RESENHAS

A Filha Perdida – Elena Ferrante

Oii, boa noite leitores!

Hoje venho compartilhar com vocês minha opinião acerca do livro “A Filha Perdida”, da Elena Ferrante.

IMG_20170616_153547a

Eu comecei a leitura despretensiosamente, sem saber o que esperaria e me surpreendi com a narração, a escrita da autora e o desfecho. A autora desconstrói a imagem perfeita da figura materna, fazendo o leitor enxergar a mulher que existe por trás, que possui sentimentos, angustias e desejos.

Leda, uma professora universitária de quarenta e poucos anos, aproveita que as filhas já adultas, resolveram se mudar para a casa do pai e decide viajar para o litoral sul da Itália. Ela pensa que será um ambiente agradável para passar as férias e mal pode imaginar que acabará encontrando com seu passado, ou quase isso.

Ao chegar no seu destino, decide ir à praia e é atraída pelo comportamento de uma família de napolitanos, principalmente de uma jovem e sua filha. Posteriormente, ela descobre que a jovem se chama Nina e a menina, Elena e inesperadamente, começa a perceber que há muito dela em ambas e momentos de sua vida são resgatados. Em meio a tanto barulho e acontecimentos, Leda acaba se aproximando de Nina e Elena.

Aos poucos ela passa a observar o quotidiano da família e além de se identificar com mãe e filha, começa a perceber que quando estava distante, os membros aparentavam ter uma vida e quando se aproxima, sente que não são tão perfeitos assim e que utilizam uma máscara, escondem seus verdadeiros sentimentos.

Um dia, a menina desaparece misteriosamente e quando Leda começa a ajudar a família a procurar, não demora muito e descobre que a mesma estava à procura de sua boneca, boneca esta muito querida para ela, contudo, o que era para ser um desfecho feliz, acaba se transformando em uma enxurrada de choro, pois Leda comete um ato sem pensar. A boneca de Elena desaparece e quem encontra e esconde, é Leda. Ela o faz sem um porquê e no decorrer da trama toda, além deste episódio do desaparecimento da boneca, onde todos se unem para achá-la, Leda, aos poucos se torna ouvinte de Nina e começa a refletir e relembrar sobre diversos momentos de sua vida, desde sua infância, até os dias atuais.

IMG_20170616_153552a

As obras da autora estão sendo cada vez mais comentadas nos blogs e demais canais de comunicação e confesso que estava curiosa para conhecê-las e formar minha opinião acerca das mesmas. Devo começar falando que é uma leitura intensa, não estamos falando de um romance água com açúcar, mas sim de um drama, que transporta o leitor para o ambiente do enredo e o faz sentir todas as angústias e inquietações da personagem principal. Eu li em um período que estava tentando sair de uma ressaca literária e me senti um tanto quanto impressionada/abalada, fiquei refletindo sobre a leitura dias e dias depois, tentando compreender o desfecho e a história como um todo e hoje, não somente compreendo, como parabenizo a autora. A maneira como é retratada a figura materna, há momentos que você fica com raiva, se sente triste e há outros que acaba se solidarizando. A personagem Leda com suas duas filhas de mais ou menos 20 anos, se ressente de tantas situações e se contesta se realmente foi e é feliz sendo mãe, é uma história que não possui filtros, conhecemos a fundo todos os sentimentos e pensamentos da mesma. Para finalizar, não poderia deixar de mencionar que apenas não fiquei satisfeita com o término abrupto, esperava mais.

Eu não somente gostei, como eu SUPER recomendo esta leitura, é uma daquelas que te faz acordar para a realidade e para as situações e sentimentos não tão belos da vida, além de despertar uma vontade absurda de querer debater, aliás, leiam e voltem para podermos conversar, vou adorar, hihi!

Boa leitura, beijos! ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s