RESENHAS

Destrua-me – Tahereh Mafi (Série Estilhaça-me #1,5)

OMG! Que spin-off é esse? Eu li em poucas horas e de forma tão desesperada, não conseguia largar a leitura, rs.

A história abordada no livro envolve a situação em que o Warner se encontra logo após a fuga de Juliette, Adam e Kenji do Setor 45. Apesar de ter levado um tiro de Juliette, Warner não consegue parar de pensar na jovem e em meio ao desespero para encontrá-la, ele vasculha seu quarto em busca de alguma pista a respeito do seu paradeiro e encontra o caderninho que a mesma utilizava para fazer anotações.

Ele inicialmente fica receoso e pensa em não ler, tem medo de encontrar anotações a respeito de Adam, mas a curiosidade é maior e conforme vai folheando as páginas, se surpreende, as anotações são referentes ao período que ela passou no manicômio. Ele não somente consegue imaginar a dor e a angustia que Juliette passou durante a internação, como também imagina o quão difícil foi o convívio com a família e demais pessoas próximas a ela. Warner fica desesperado ao saber o quanto ela sofreu com a falta de amor e carinho e até consegue se identificar.

“Essa garota está me destruindo. Uma garota que passou o último ano internada num sanatório de loucos. Uma garota que tentou me matar porque eu a beijei. Uma garota que fugiu com outro homem só para se afastar de mim. É claro que essa é a garota por quem eu iria me apaixonar.”

Quando o chefe do Setor 45 começou a investigar sobre a vida de Juliette, não pensava em utilizá-la por causa do seu “poder”, pelo contrário, apenas aproveitou essa desculpa para não desconfiarem da real intenção. E agora, com ela longe, ele se sente solitário e tem que enfrentar seu pai e o restante da população e provar para ambos que além de não sentir nada pela jovem, ainda a quer de volta apenas para usá-la.

“Passei a crer que o homem mais perigoso do mundo é aquele que não sente remorso. Aquele que nunca se desculpa e, portanto, não procura o perdão. Porque no final, são nossas emoções que nos torna fracos, não nossas ações.”

DSCF1316

Como é difícil resenhar spin-off, haha. Me segurei ao máximo para não dar spoilers, eu amei a história! Achei fantástico poder conhecer melhor sobre Warner, logo depois que terminei de ler “Estilhaça-me” eu senti que o mesmo escondia algo e agora entendo o que é, eu confesso que comecei a gostar dele, é o típico vilão que os leitores odeiam amar, rs.

Penso que a melhor forma de finalizar esse post é com esse quote:

“O amor é um cretino perverso e sem coração.”

Boa leitura, beijos! ♥

Anúncios

8 comentários em “Destrua-me – Tahereh Mafi (Série Estilhaça-me #1,5)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s