RESENHAS

O Visconde que me amava – Julia Quinn (Série Os Bridgertons #2)

Bom diiia!

Estou no clima para ler romances históricos, eu adoro esse gênero, quando começo a ler nem sinto o tempo passar. Eu li o primeiro livro da série “Os Bridgertons” em julho e desde então deixava a continuação de lado; mês passado retomei e é muito difícil não se apaixonar pela escrita da Julia Quinn, é adorável, são romances bem construídos, com pequenas doses de cenas mais quentes;  histórias que te fazem sair do mundo presente e mergulhar nos costumes e no cenário de 1800.

“O Visconde que me Amava” conta a história de Anthony, o irmão mais velho da família Bridgertons. Mesmo com a fama de libertino, ele é o partido mais cobiçado, tanto por sua beleza, como pela inteligência e riqueza. Depois de um tempo vivendo como queria, resolve que é a hora de se casar, pensa nisso por conta das regras da sociedade e também porque é o que sua mãe deseja. Mas ao contrário dos outros casais, ele não pensa em se casar por amor, acha que é melhor para ambos os lados.

A candidata ideal da temporada é Edwina que apesar de não possuir grandes riquezas, é bonita, bem educada e todos os cavalheiros desejam cortejá-la. Mas há um detalhe importante, a jovem somente vai aceitar o pedido de um dos pretendentes se sua irmã Kate estiver de acordo, ou seja, para chegar ao coração de Edwina, é preciso conquistar primeiramente o da irmã.

É em um baile que Anthony começa a se aproximar de Edwina, mas o que ele não esperava é que Kate jamais concordaria com um casamento assim, um libertino como ele se casar com sua irmã, era inaceitável. É entre discussões que um sentimento novo começa a crescer, Anthony apesar de odiar Kate, passa a sonhar com a mesma, e ela percebe que ele não é apenas mais um cavalheiro querendo seduzir a irmã, se divertir, é também um homem gentil e responsável. Depois de muitos acontecimentos, é de uma maneira banal que Anthony se vê obrigado a casar com Kate, quem poderia imaginar que uma simples abelha mudaria a vida dos dois. Eles vão descobrir que possuem muitas coisas em comum e que podem se ajudar com seus respectivos medos e compartilhar os segredos mais ocultos.

Eu me diverti muito com esse livro, as brigas entre a Kate e o Anthony só podiam resultar em casamento, como se diz o ditado, amor e ódio andam lado a lado,rs. Eu leio livros assim e fico curiosa quanto aos casamentos da época de 1800, é claro que a realidade era outra, os costumes e os modos, mas o sentimento não, continua sendo o amor, não importa o século, o ano, o mês.

oviscondequemeamava

Boa leitura, beijos! ♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s