RESENHAS

Sobre o Amor e Outras Manias – Leonardo Santaroli e Victor Soares

Oii, bom dia leitores!

A resenha de hoje envolve o livro  “Sobre o Amor e Outras Manias”, escrito pelo Leonardo Santaroli e ilustrado pelo Victor Soares.

O livro é o primeiro do selo Rodapé, selo este, que se dedica a livros do segmento infanto-juvenil, com foco em jovens autores que expressam o seu talento por meio das palavras, despertando empatia em seus leitores.

O título é repleto de textos que possuem como tema central, o amor. A cada página, somos envolvidos pelas doces palavras do autor, que nos mostra as diversas facetas do respectivo sentimento.

No decorrer da vida, somos embalados por muitas histórias de amor, desde as dos nossos pais, avós, tios e demais familiares, que nos inspiram e formam uma base do que consideramos um “amor ideal”; até os dos nossos amigos, quantas ligações, cartas (sou desse tempo, haha), e-mails e mensagens trocamos tanto para compartilhar sorrisos em momentos felizes, como para emprestar um ombro amigo em momentos nem tão agradáveis; até as nossas próprias, o primeiro amor, a primeira decepção até realmente encontrarmos alguém que nos adicione, sim, prefiro utilizar esta palavra do que complete, pois acredito que somos todos completos e que um parceiro/parceira vem para nos acrescentar. Além é claro do amor que visualizamos nos filmes, séries, livros e propagandas. Onde quero chegar? Bem, senti um vínculo com o autor a cada texto que li e penso que isso ocorreu devido as referências que tenho envolvendo o amor, foi uma sensação única, pois, mesmo não sendo tão sentimental e não ter vivenciado muitas paixões e amores, eu consegui ligar alguns dos acontecimentos narrados a filmes, histórias contadas por amigos e até mesmo músicas e tenho certeza que cada leitor que realizar a leitura deste título terá uma experiência diferente, se identificando mais ou menos com o conjunto de palavras.

Crescemos idealizando o amor, achando que o mesmo será encontrado igual nos contos de fada, de forma rápida e perfeita, e apesar de haver uma mínima porcentagem que indica que poderá sim, em sua grande maioria, isso não acontece. O amor vem aos poucos, é mais do que o físico, é algo espiritual que resiste ao dia-a-dia e as adversidades, é um pedido de desculpas ao final de uma discussão intensa, um sorriso depois de muito choro, um silêncio e/ou uma palavra no momento certo e até mesmo o saber ceder às vezes.

Eu li o livro duas vezes, sendo que da primeira vez o fiz de forma ordenada e na segunda, simplesmente me deixei levar pela aleatoriedade. É o típico livro para se deixar na cabeceira e ir apreciando aos poucos.

Não há como finalizar esta resenha, sem mencionar a diagramação. Me apaixonei pela mesma desde o primeiro momento, a arte de capa é linda; os traços das ilustrações são delicados e as fontes foram muito bem combinadas. O papel utilizado na confecção da edição foi o pólen bold 75g, uma folha mais grossa e amarelinha, que facilita o manuseio e torna a leitura mais agradável.

Boa leitura, beijos! ♥

ALEATORIEDADES

OMG! Foi divulgado o trailer da quarta e última temporada de Skam

Oii, boa tarde leitores!

Conheci a série Skam ano passado e fiquei tão apaixonada que desde então venho acompanhando as redes sociais em busca de notícias da quarta temporada. E hoje, não é que fui surpreendida com o trailer 😍 😍 😍 Para minha completa felicidade , o foco desta temporada será a personagem Sana, a amiga muçulmana de Eva e Noora. Ainda não consegui lidar com o fato de que será a última temporada, vou sentir tanta saudade e confesso que esperava que fosse conhecer melhor sobre os demais personagens 😭

A nova temporada começará nesta segunda, dia 10 de abril, às 13h28. Agora é preparar a pipoca, as gordices e esperar para que seja traduzida rapidamente, hihi ❤

Que trailer impactante, já nem sei mais se assisto um episódio por vez ou se espero o lançamento de alguns e faço uma maratona.

Para quem ainda não conhece a série, basta clicar aqui para ler o post que fiz o ano passado e para os que acompanham, o que acharam da notícia? Ficaram tão animados quanto eu em relação a Sana? Me contem nos comentários!

Beijos!

SÉRIES/FILMES

Skam: a série que você ainda vai ouvir falar muito

Já faz algum tempo que não acompanho nenhuma série, porém ao conhecer a websérie norueguesa “Skam”, a realidade mudou e acabei fazendo uma maratona durante o final de semana, haha! Conheci a mesma através do blog da Bruna Vieira e desde então venho acompanhando os episódios. Me apaixonei pelos personagens, pelo cenário, pela trama, trilha sonora e os diálogos.

“Skam” é uma série que aborda o cotidiano de um grupo de jovens que vive no subúrbio de Oslo. Os mesmos estudam na escola secundária Hartvig Nissen.

A cada episódio são discutidos assuntos de extrema importância como feminismo, sexualidade, religião e outros que compõem a adolescência.

Por enquanto foram lançadas três temporadas, eu já assisti as duas primeiras, sendo a primeira focada na personagem de Eva e a segunda de Noora. A quarta está prevista para ser lançada no primeiro semestre de 2017  \o/

A série está começando a se espalhar pelo mundo, a cada dia vejo um novo comentário, penso que isso se deve a maneira como são abordados os assuntos nos diálogos, são muito bem pensados e discutidos de tal maneira que você acaba refletindo junto e até se identifica com algumas situações. Durante os episódios é possível acompanhar o amadurecimento de cada personagem, história de jovens que lutam pelos seus ideias, com pontos de vista intensos, é fantástico!

Outro ponto forte é poder conhecer um novo pais através dos cenários, da cultura e até mesmo da moda. Eu me apaixonei pelo estilo das meninas, principalmente pelo da Noora, me identifiquei muito com o batom vermelho e suas roupas, rs.

skam
Reprodução/Facebook

Reprodução/ Facebook

Um grande diferencial que não posso deixar de mencionar é a respeito das redes sociais dos personagens, SIIIIIM, eles possuem e nós podemos seguir :O É tão empolgante, porque enquanto é gravada a série, podemos acompanhar de pertinho o que está acontecendo no dia a dia deles.

View this post on Instagram

❤️

A post shared by Noora Sætre (@loglady99) on

 

Não basta a série ser boa, tem que ter uma trilha sonora impactante 👏 ❤

 

Mais informações:

Site Oficial

Facebook SKAM Brasil

 

Para finalizar, quem assim como eu ficou curioso para conhecer melhor o idioma, há no Duolingo a opção de se aprender Norueguês através do Inglês, ou seja, são apresentados frases e palavras em inglês para que sejam traduzidas para o norueguês. Eu comecei a fazer e estou muito animada, é claro que estou sentindo dificuldade devido a pronúncia, mas só de aprender algumas palavras que os personagens utilizam frequentemente e conseguir compreender já é maravilhoso!

Espero que gostem tanto quanto eu gostei!

Boa série, beijos! ♥

RESENHAS

Tá Todo Mundo Mal – Jout Jout

Oii, boa tarde leitores!

Sabe quando você baixa um trecho ou capítulo de um livro somente para sentir a atmosfera da história e acaba sem querer lendo a obra toda? Pois é, foi isso que aconteceu comigo, eu nem sequer senti o tempo passar.

Julia Tolezano ou Jout Jout, como é mais conhecida, reúne em seu livro, textos que falam sobre crises pelas quais viveu, desde a adolescência até os dias atuais e o faz de tal maneira que o leitor se identifica com as situações.

“O interessante é que, quando estou solteira, algo acontece no meu corpo que me faz buscar pessoas desastrosas para fincar ao meu lado. O indivíduo pode ser o oposto do que eu considero aceitável, mas eu me apego de uma forma!
Dodô* certa vez definiu esse meu estado com a seguinte frase: se uma palmeira demonstrar algum interesse por Julia, ela se apaixona pela palmeira. Não podia estar mais correto. E esse, inclusive, é o gatilho de muitas crises.”

São textos curtos e fluidos que nos arrancam risadas e reflexões. É o típico livro que atrai a atenção do começo ao fim de uma maneira que fica difícil abandonar a leitura sem ter chegado ao desfecho.

“Você vai descobrindo que os talentos de uma pessoa nem sempre se resumem a ser bom em cálculo, ter boa memória ou desenhar bem. Às vezes você é muito bom em ser gentil, em observar as coisas, em seguir sua intuição. Às vezes você é bom em coisas que não cabem em um currículo. Todo emprego que consegui até hoje foi por meio de cartas, entrevistas, conversas e cafezinhos. Nunca cheguei nem perto de passar em um processo seletivo de trainee. Inclusive, que preguiça desses processos. Um monte de gente numa gincana ridícula de adultos tentando derrotar o amigo ao lado com um sorriso dissimulado no rosto e fingindo ter qualidades que alguém falou que seriam bem avaliadas por aquela empresa.”

Achei super interessante a ideia de publicar uma obra com essa premissa, inclusive a Jout Jout até explica que quando foi chamada para escrever um livro não sabia ao certo o que abordar, imaginou que seria apenas mais uma youtuber famosa lançando sua obra. A ideia de contar sobre suas crises foi realmente fantástica, segundo a autora, escrever o livro foi uma  grande crise generalizada e penso que muitos leitores ao terminarem de ler, vão ter vontade de escrever sobre suas crises. Eu sou uma leitora que adora ouvir histórias, sempre gostei, são elas que contam um pouco quem somos e o que já vivemos e seria incrível poder ler sobre as crises das pessoas, seus medos, sonhos, porque todo mundo tem algo a contar.

tatodo

“Tema livre é uma das coisas piores que pode acontecer com um aluno. Não tem como começar a escrever antes de uma hora de tentativas falhas, incertezas, coceiras, suor frio, para no final você acabar escrevendo sobre a importância da chuva mesmo e sair correndo para ficar em posição fetal em casa.”

tatatodomundo

“Você não precisa ser a melhor amiga o tempo todo, a que faz tudo que é preciso para ser a melhor amiga do mundo o tempo todo para todo mundo. Você pode não querer fazer uma coisa ou outra. Não tem problema. Mas tem que bancar as suas decisões.”

Jout Jout, sua linda, preciso urgente de uma continuação, você consegue cativar o leitor independente do assunto que aborda, é incrível! Parabéns!

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Sonetos de amor – Luís Vaz de Camões

Editora: Penguin Companhia das Letrassonetos

Páginas: 72

Lançamento: 23/05/2016

Os amantes da melhor literatura têm um motivo a mais para celebrar: esta belíssima edição, com uma seleção dos melhores sonetos camonianos sobre o amor. Líricos, eletrizantes e insuperáveis, textos do autor de Os Lusíadas auscultam, a partir da forma poética difundida por Francesco Petrarca (o italiano reputado como o inventor do soneto), o coração de leitores apaixonados.
“Luís de Camões amou muito, sofreu muito, teve gozo no seu sofrimento e escreveu dezenas de sonetos (e canções, elegias, odes etc.) numa repetida tentativa de entender o que era essa coisa simultaneamente terrível e sublime”, escreve Richard Zenith na esclarecedora introdução ao volume.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Amor À Moda Antiga – Fabrício Carpinejar

Editora: Belas-Letrasamor

Páginas: 104

Lançamento: 26/05/2016

Em seu aniversário de 43 anos, Fabrício Carpinejar ganhou de presente uma velha máquina de escrever Olivetti Lettera 82 verde-esmeralda. Desde esse dia, ele se dedica a escrever nela poemas de amor e a guardá-los como um inventário de seus sentimentos e emoções ao longo de sua carreira. Pela primeira vez, a Belas-Letras publica esses poemas exatamente como os originais foram enviados à editora, em maços de papel despachados pelos Correios, sem nenhum tipo de correção ortográfica, edição ou retoques, inclusive com as próprias anotações à mão feitas pelo próprio Carpinejar. Todos os textos de Amor à Moda Antiga (inclusive este) foram originalmente escritos em máquina de escrever. O resultado é um livro orgânico, singelo e apaixonadamente imperfeito, exatamente como o amor é.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

As Coisas Mais Legais do Mundo – Karol Pinheiro

Editora: Veruskarol

Páginas: 144

Lançamento: 13/06/2016

Do blog para as suas mãos: 100 textos inéditos e cheios de inspiração sobre amores, desamores e mais, muito mais!
Ela prefere os dias nublados. Gosta de ficar sozinha, mas tem amigos da vida inteira. No trânsito, tem mania de olhar para os carros parados ao lado e imaginar o que as pessoas estão pensando. Curte cada minuto da casa nova (onde mora sozinha!) e se pergunta onde foi que as pessoas esconderam os sentimentos escancarados. Em seu primeiro livro, Karol Pinheiro convida você a olhar o mundo pelos olhos dela. De um jeito doce que às vezes pode ser bem ácido, a blogueira fala de amor, beleza, desejos, mentiras, frustrações, família, manias, cachorrinhos de estimação, sobremesas e avós de cabelos branquinhos. Fala de sentimentos, mas também fala de coisas. Afinal, a vida da gente não é feita só de poesia. Com leveza e inteligência, Karol compartilha com você as suas impressões sobre ser, ter e sentir. No teclado dessa jovem escritora, as situações do cotidiano se transformam em textos lindos que vão fazer você se perguntar por que nunca tinha olhado em volta com tanta sensibilidade. Cada um dos textos termina com um desafio da Karol. Tudo que ela quer, agora, é que você abra a sua mente (e o seu coração) para as coisas mais legais do mundo!

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

Dor de amor tem jeito: Como sobreviver ao amor, suas reviravoltas e confusões sentimentais – André Carlos Massolini

Editora: Gente978-85-452-0021-5

Páginas: 160

Seus amores começam como romance épico e terminam como filme de terror?

Tem gente que parece ter o dom de se ferrar no amor, ou melhor, apostar todas as fichas em algo sem futuro. Tudo acaba e sabe o que resta? Você. Sofrendo mais uma vez por ter se deixado levar por um relacionamento sem potencial e se perguntando o que há de tão errado com você. Será que dá pra sair disso? Dessa mania de seguir sempre o mesmo roteiro dolorido?

André Massolini vai mostrar que sim, dor de amor tem jeito. Esse filósofo que conquistou milhares de fãs com seu canal Ponto de vista, do YouTube, veio trazer compreensão e muito mais do que um ombro amigo para chorar: a chave para finalmente fechar essa história mal resolvida e conseguir, de uma vez por todas, não só superar o sofrimento e as mágoas, mas se tornar inteiro e feliz – como sempre deveria ter sido!

Ninguém merece sentir que é um fracasso completo nem merece colher migalhas de afeto. Melhor do que uma sessão de terapia, este livro trará os conselhos e as respostas para que você experimente o alívio e recupere a dignidade que sentiu ser levada por outro alguém.

Resgate a si mesmo e venha experimentar a felicidade!

Se interessou pela história?

Leia um trecho: Dor de amor tem jeito.

Boa leitura, beijos! ♥

SINOPSES

A Matemática do Amor: Padrões e provas na busca da equação definitiva – Hannah Fry

Editora: Alaúdedownload

Páginas: 144

Comprar

Quais as probabilidades de encontrar o amor? Como funcionam os sites de namoro? Quando começar a pensar em casamento? Qual a chance de ele durar para sempre?
Em A matemática do amor, a doutora Hannah Fry conduz o leitor por uma fascinante jornada entre padrões que regem a vida amorosa e prova – com sabedoria e bom humor – que a matemática é uma poderosa ferramenta para desvendar os complicados, irritantes, enigmáticos e intrigantes padrões do amor.

Boa leitura, beijos! ♥