama Will de verdade ou está enganando a si mesma.

Atormentada por lembranças de sua adolescência e do primeiro amor, Lily decide ter uma conversa séria com Will. O que ela não podia imaginar é que ele também guardava alguns segredos. Seria o fim do relacionamento dos dois? Acompanhe até o último dia de uma semana que reserva surpresas, lágrimas e risadas para a protagonista e todos os que a cercam.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

A História de nós Dois – Dani Atkins

Editora: Arqueiroa historia de nos dois_17mm.indd

Páginas: 352

Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada.

Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela viajava explodisse.

Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara – a ponto de duvidar se deve se casar afinal.

Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou…

Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar?

Se interessou pela história?

Leia um trecho: A História de nós Dois.

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Entre o amor e a vingança – Sarah MacLean (Série O Clube dos Canalhas #1)

Oii, boa tarde leitores!

Terminando a semana com mais um romance de época,rs. A escolha da vez envolve o primeiro livro da série “O Clube dos Canalhas”, da autora Sarah MacLean. Confesso que demorei mais tempo do que pretendia, mas de certa forma é porque acabei “comparando” com a história de “Um Beijo Inesquecível”. Sim, sei que não devo comparar autoras e muito menos suas respectivas histórias, mas sabe quando você lê e fica imaginando que por ser do mesmo gênero, vai atrair tanto quanto? Isso que senti inicialmente, demorei para apreciar a leitura, mas depois acabou fluindo.

Michael Bourne perdeu os pais muito novo e por isso passou sua juventude com o Visconde de Langford. Desde muito novo manteve uma amizade com Thomas, o filho do mesmo e com Penélope. Os três eram inseparáveis e quando Michael se ausentou por conta dos estudos, Penélope manteve contato através de cartas.

Quando já estava na idade adulta, Michael resolveu apostar tudo que tinha em um jogo com seu guardião e acabou perdendo, inclusive a propriedade que os pais haviam lhe deixado. Foi exatamente naquele momento que ele percebeu que não podia contar com mais ninguém, foi descartado da sociedade e expulso do clube.  Com a decepção e a frustração, o jovem se tornou uma pessoa fria e prometeu a si que se vingaria de todos que o abandonaram.

Os anos se passaram e Michael conseguiu se reerguer, não passou um dia sem pensar na vingança contra Langford. Ao saber que o pai de Penélope estava com a propriedade que um dia havia lhe pertencido, ele soube que faria tudo para recuperá-la, inclusive casar se com a jovem, já que o elemento que lhe interessava fazia parte do dote.

Penélope sempre foi um exemplo de dama e sabia que seria simples conseguir um casamento e realmente estava tudo indo como planejado até descobrir que seu noivo era apaixonado por outra. É claro que não poderia aceitar uma situação dessa e simplesmente perdoá-lo, por isso o acordo foi desfeito e ela agora se encontrava sozinha, até havia recebido outras propostas de matrimônio, mas nenhuma que lhe agradasse. Por isso, seu pai já cansado da situação e tendo que casar mais duas filhas, resolveu colocar a propriedade de Bourne junto ao dote. Sabia que isso poderia ajudar a atrair mais pretendentes.

Foi o que realmente aconteceu, os pedidos começaram a chegar, inclusive de Thomas, mas Penélope não conseguia se imaginar casando com seu amigo. Enquanto refletia sobre o assunto, ela acabou esbarrando com um antigo contato, Michael e o que era para ser um momento feliz, se tornou triste e decepcionante. O mesmo só queria as propriedades do dote da jovem e faria de tudo para conseguir, até mesmo armar um escândalo e acabar com a reputação da mesma, se necessário.

Diante disso, Penélope acaba aceitando se casar com o homem que um dia foi seu amigo. Ela o faz pensando nas irmãs e na família. Conforme o tempo vai passando a jovem vai aos poucos tentando resgatar o sentimento que tiveram durante toda a infância e juntos vão perceber que o amor quando verdadeiro é mais forte do que a vingança.

entreresenhaentreresenha1entreresenha2

Eu achei adorável, o livro contém drama, humor e até aquelas cenas apaixonadas que nos fazem vibrar pelos personagens. O que é interessante também é que durante a história nos deparamos com as cartas que Penélope endereçou a  Michael, até mesmo as que não foram respondidas e/ou enviadas.

Apesar de ser um ótimo romance, há algo que não me deixou completamente apaixonada, não sei se foi por causa do final ser um pouco previsível ou o fato de como tudo começou, demorei a  aceitar as decisões de Penélope, rs. Mas eu recomendo sim, tanto que continuarei a ler os outros livros da série.

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Indiscreta – Candace Camp

Bom dia leitores!

A resenha de hoje envolve mais um romance histórico!

Conheci a Candace Camp anos atrás através da trilogia “Os Aincourt”. Me apaixonei pelo estilo da escrita e também por ser de um dos gêneros que mais aprecio.

Era para ser uma viagem tranquila. Camilla estava planejando a melhor maneira de lidar com sua tia, a mesma estava fazendo de tudo para que a sobrinha revelasse a verdade ao avô sobre o noivado falso.

Inicialmente a jovem tivera essa ideia pois não aceitaria ver seu amado avô tendo mais um ataque de apoplexia e imaginou que se contasse que estava bem e que iria se casar, ele se sentiria melhor e não se preocuparia tanto com ela. E realmente era uma ótima solução, só não imaginava que a tia fosse ser capaz de desmascará-la por causa de dinheiro.

Durante a viagem, Camilla se depara com uma tempestade forte e decide ajudar o cocheiro. O mesmo é claro se espanta ao ver a jovem descer da carruagem e mesmo com neve em seus pés, querer ajudar, mas acaba aceitando. Quando estão prosseguindo ocorre um tiroteio. E é dessa maneira que Camilla acaba conhecendo Benedict.

Apesar de não saber quem é ao certo, Camilla se rende ao fato de precisar de ajuda do estranho e depois de muita discussão, aceita que o mesmo finja ser seu noivo. Ela toma essa atitude pois no momento é a melhor solução, mas é claro que estabelece regras e propõe uma quantia ao rapaz.

Benedict inicialmente não é totalmente favorável a ideia de se tornar noivo, mesmo que de mentira, mas acaba concordando. Esse acordo só lhe traria vantagens e o possibilitaria obter mais informações, seria muito mais fácil investigar sobre corrupção estando em Chevington Park, a propriedade da família da jovem.

Camilla e Benedict permanecem juntos, só que cada um seguindo seus respectivos interesses. Mal sabiam eles que um sentimento poderia nascer e que dependeria apenas deles decidirem acabar com a farsa e cada um seguir com a própria vida ou lutarem juntos a favor do coração.

indiscreta

indiscreta

O que mais gostei desse romance foi que a mocinha não é mais uma jovem indefesa esperando o príncipe encantado, pelo contrário, ela é bem decidida e independente, casamento nem sequer é prioridade.

A leitura é bem fluida, uma daquelas histórias para se ler no domingo à tarde. Além do romance em si, o que me atraiu foi o mistério por trás de Benedict e a maneira como ele consegue lidar com os sentimentos, em momento algum tenta se aproveitar de Camilla.

Boa leitura, beijos! ♥

RESENHAS

Segredos de uma noite de verão – Lisa Kleypas (Série As Quatro Estações do Amor #1)

Oii, boa tarde leitores!

Há algumas semanas eu tive uma ressaca literária, chegou de repente e não queria ir embora, o que acabou acarretando em uma leitura vagarosa e pouco proveitosa. Estava super curiosa quanto aos livros da autora Lisa Kleypas e antes da ressaca começar, resolvi que era uma boa hora para ler. Escolhi “Segredos de uma noite de verão”, adoro o gênero e achei que seria uma boa pedida.

Inicialmente eu não estava gostando tanto, mas isso é claro que por conta do impedimento literário, mas aos poucos fui insistindo e não é que gostei. Me diverti muito com a Anabelle e o Simon, torci demais para que ficassem juntos no final.

O prólogo já começa instigando o leitor,rs:

“Embora Annabelle Peyton tivesse sido avisada a vida inteira de que nunca recebesse dinheiro de estranhos, um dia ela abriu uma exceção… E logo descobriu por que deveria ter ouvido o conselho da mãe.

Anabelle Peyton é uma jovem que quer se casar por amor. Sem um dote e com problemas financeiros na família, sabe que talvez isso não ocorra. Ela frequenta os bailes em busca de um bom partido, mas acaba sempre sentada, ninguém a convida para dançar. Em um dos bailes, ela conhece três jovens que assim como ela, estão cansadas de esperarem por um príncipe encantado. Juntas, começam a arquitetar um plano para que todas arrumem um par, um bom casamento e a primeira a ser contemplada é Anabelle.

Logo no início, a jovem se encanta por Simon, mas o encantamento dura pouco quando a mesma percebe que além dele não ser da alta aristocracia, somente a quer como amante e não tem interesse em se casar.

Seguindo o plano, as amigas conseguem um convite para a festa na propriedade do Hampshire e é por lá que encontram o cavalheiro perfeito: Lorde Kendall. A partir desse momento Anabelle começa a conquistar dia a dia seu pretendente, sempre se comportando de uma maneira que não pareça que está desesperada para casar.

Além do Lorde, Simon também foi convidado para a festa. E conforme o tempo vai passando, Anabelle fica dividida entre uma paixão fatal com Simon ou uma relação confortável e de prestígio com Lorde Kendall.

É mais do que apenas uma simples escolha, ela tem que pensar na sua família e também na sua reputação. Enquanto Kendall representa segurança e tudo que ela sempre quis, Simon é o oposto, é o símbolo de uma vida sem prestígio, onde ela seria apenas uma amante.

segredos

segredos1segredos2

Que história adorável, já estou ansiosa para ler o segundo livro que será lançado agora em fevereiro pela Editora Arqueiro. Ah, o livro tem alguns trechos hot, mas não é nada tão prolongado.

Não estou participando de nenhum desafio literário, mas se estivesse esse seria um título ótimo para “Livros que seguem a estação”, rs. Fica a dica! 😉

Boa leitura, beijos! ♥