RESENHAS

Nunca Jamais – Colleen Hoover e Tarryn Fisher (Série Never Never #2)

Oiii, boa tarde leitores!

Terminei de ler a continuação de “Nunca Jamais” na sexta e poxa, imaginei que descobriria algo sobre o que realmente aconteceu ao casal Silas e Charlie, mas não há pistas, apenas mais mistérios. A história de “Nunca Jamais” é bem curta, você nem sente o tempo passar.

Silas acorda e percebe que perdeu a memória, não sabe quem é ao certo e se sente muito perdido. Está sentado no carro e não consegue entender o por que, mas ao contrário de Charlie, ele encontra vários papeis esclarecendo o que aconteceu e pode assim tirar dúvidas como quem ele é e informações básicas.Tentando disfarçar ao máximo, ele começa a procurar Charlie, segundo as anotações ela sumiu antes ele poder contar suas últimas descobertas, ou seja, ela pode estar em qualquer lugar completamente perdida, em perigo e ele é o único que pode ajudá-la.

“Sim, eu amo você, mas agora eu estou apaixonado por você. E, em vez de olhar para você como se fosse apenas a minha melhor amiga, agora você é a minha melhor amiga que eu quero beijar. E sim, eu te amei como um irmão ama sua irmã. Mas agora eu te amo como um cara ama uma garota.”

Tentando repassar tudo que leu, Silas começa a investigar, o problema maior é ter que lidar com pessoas que ele nem sequer sabe quem são e também não poder contar para ninguém o que está lhe ocorrendo.

“Você me disse uma vez que o excesso de bondade na vida de uma pessoa atrofia seu crescimento. Você disse que a dor é necessária, porque para que uma pessoa tenha sucesso, eles devem primeiro aprender a conquistar adversidade. E isso é o que você faz… você entrega a adversidade onde você vê que precisa. Talvez você faça isso para ganhar respeito. Para intimidar. Quaisquer que sejam suas razões, eu não posso fazer isso. Eu não posso ver você rasgar as pessoas a fim de construir-se.
Eu prefiro amar você dentro do meu coração a te desprezar às claras.”

E é entre desconfianças e medos que Silas vai fazer de tudo para encontrar Charlie e tentar entender de uma vez por todas o porque de ter sua memória parcialmente apagada a cada 48 horas e até mesmo desvendar um pequeno mistério a respeito das palavras “Nunca Nunca” que são sempre utilizadas por ele e Charlie nas cartas trocadas.

“Querida Charlie Baby,
Você fica realmente com raiva quando está com fome. Você fica nervosa. É como se você não fosse a mesma pessoa. Nós podemos guardar algumas barras de granola em sua bolsa ou algo assim? É só que eu me preocupo com as minhas bolas. Os caras estão começando a dizer que eu estou domado. E eu sei que é isso que parece. Corri como um louco para que você tivesse um balde de frango ontem e perdi a melhor parte do jogo. Eu perdi a visão do maior retorno na história do futebol. Tudo porque eu estou com medo — tão apaixonado por você.”

neverneverresenha

Eu adorei o livro, confesso que achei um desperdício terem separado a história em três volumes, são muito curtos, não faz sentido para mim. Já aviso que é um caso típico de série que é melhor estar com ela completa para ler, pois é praticamente impossível não querer saber a continuação e os títulos são completamente dependentes uns dos outros. Infelizmente apenas o primeiro foi lançado no Brasil, assim que tiver notícias sobre os demais, aviso para vocês.

Boa leitura, beijos! ♥

Anúncios

2 comentários em “Nunca Jamais – Colleen Hoover e Tarryn Fisher (Série Never Never #2)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s