SÉRIES/FILMES

Girlboss e a crise dos vinte e poucos anos

Oii, boa noite leitores!

Aproveitei o fim de semana para assistir a nova série da Netflix, “Girlboss”.

A mesma foi baseada no livro da Sophia Amoruso, uma jovem que revirou lixeiras para se alimentar, que chegou a roubar e que passou por muitos altos e baixos para ter seu sonho concretizado.

Já li o livro da autora e estava super empolgada para assistir a série, lembro que ao finalizar a leitura do livro me senti muito inspirada e com a adaptação não foi diferente.

Estou escrevendo este pequeno review minutos depois de assistir ao último episódio e somente consigo pensar na tal crise dos vinte e poucos anos que todos nós passamos na vida e acredite, se ainda não passou, passará!

Sophia não tem apoio familiar, foi abandonada pela mãe quando tinha apenas doze anos e possui uma figura paterna bem conservadora. Devido a isto, por vezes se sente desconfortável, pois não consegue se imaginar fazendo uma faculdade e seguindo a mesma trajetória que muitas pessoas seguem e que seu pai insiste que deva também. Cansada do clima tenso, a jovem decide então deixar a casa do pai e morar sozinha, contudo, por não gostar dos tais empregos tradicionais, não se mantem em um único por muito tempo e somente sente que pode ser feliz e começa a compreender a vida quando descobre sua verdadeira paixão. Ela descobre o que lhe faz feliz ao acaso, porém não é por acaso que persiste e apesar dos inúmeros momentos difíceis, decide que não pode desistir. Sua paixão tem nome e sobrenome: Nasty Gal, uma empresa, cujo o intuito inicial é reformar e vender roupas vintage pelo eBay.

Em meio a conflitos com outros vendedores do eBay, uma personalidade extremamente forte e muita paixão, Sophia mostra que quando se está acompanhado com amigos e muita garra, não há nada que atrapalhe um negócio.

O mundo está mudando, mas ainda assim há uma enorme pressão acerca de como devemos agir e prosseguir a respeito da profissão e é tão cansativo ter que provar seu valor e a todo momento seguir o que a sociedade quer. Chegamos aos vinte e poucos anos, achando que nossa vida deve ser perfeita, que devemos estar plenamente felizes com carreira, relacionamento e com nós mesmos e nem sempre isso acontece e não deve ser visto como algo ruim, pelo contrário, pessoas são diferentes (ainda bem, imagina que chato um mundo repleto de seres totalmente idênticos) e cada um sabe ou acaba descobrindo qual o seu destino e qual o melhor caminho traçar, portanto sociedade, por favor, pare de achar que para ser feliz é necessário ter um emprego formal durante todo o dia e toda a semana e que é necessário estar casado e com filhos até determinada idade. Penso que para algumas pessoas essa ideia realmente funciona, assim como fazer faculdade, intercâmbio e afins, mas para outras como nossa querida Sophia não, portanto é fundamental o respeito e o apoio em ambos os casos. Além da pressão que a sociedade exerce, há uma ainda maior que é a que nós mesmos impomos e essa se não for controlada pode acabar com os sonhos, antes mesmos deles se concretizarem.

Meu conselho para quem se sente um tanto quanto perdido é sempre seguir o coração, estar cercada da família, dos amigos e pessoas que lhe querem bem e que vão lhe apoiar, porque todos possuem um destaque que quando encontrado proporciona momentos únicos e o tal frio na barriga.

Foi muito emocionante a cena que a Sophia vendeu sua primeira roupa, está estampado em seu rosto a alegria de ter acertado e perceber que encontrou algo que gosta, realmente é uma sensação ímpar.

Torço muito para que consigam sentir isso, pois eu já senti com o blog e com a área de TI que pretendo seguir e posso afirmar que é maravilhoso!

Logo no início da adaptação há uma observação de que a mesma não será completamente fiel e apesar do roteiro possuir alguns pontos falhos, eu gostei. Não costumo assistir muitas séries e o fato desta possuir apenas treze episódios de mais ou menos 20 minutos, me empolgou. Adorei a escolha dos atores/atrizes, os looks e cenários apresentados são lindos e a trilha sonora maravilhosa, para quem deseja conhecê-la, basta clicar aqui! Ah, não poderia deixar de mencionar o quanto gostei da participação do RuPaul, ele é demais, hihi

Leiam o livro e assistam a série, tenho certeza que vão se sentir inspirados e gostarão tanto quanto eu gostei!

Beijos ♥

SÉRIES/FILMES

Precisamos falar de “Big Little Lies”

Oii, bom dia leitores!

A resenha deste mês do projeto “Quatro por 4” envolveu o livro “Pequenas Grandes Mentiras”, da Liane Moriarty.  Eu finalizei a leitura durante uma madrugada e fiquei por dias pensando no enredo, são histórias de vida de mulheres emponderadas, fortes e que muitas vezes se camuflam para não deixarem suas fraquezas expostas para os filhos, maridos e demais pessoas que pensam que sabem tudo sobre suas vidas “perfeitas”.

Depois de ter finalizado a leitura e com a resenha já publicada, decidi assistir a série e convidei minha mãe, até porque compartilho todas as leituras com ela, sempre faço um resuminho e por sorte, dessa vez não revelei o desfecho, hihi.

Com a pipoca do lado, começamos a assistir e como são apenas sete episódios, decidimos assistir um por dia, porém ontem estávamos no penúltimo, não resistimos e assistimos ao último também, rs. Durante os episódios fui atualizando ela com os detalhes que não constavam na série e que estavam presentes no livro, tanto os mais irrelevantes, como os mais importantes e ao finalizar, senti que precisava compartilhar com vocês acerca do que achei e até debater, penso que “Big Little Lies” é uma história que deve ser discutida, pois envolve assuntos extremamente sérios.

Enredo

A história de uma maneira geral se mantém fiel, mas confesso que me frustrei quanto a alguns momentos, comportamentos e cenas que foram alteradas e/ou cortadas. Compreendo que por ser uma adaptação isso acontece, mas ficaram algumas frestas, há algumas situações que não foram tão exploradas e explicadas como no livro que podem acabar confundindo as pessoas que não leram, enquanto outras foram adicionadas e que ao meu ver, não tinham tanta necessidade. Como por exemplo o desfecho e uma traição, que não consegui aceitar de maneira alguma.

Eu tinha imaginado os personagens de uma maneira totalmente diferente, mas gostei da escolha dos atores/atrizes, a atuação dos mesmos foi genial! Você sente a angústia, medo, anseios, alegrias e se coloca no lugar de cada um. Um dos momentos que mais me senti próxima foi a cena final, aquele aperto no coração, o querer ajudar e se colocar na situação, é uma cena onde a sororidade impera.

Há muitas cenas que envolvem a violência doméstica e penso que a forma com que foi exposta é exatamente para impactar e gerar discussão, infelizmente muitas mulheres sofrem diariamente e se mantêm quietas, seja por medo do companheiro, por não querer aceitar a situação e tentar se convencer que é apenas um momento e que vai passar ou até mesmo a preocupação de não ter para onde ir.

Outro assunto que foi muito discutido durante todo o enredo foi o bullying, tanto o lado de quem sofre, como o lado de quem pratica.

“Crianças são/podem ser muito cruéis”, quem nunca ouviu essa frase? Pois saiba que se isso acontece é porque há uma explicação e na série é explorado o por que de tal personagem fazer o que faz, sei o quanto é difícil e dolorido para quem sofre o ato, quantas pessoas não crescem com um trauma interno e acabam desenvolvendo problemas de auto estima e personalidade, porém devo abordar também que quem pratica, apesar de tentar manter a imagem de superior, de que se sente bem fazendo o que faz, às vezes até passa a sensação de que se diverte, também sofre e acaba escondendo em si o real motivo que o leva a fazer.

Trilha Sonora

Ah, a trilha sonora! Que bela seleção de músicas e o mais adorável é que muitas delas são escolhidas pela filha de Madeline, uma mocinha alegre e apaixonada por músicas. Fiquei tão envolvida com a trilha que não resisti e estou ouvindo enquanto escrevo este post. A história ganhou um quê a mais com esse fundo musical, somos envolvidos desde a primeira, sim, a música de abertura até a última.

Ficaram curiosos? Se sim, não fiquem mais, abaixo disponibilizei o link para a playlist do Spotify

 

Ambientação

Além da trilha, o que cativa o leitor é o ambiente tanto interno quanto externo, a casa das personagens é de deixar qualquer um sem palavras, são fabulosas e as paisagens, nossa, verdadeiras obras da natureza. Que maravilhoso seria poder acordar e se deparar com o mar a frente.

Moda

Não poderia deixar de mencionar o guarda-roupa das personagens, que envolve desde combinações mais clássicas até as mais modernas, uma ótima fonte de inspiração para quando se está em dúvida do que vestir. Cada personagem possui um estilo marcante, dificilmente não se identificará com algum deles, hihi.

Para finalizar, deixo minha opinião final, se eu recomendo? Com certeza! Mas com uma ressalva, leia antes o livro, pois desta maneira compreenderá muito melhor o enredo e também porque poderemos debater sobre a obra, hehe. Estou tão empolgada para conversar sobre as semelhanças, diferenças e acerca de algumas situações e assuntos discutidos.

Beijos! ❤

SÉRIES/FILMES

Skam: a série que você ainda vai ouvir falar muito

Já faz algum tempo que não acompanho nenhuma série, porém ao conhecer a websérie norueguesa “Skam”, a realidade mudou e acabei fazendo uma maratona durante o final de semana, haha! Conheci a mesma através do blog da Bruna Vieira e desde então venho acompanhando os episódios. Me apaixonei pelos personagens, pelo cenário, pela trama, trilha sonora e os diálogos.

“Skam” é uma série que aborda o cotidiano de um grupo de jovens que vive no subúrbio de Oslo. Os mesmos estudam na escola secundária Hartvig Nissen.

A cada episódio são discutidos assuntos de extrema importância como feminismo, sexualidade, religião e outros que compõem a adolescência.

Por enquanto foram lançadas três temporadas, eu já assisti as duas primeiras, sendo a primeira focada na personagem de Eva e a segunda de Noora. A quarta está prevista para ser lançada no primeiro semestre de 2017  \o/

A série está começando a se espalhar pelo mundo, a cada dia vejo um novo comentário, penso que isso se deve a maneira como são abordados os assuntos nos diálogos, são muito bem pensados e discutidos de tal maneira que você acaba refletindo junto e até se identifica com algumas situações. Durante os episódios é possível acompanhar o amadurecimento de cada personagem, história de jovens que lutam pelos seus ideias, com pontos de vista intensos, é fantástico!

Outro ponto forte é poder conhecer um novo pais através dos cenários, da cultura e até mesmo da moda. Eu me apaixonei pelo estilo das meninas, principalmente pelo da Noora, me identifiquei muito com o batom vermelho e suas roupas, rs.

skam
Reprodução/Facebook

Reprodução/ Facebook

Um grande diferencial que não posso deixar de mencionar é a respeito das redes sociais dos personagens, SIIIIIM, eles possuem e nós podemos seguir :O É tão empolgante, porque enquanto é gravada a série, podemos acompanhar de pertinho o que está acontecendo no dia a dia deles.

View this post on Instagram

❤️

A post shared by Noora Sætre (@loglady99) on

 

Não basta a série ser boa, tem que ter uma trilha sonora impactante 👏 ❤

 

Mais informações:

Site Oficial

Facebook SKAM Brasil

 

Para finalizar, quem assim como eu ficou curioso para conhecer melhor o idioma, há no Duolingo a opção de se aprender Norueguês através do Inglês, ou seja, são apresentados frases e palavras em inglês para que sejam traduzidas para o norueguês. Eu comecei a fazer e estou muito animada, é claro que estou sentindo dificuldade devido a pronúncia, mas só de aprender algumas palavras que os personagens utilizam frequentemente e conseguir compreender já é maravilhoso!

Espero que gostem tanto quanto eu gostei!

Boa série, beijos! ♥

SÉRIES/FILMES

Foi divulgado o trailer do filme “O Escaravelho do Diabo”

Oi, boa tarde leitores!

Foi divulgado essa semana o trailer do filme “O Escaravelho do Diabo”. Para quem não conhece, o livro no qual o filme foi baseado é um grande clássico da Série Vaga-Lume. Eu já conheço a história e fora algumas modificações que fizeram, o que é normal por ser uma adaptação, fiquei bem interessada. O filme está previsto para ser lançado dia 14 de abril.

E aí, gostaram do trailer? Ansiosos? Espero que depois desse seja lançado outros filmes baseados em livros nacionais, como por exemplo os da série “Os Karas”, do Pedro Bandeira.

Beijos! ♥

SÉRIES/FILMES

Finalmente assisti a série “Shadowhunters”

Oii, boa tarde leitores!

Finalmente assisti ao primeiro episódio de Shadowhunters. \o/

9b0dbeac-91a8-4464-9079-861f2891cf50

Imagem: Shadowhunters TV

Vou escrever de forma bem concisa minha opinião. Inicialmente me senti um pouco confusa, li o primeiro livro da série “Instrumentos Mortais” há muito tempo e cheguei a pensar que pudesse estar confundindo alguns fatos, mas depois de pesquisar resenhas de outros blogueiros sobre o episódio em si percebi que não estava, realmente a série não começa tão fiel, o contexto geral até segue um padrão, mas é difícil se envolver se partir do pressuposto que é totalmente baseada nos livros. O que me incomodou também é a escolha dos autores, não acho que combine com a descrição que a autora expôs nos livros.

No geral eu até que gostei do roteiro criado, fiz o que costumo fazer quando assisto a filmes relacionados a livros, esqueci que são ligados, pensei na série de uma forma isolada, como se a história estivesse sendo contada pela primeira vez e apesar de algumas cenas serem um pouco forçadas, vou continuar assistindo e torcendo para que melhore,rs.

Mais alguém já assistiu? Se sim, gostou? Me conte o que acharam!

Beijos! ♥

SÉRIES/FILMES

Hoje é o grande dia da estréia da série Shadowhunters

Ebaaaa, hoje é o grande dia da estréia da série Shadowhunters! O melhor é que apesar de ser apenas nos Eua, graças a Netflix poderemos acompanhar amanhã. Eu já li o livro e assisti ao filme, espero muito que a série seja fiel e que nos surpreenda, estou super curiosa e vocês?

291184

Clary Fray é uma adolescente de 15 anos que, sem querer, presencia o acontecimento de um crime. Mas este não é um crime como outro qualquer: três adolescentes cobertos com tatuagens estranhas são os responsáveis pelo assassinato, executado com armas que Clary nunca viu antes. Antes de ela conseguir fazer alguma coisa, os três justiceiros se apresentam para ela: Jace, Alec e Isabelle são Caçadores de Sombras, responsáveis por proteger o mundo de vampiros, lobisomens e monstros que querem fazer o mal.

Para mais informações:

Site Freeform.

SÉRIES/FILMES

Sexta e última temporada de Downton Abbey já tem data de estréia no Brasil

O Canal GNT já está anunciando a sexta temporada de Downton Abbey, infelizmente será a última temporada. Está previsto para começar dia 9 de Janeiro às 22h30, não percam! E além do canal GNT, vai ser transmitido pelo canal Globosat também. Mal posso esperar para assistir.

Para matar a saudade e se preparar para o desfecho da temporada, assista o trailer.

downtown-abbey-s06_9

SÉRIES/FILMES

Saiu o trailer de “Animais Fantásticos e Onde Habitam”

Ebaaaaaa, hoje saiu o trailer do novo filme envolvendo o universo de Harry Potter, estava morrendo de saudades, é difícil quando você se apega muito a uma história, e no caso do Harry Potter é universal, quantas e quantas pessoas não cresceram assistindo as aventuras do bruxo e seus amigos e quis estar junto e  receber uma carta de Hogwarts então, um sonho.

Vamos ao trailer:

2016 será um ano espetacular, tantos lançamentos de livros, série e filmes, não vejo a hora,rs. ♥

SÉRIES/FILMES

O Design dos Livros

Oi, boa tarde!

Minha mãe estava olhando a grade de programação da tv e descobriu uma série que é a minha cara,rs. O nome da série é “O Design dos Livros” :

Os livros não são simplesmente transportadores de histórias. Esse é o mote da minissérie “O Design dos Livros”, dirigida por Will Aspinall. A produção da TV britânica BBC estuda a importância dos aspectos gráficos e ilustrativos das criações editoriais. Para isso, os episódios analisam desde a Bíblia e as decorações medievais, até as gravuras dos contos infantis e as capas de hoje, demonstrando que os livros são, por si só, grandes objetos de estudo.

timthumb

Hoje o canal Arte 1 vai transmitir os dois primeiros episódios da série, a partir das 21h30. Achei super interessante, não percam!

Onde assistir:

SKY – Canal 183     Claro – Canal 31

NET – Canal 53       Oi Tv – Canal 85

GVT – Canal 84       VIVO – Canal 102(cabo)/555(satélite)/127(fibra)

SÉRIES/FILMES

Porta Afora

Descobri uma série nova hoje. Estava esperando começar TVZ no canal Multishow e o programa anterior prendeu minha atenção, primeiramente por ter o Fábio Porchat como apresentador e depois por falar sobre viagens, mas não é uma série onde é mostrado outros países, cidades e os respectivos melhores lugares turísticos e diferentes para se conhecer, é um programa apresentado pelo Fábio e pela Rosana Hermann, onde ambos conversam com pessoas, famosas ou anônimas sobre suas histórias e experiências em viagens, é um bate papo descontraído, com narrações envolvendo diversos assuntos, achei muito bacana, sempre gostei de ouvir histórias de outras pessoas sobre suas viagens, fossem elas longas, curtas, dentro do país, fora, há sempre o que contar.

Confira o primeiro episódio:

É possível acompanhar pelo Youtube toda terça, às 19h e no canal Multishow toda quinta, às 18:30. Não percam!

Mais informações:

Site Porta dos Fundos – Porta Afora.

Site Multishow – Porta Afora.

Bons vídeos, boas viagens, beijos! ♥