RESENHAS

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada Partes Um e Dois – John Tiffany, Jack Thorne e J.K.Rowling

Oii, bom dia leitores!

Falar das obras da J.K. Rowling é sempre uma tarefa difícil, uma responsabilidade muito grande já que as mesmas são conhecidas e amadas por leitores das mais diversas idades e dos mais diversos países. Diferente dos sete livros lançados anteriormente, “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” é uma edição especial do roteiro de ensaio da peça de teatro, o que no meu conceito já avisa que a experiência literária será diferente. Lembro-me que ao ser lançado, este livro chegou a ter grande repercussão pelos fãs de uma maneira não tão positiva e devido a isso resolvi começar a leitura sem ler nenhuma resenha e comentário acerca para não ser influenciada.

Harry agora é um funcionário do Ministério da Magia, é casado com Gina e possui três filhos: Alvo, Tiago e Lilian. Alvo está prestes a ir para Hogwarts e junto ao receio que tem de não conseguir atingir as expectativas que todos impõem devido a ser filho do grande bruxo, ainda deve enfrentar as provocações e mentiras que o irmão conta acerca da escola.

Ao chegar na plataforma 9 ¾, ele se encontra com Rosa, filha de Hermione e Rony. Como é esperado, eles até planejam viajar na mesma cabine, mas antes decidem explorar as outras com o intuito de conhecerem novos alunos e quem sabe, assim como seus pais, começar grandes amizades. No entanto, eles logo esbarram com Escórpio, filho de Draco e ao contrário de Rosa que não gosta do encontro, Alvo decide ficar no mesmo vagão que o mesmo e conversar. Ao chegar em Hogwarts, Escórpio é selecionado pelo Chapéu Seletor para Sonserina; Rosa para Grifinória e Alvo, para surpresa de todos, para Sonserina também, o que resulta em um grande falatório.

Cansado de ser o centro das atenções e sempre receber ordens do que deve e não deve fazer, Alvo decide ir contra seu pai e junto a Escórpio, jovem que muitos pensam ser filho de Voldemort, combinam de ajudar um alguém do passado de Harry.

Entre mentiras, palavras ditas no calor do momento, MUIIITA teimosia, um colar vira tempo, poção polissuco e muita aventura, os grandes bruxos se juntarão a seus filhos para poder solucionar um mistério do passado e assim conseguir conservar o presente.

Quanto a diagramação, a editora está de parabéns! A arte de capa é linda e penso que o detalhe em dourado localizado no cabeçalho somente deixou a edição mais bonita e atrativa. Além disso, há pequenas ilustrações simples e fofas no início e fim de cada capítulo. O fato das folhas serem amareladas e a fonte possuir um tamanho razoável, ajuda a não torna a leitura tão cansativa, ainda mais que estamos falando de um roteiro que requer um pouco mais de atenção do que um romance literário.

Que delícia poder voltar ao mundo mágico de Harry Potter e seus amigos, senti um calorzinho no coração, foi ótimo! Confesso que inicialmente fiquei incomodada com o começo do livro devido ao seu formato, não sou super fã de roteiros, pois demandam uma atenção redobrada, contudo, aos poucos fui me acostumando e este detalhe posteriormente acabou passando despercebido, hehe.

Finalizei o livro pensando que a história contada não foi tão significativa, algo indispensável, sabe?! Poderia ter sido deixada de lado? Poderia sim, porém, foi interessante conhecer melhor o lado paterno do Harry Potter, já que até então apenas seu lado grande bruxo foi explorado e a maneira com que a autora mostrou suas inseguranças e sentimentos nos torna próximo do mesmo e nos faz ver que acima de tudo, ele é uma pessoa. Fiquei chateada pela fraca presença de Rosa na história, poxa, é a filha da Hermione e do Rony (😥). Em alguns momentos, senti que a amizade demonstrada por Harry e Escórpio ficou forçada, não consegui ser convencida de tal sentimento. Outro detalhe que preciso muito mencionar é a respeito do incômodo que senti com a escrita, é perceptível que não estamos lendo uma história apenas da J.K. Rowling e isso é compreensível, já que apenas a mesma consegue mostrar a seus leitores a essência e os sentimentos dos seus respectivos personagens.

A ideia do enredo é muito interessante e senti que os leitores confundiram a concepção deste livro, porque não podemos imaginá-lo como um livro igual aos demais lançados, a proposta dele é completamente outra, estamos falando de um roteiro que em sua premissa geral, funciona bem. Gostei demais da caracterização que foi feita do cenário durante a narrativa, pude imaginar e sentir um pouquinho como deve ter sido a apresentação da peça e devo ressaltar que ao vivo, os detalhes que não gostei com certeza devem passar despercebidos.

Para finalizar, quero compartilhar que senti dificuldade em concatenar tudo que senti, simplesmente porque amei e odiei, haha, eu lembro que quando estava no começo da história, antes de chegar na segunda parte, sim, o livro foi dividido em duas partes, eu detestei, fiquei inconformada com a história central abordada no enredo, até cheguei a desabafar com minha mãe (adoro contar as histórias para minha parceira de leitura, hihi), depois eu continuei a ler e comecei a me apegar, nem sequer me incomodei com o fato de ser roteiro, fui avançando rapidamente com o intuito de conhecer o desfecho e assim descobrir mais acerca dos segredos e quando terminei, eu corri para o Skoob e avaliei com cinco estrelas, depois fiquei pensando, calma, não é para tanto, alterei para quatro, passou alguns dias, hmm, talvez três e agora, penso que quatro é uma boa nota, porque estamos falando de uma obra envolvendo esse mundo mágico que tanto amamos e se você está em dúvida se deve ou não ler, apenas levanto um questionamento: é um leitor super fã de Harry Potter? Porque se for, ao meu ver, fã que é fã quer ler até a lista de supermercado da autora, hahaha. Seja para amar, achar mais ou menos ou odiar, o que importa é ter a experiência, lembre-se que todo e qualquer livro sempre nos ensina algo.

Já leu este livro? Se sim, me conte nos comentários o que achou, vou adorar poder conversar sobre uma obra que divide tantas opiniões.

Boa leitura, beijos! ♥

Anúncios

2 comentários em “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada Partes Um e Dois – John Tiffany, Jack Thorne e J.K.Rowling

  1. Eita que a vontade só aumentou depois de ler sua resenha! Mesmo com os pontos que você não gostou muito, fiquei animada. E você está certíssima! Eu leria, com toda a certeza a lista de supermercado da J.K. hihi
    Sou apaixonada por Harry Potter desde pequena, e poder entrar novamente nesse mundo mágico me deixará muito feliz ❤
    Beijinhos 😘

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s