RESENHAS

Bem Mais Perto – Susane Colasanti

Oii, boa noite leitores!

A resenha de hoje envolve o livro “Bem Mais Perto”, da autora Susane Colasanti. Alguns anos atrás eu adicionei este livro na minha lista de “Quero ler” no Skoob e devido a mesma, a Cah, do blog A Bookholic Girl, viu e me presenteou. 

Brooke mora em New Jersey, está no ensino médio e adora Origami. Ela é apaixonada por Scott e quando descobre que o mesmo se mudará para Nova York, decide se mudar também.

Mesmo sabendo que é uma loucura uma mudança tão repentina e brusca no último ano do ensino médio, a jovem se arrisca em nome do que ela pensa ser o amor. Os pais da jovem são separados e como ela mora com a mãe, decide argumentar com a mesma que a mudança lhe ajudará nos estudos, já que as escolas da nova cidade são melhores e o vestibular está se aproximando. Sua mãe reluta, porém acaba concordando, percebe que de nada adianta interferir na decisão da filha.

“Quando forças fora do seu controle assumem a direção, elas levam você a fazer coisas bobas.”

“As coisas nunca são fáceis, particularmente quando você espera que elas sejam. Como quando as pessoas o desapontam e se mostram inteiramente diferentes do que você achou que eram.”

Brooke enfim se muda para o apartamento do pai e por sorte não somente acaba estudando na mesma escola que Scott, como mora nas proximidades de seu apartamento. Inicialmente, ela pensa somente nele e se fecha para qualquer outra amizade, contudo, conforme o tempo vai passando, a situação se altera e ela conhece Sadie.

“Todos esses livros sobre pessoas muito felizes são tão cansativos! A vida real não é nem um pouco assim. Os melhores livros, os que me fazem ficar esperançosa, são aqueles em que os problemas das personagens são resolvidos realisticamente no final, e não convenientemente amarrados com um grande laço vermelho. Grandes laços vermelhos são uma enorme mentira.”

“Você nunca consegue conhecer alguém completamente, não importa o quanto ache que conheça. As pessoas sempre omitirão partes de sua vidas. Sempre haverá alguma verdade sobre elas que você nunca saberá.” 

Sadie é adepta dos warm fuzzies, recadinhos que possuem o intuito de alegrar e ajudar a vida das pessoas, e das monitorias e quando descobre que Brooke possui facilidade com as disciplinas e para ensinar, ela tenta de todas as formas incentivá-la a dar monitoria também. Brooke inicialmente não se anima, pois não gosta da atenção especial que costuma receber quando os demais alunos e professores percebem que ela possui um alto QI, contudo, depois de muita insistência, acaba aceitando. Ela começa a monitoria com um jovem chamado John, jovem este que além de lhe mostrar a beleza oculta de Nova York, ainda se torna um grande amigo e alguém que lhe ajuda a se descobrir e descobrir melhor sobre qual caminho trilhar na nova cidade.

Diante das novas amizades, escola e cidade, a jovem precisará decidir o que realmente sente e o que lhe faz feliz, mesmo que para isso precise deixar no passado antigos sentimentos.

Finalizei o livro hoje de manhã e me surpreendi. Comecei a leitura inconformada com a decisão de Brooke de se mudar para Nova York apenas com o intuito de se encontrar com um rapaz que ela mal conhece e que pensa ser seu grande amor. Porém com o decorrer da história, pude acompanhar o amadurecimento dela e a maneira com que foi se descobrindo e passei a gostar mais. Essa fase de ensino médio realmente é repleta de extremos, os sentimentos não são muito bem definidos e é uma época que precisamos tomar grandes decisões, como por exemplo a escolha da faculdade. Junto a essa grande escolha, há as inúmeras pressões. No caso de Brooke, ela não sabe qual faculdade deseja estudar e nem ao menos o curso, o que lhe deixa irritada e desanimada, ainda mais que é pressionada pela família, professores e amigos. Além deste problema, ela ainda se depara com uma nova realidade que não inclui velhas amizades, o que lhe deixa confusa e chateada.

Gostei muito da maneira com que a autora retratou situações que todos(ou quase todos) já passaram ou passarão na vida e a questão de que muitas vezes super valorizamos um sentimento ou uma pessoa, sem ao menos conhecê-lo e explorá-lo, acarretando em decepções e descobertas que nos fazem crescer e que em alguns casos poderiam até ser evitadas.

O que me atraiu também, foram os momentos em que a personagem percorre a cidade, conhecendo novos lugares como o High Line, eu me senti quase em casa, haha, pois a maioria dos lugares que ela cita eu já vi em fotos, séries e vídeos, foi tão bom, é como se eu estivesse passeando junto. 

IMG_20170516_170930a

Comecei achando que seria apenas uma leitura para adolescentes e finalizei sentindo que há muito mais por entre as linhas.

Se eu gostei? Sim. Recomendo? Com certeza! Uma história repleta de quotes interessantes e que lhe fará sentir nostalgia da época do colégio ou te deixará preparada para esta fase, rs.

Boa leitura, beijos! ♥

Anúncios

2 comentários em “Bem Mais Perto – Susane Colasanti

  1. Biaa, já leu?!!! Estou chocada, rs (acho que é porque eu que estou atolada com as matérias da faculdade, rs) … Faz um tempão que li esse livro e não lembrava de muita coisa, mas com a sua resenha lembrei de várias coisas, e sim, eu tbm fiquei indignada no início com a decisão de seguir da menina seguir o garoto, tipo: como assim? Tá doida, rs …. Fico muito feliz por vc ter gostado da leitura, suas fotos estão maravilhosas, só para variar! Bjos ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s