SINOPSES

As 100 Piores Ideias da História: As piores sacadas da humanidade que se transformaram nas melhores roubadas – Smith, Michael N. Smith e Eric Kasum

Editora: Valentinaaspiores

Páginas: 256

Lançamento: 04/11/2016

Aí você pergunta: quem foi o gênio por trás disso? O que essa gente tinha na cabeça?!?!?

Desde que Adão deu uma mordida no fruto proibido e foi expulso nu em pelo do Jardim do Éden, a humanidade tem tido uma ideia pior do que a outra. De líderes políticos obtusos e cientistas loucos a cantores pop que não cantam bulhufas, “As 100 Piores Ideias da História” é uma celebração das mancadas homéricas – e muitas vezes histéricas – que deram origem a guerras, afundaram países, arruinaram empresas, destruíram carreiras, causaram prejuízos de milhões e até, pasmem, ameaçaram a Terra.

Abrangendo política, cultura popular, moda, esporte, tecnologia, ciência, showbiz e muitas outras áreas, este livro irreverente e espirituoso, divertido e criativo, escrito por um publicitário e um jornalista, é recheado com fotos engraçadas e informações úteis, mostrando de forma bem-humorada como sacadas (burradas, na verdade) geniais se transformaram em frias estupidamente geladas (e bota geladas nisso!) – e o incrível efeito que essas gafes e mancadas ainda têm sobre o mundo e nossas vidas.

E, no final (UFA!), más ideias que se tornaram ótimas. Prepare-se para boas risadas.

Boa leitura, beijos! ♥

Anúncios

2 comentários em “As 100 Piores Ideias da História: As piores sacadas da humanidade que se transformaram nas melhores roubadas – Smith, Michael N. Smith e Eric Kasum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s