SINOPSES

Foi lançado pela Benvirá, o livro “Ansiedade 3”, do Augusto Cury

Oii, bom dia leitores!

Foi lançado pela Benvirá, o livro “Ansiedade 3”, do Augusto Cury. O mesmo já foi lançado e pode ser comprado por aqui.

Eu já li o primeiro livro da série e foi uma leitura muito agradável e questionadora. Ela não somente te faz refletir acerca de sua vida, como também promove uma discussão de âmbito mundial. A ansiedade tem se tornado uma figura presente na vida de muitas pessoas e deve ser tratada e levada a sério, infelizmente, ainda presencio muitas situações onde a mesma é taxada como frescura e somente quem a possui, sabe o quão difícil é ter que conviver com a mesma.

Sinto que ainda há muito preconceito com relação ao gênero das obras do Augusto, o que é uma pena, pois títulos assim foram criados com o intuito de ajudar e promover um debate acerca de assuntos que deveriam ser mais discutidos. Penso que quanto mais falarmos, mais natural se tornará e mais pessoas procurarão ajuda e não digo somente em relação a ansiedade, como também o estresse, que é retratado no segundo livro do autor e o ciúme, tema abordado neste terceiro livro.

Páginas: 128ansiedade3

Sinopse:

Durante muito tempo, acreditou-se que o ciúme era sinal de amor, mesmo quando este era doentio e tanto a pessoa acometida por esse sentimento como a que era alvo dele sofriam em demasia. Se uma relação não tivesse boas doses de ciúme era porque um dos parceiros não estava realmente envolvido. Mas a nossa sociedade mudou, e, com o tempo, percebemos que o ciúme não é o “tempero das relações”, mas sim um sinal de que algo está faltando dentro de nós, algo que nos complete e nos permita ser feliz sem a presença de outra pessoa.

Em Ansiedade 3: Ciúme, o psiquiatra e escritor Augusto Cury traz à tona as várias facetas desse sentimento que divide opiniões e ressalta que, embora exista um ciúme sadio – caracterizado pelo desejo de estar próximo de quem se ama –, é tênue a linha que divide o amor ao próximo e a falta de amor-próprio. Na visão do autor, a pessoa que sente ciúme se abandonou, e por isso procura no outro aquilo que ela mesma não é capaz de se dar.

Com lições simples como “Ter um romance com sua história antes de se relacionar com outra pessoa”, “Ser transparente”, “Não ser um carrasco de si mesmo”, você aprenderá a proteger a sua emoção e criar uma relação saudável com você mesmo, em primeiro lugar, e com todos que o rodeiam. Afinal, o ciúme não está restrito apenas aos casais; pais, filhos, amigos, todos podem ser afetados por esse sentimento que encarcera as relações.

Já leram algum livro do autor? Se sim, o que acharam? Me contem nos comentários.

Boa leitura, beijos! ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s